O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Projeto Chicago Riverwalk: recuperar o rio

Projeto Chicago Riverwalk: recuperar o rio

Projeto Chicago Riverwalk: recuperar o rio
Projeto Chicago Riverwalk: recuperar o rio, Cortesia de sasaki.com
Cortesia de sasaki.com

Arquitetos: Sasaki AssociatesRoss Barney
Localização: Chicago, Illinois, EUA
Ano de Projeto: 2009
Área: 14.000 m²
Orçamento: U$90.000.000 – 100.000.000

As cidades com bordas de mares ou rios quase sempre possuem uma dívida histórica com o tratamento das mesmas, sendo que executar projetos urbanos nestas áreas é uma tendência recente. Nas cidades que possuem somente o oceano ou um rio, os projetos ocorrem naturalmente em tais áreas. Entretanto em cidades que possuem ambas, a orla marítima é, em geral, preferida, transformando o rio em um esgoto ou um lugar vago em meio à cidade. Este artigo mostra um projeto que busca recuperar "a segunda Costa" de Chicago e transformá-la num espaço urbano.

Cortesia de sasaki.com Cortesia de sasaki.com Cortesia de sasaki.com Cortesia de sasaki.com + 14

Cortesia de sasaki.com
Cortesia de sasaki.com

A importância de conferir caráter à costa ribeirinha de Chicago, remonta ao protagonismo que o rio teve no desenvolvimento industrial da cidade, em meados do século XIX, e o consequente desenvolvimento urbano de suas bordas. Nesta época acontecia o chamado "Civic Promenade", uma visão de Daniel Burnham para criar passeios e praças nas bordas fluviais, inspirada no Rio Sena, em Paris, e que complementariam os edifícios neoclássicos da área. Estes projetos costeiros foram enquadrados nos planos mais gerais, como a criação de sistema de pedestres que conectavam as arcadas (calçadas sob arcos) de todos os edifícios e a execução de grandes avenidas diagonais em uma malha ortogonal - todos eles planos do chamado movimento City Beautiful.

Cortesia de spur.com
Cortesia de spur.com

Infelizmente, no início do século XXI, o estado do rio estava longe deste ideal, mais próximo de um esgoto ao longo do centro financeiro de Chicago e sua poluição tornava impossível atividades como a pesca ou passeios de barco. Em meados da década passada, realizou-se um projeto de limpeza e desinfecção do mesmo, a um custo de US $ 10 milhões, permitindo realizar parte dessas atividades. No entanto, a oportunidade de constituir um passeio costeiro continuava distante.

Este projeto pretende a criação de um Riverwalk (passeio na orla), ao longo de mais de seis quadras. O projeto é, então, dividido em seis partes individuais. A cada uma delas é atribuída uma identidade única: a Marina, The Cove(a enseada), o Teatro do Rio, The Swimming Hole (piscina), The Jetty (cais) e The Boardwalk (o passeio costeiro) e cada um trabalhará com distintas tipologias de bordas fluviais. Para isso, criou-se uma faixa contínua de 7,6 metros de largura, situada entre o rio e a via, para expandir o programa de pedestres e criar conexões entre cada trecho e abaixo da ponte de veículos. Com esta faixa fluida procura-se criar uma rota de pedestres contínua, rica pela diversidade e formas de cada espaço tipológico.

Cortesia de sasaki.com
Cortesia de sasaki.com

Em outras palavras, cada peça tem sua própria maneira de resolver a orla para a cidade, seja criando programas esportivos (caiaque em The Covee La Marina, pesca no cais) ou usando elementos de desenho urbano para facilitar a transição de ruas a estes espaços de permanência (terraços, bancos alinhados com rampas).

Cortesia de sasaki.com
Cortesia de sasaki.com

Com este projeto, ainda em execução, cria-se uma continuidade vital do espaço público entre as praias do Lago Michigan e a confluência do rio, e por outro lado, revitaliza-se uma parte significativa da cidade através de suas externalidades positivas. Um projeto semelhante que está em pauta no Chile - e, aparentemente, esquecido - é a revitalização da borda Marga Marga, em Viña del Mar. Seus elementos projetuais para reconstituir a margem fluvial são bastante semelhantes, complementados por uma modificação no plano diretor do centro da cidade. No entanto, a última atividade do projeto pareceu ser a licitação de sua construção em 2011. Desde essa data, não há notícia de uma possível reativação do projeto de revitalização urbana, fundamental para reativar economicamente a região central desta cidade chilena.

Por Álvaro Castro Sebastián, via Plataforma Urbana. Tradução Eduardo Souza, ArchDaily Brasil.


Ver a galeria completa

Cita: Romullo Baratto. "Projeto Chicago Riverwalk: recuperar o rio" 05 Set 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/138935/projeto-chicago-riverwalk-recuperar-o-rio> ISSN 0719-8906