i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Casa da Arquitectura - Centro Português de Arquitectura inaugura no dia 16 de junho de 2017

20:44 - 25 Novembro, 2016
Casa da Arquitectura - Centro Português de Arquitectura inaugura no dia 16 de junho de 2017, via Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura
via Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura

Foi anunciado hoje durante parte da programação da finissage da Representação Oficial Portuguesa na 15ª Exposição Internacional de Arquitetura La Biennale di Venezia 2016 que o projeto A Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura  será inaugurado no dia 16 de junho de 2017, em Matosinhos, com a exposição “Poder Arquitectura”, comissariada por Jorge Carvalho, Pedro Bandeira e Ricardo Carvalho.

Design Hoje! Temporada 2 - Episódio 4 / Cidade Aberta

10:00 - 29 Outubro, 2016

Na sequência da websérie Design Hoje!, apresentamos aqui o quarto episódio da segunda temporada, em que Guto Requena fala sobre os rumos para a arquitetura, objetos e cidades, perspectivas sobre o morar, mobilidade urbana, processos de projeto, design brasileiro, biomimética, sustentabilidade e tecnologias interativas. Um convite para a reflexão sobre a cidade que queremos: a cidade para pessoas.

Neste episódio, Requena conversa com o arquiteto e professor Guilherme Wisnik sobre as diversas avenidas na cidade de São Paulo que recentemente têm sido fechadas para carros aos domingos, e abertas para o lazer, estimulando que a sociedade se organize em eventos, shows, picnics, priorizando o convívio democrático na rua, o uso de bicicletas e a diversidade, como por exemplo o Parque Minhocão, Avenida Paulista e Avenida Carlos Caldeira Filho, que fazem de São Paulo destaque na imprensa internacional.

Guilherme Wisnik: O Brasil moderno e contemporâneo

10:00 - 2 Junho, 2016

Nossos parceiros da Escola da Cidade compartilharam conosco uma série de três aulas com Guilherme Wisnik -- convidado do curso de pós-graduação Geografia, Cidade e Arquiteturaa -- sobre arquitetura e cultura no Brasil moderno e contemporâneo.

Centro Maria Antonia promove debate sobre Plano Diretor de São Paulo

12:00 - 31 Outubro, 2015
Centro Maria Antonia promove debate sobre Plano Diretor de São Paulo, São Paulo. Image © Thomas Hobbs, via Flickr. CC
São Paulo. Image © Thomas Hobbs, via Flickr. CC

O Centro Universitário Maria Antonia promove, no dia 9 de novembro, o  debate "Plano diretor: por quem, para quem", que faz parte da série Inquietudes Urbanas.

Arquitetura - Ensaios Críticos / Mário Pedrosa

17:00 - 28 Março, 2015
Arquitetura - Ensaios Críticos / Mário Pedrosa, © Cosac Naify
© Cosac Naify

Organizado por Guilherme Wisnik, o volume reúne uma seleção de textos de Mário Pedrosa sobre arquitetura, para cuja crítica no Brasil o autor teve um papel seminal. Pedrosa foi o primeiro a situar a arquitetura como a arte verdadeiramente moderna do país, livre do nacionalismo e do primitivismo que predominavam na pintura, na literatura e na música ditas modernistas. Herdeira direta das vanguardas construtivas europeias, a arquitetura, escreve, “arrebata o bastão da liderança” entre as artes no Brasil, tornando-se não apenas um fenômeno cultural da mais alta importância, mas também uma poderosa aliada na batalha pela abstração no campo das artes visuais como um todo. O crítico que iniciara a carreira nos anos 1920 voltado para a literatura, migrando na década seguinte para as artes plásticas, decidiu, nos albores dos anos 1950, atuar no campo da arquitetura – os textos reunidos foram em grande parte no fim da década de 1950 e começo dos anos 1960 na coluna “Artes Visuais” que mantinha no Jornal do Brasil. Não por acaso, a “síntese das artes” que Pedrosa prefigura na epopeia de Brasília, e que se torna uma de suas grandes apostas, deveria ser conduzida e filtrada pelo urbanismo. 

O Complexo Arte-Arquitetura / Hal Foster

17:00 - 21 Março, 2015
O Complexo Arte-Arquitetura / Hal Foster, © Cosac Naify
© Cosac Naify

Arquitetura e arte nunca estiveram tão próximas como no fim do século passado e no início deste XXI, e essa condição de “complexo” é, para Hal Foster, um aspecto definidor da cultura atual. O crítico identifica um “estilo global” na arquitetura – análogo ao Estilo Internacional dos modernistas – e a consequente transformação das noções de transparência e experiência, que coloca em jogo também as forças políticas e econômicas que delas se beneficiam. Sua escrita límpida e incisiva perpassa os desdobramentos sutis do pós-modernismo, a maneira como o minimalismo passou de movimento artístico a estilo arquitetônico, o caráter escultórico e espetacular dos edifícios e, também, a perda de autonomia do sujeito ao se deparar com obras de arte que trabalham com a ilusão do espaço. Clássico imediato de nossos dias, este livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas.

Lançamento do livro “Dezoito Graus – Rio moderno, uma história do Palácio Gustavo Capanema” na livraria Bookstore em SP

18:00 - 11 Março, 2015
Lançamento do livro “Dezoito Graus – Rio moderno, uma história do Palácio Gustavo Capanema” na livraria Bookstore em SP

A livraria Bookstore e a editora Língua Geral promovem, no dia 24 de março, o lançamento do livro “Dezoito Graus – Rio moderno, uma história do Palácio Gustavo Capanema”, seguido de uma mesa redonda com Carlos Augusto Calil, Abílio Guerra, Guilherme Wisnik e o autor da obra, Lauro Cavalcanti.

Guilherme Wisnik fala sobre Paulo Mendes da Rocha no seminário “Poéticas do menos”

15:00 - 15 Outubro, 2014
Guilherme Wisnik fala sobre Paulo Mendes da Rocha no seminário “Poéticas do menos” , Imagem: detalhes de "Marquise do Cassino da Pampulha", Belo Horizonte, MG, c. 1949. Foto de Thomaz Farkas / acervo IMS
Imagem: detalhes de "Marquise do Cassino da Pampulha", Belo Horizonte, MG, c. 1949. Foto de Thomaz Farkas / acervo IMS

Amanhã, 16 de outubro, o Instituto Moreira Salles - IMS do Rio de Janeiro receberá Guilherme Wisnik e Adolfo Montejo Navas como parte do seminário sobre literatura, música, arquitetura e artes visuais intitulado “Poéticas do menos”, organizado por Eucanaã Ferraz e Roberto Conduru.

A proposta do seminário, que acontece desde o dia 07 de outubro, é lançar um olhar crítico sobre criadores brasileiros cujas obras se pautam por uma economia do mínimo em seus temas e/ou em sua constituição formal. Os nomes abordados nesse encontro do dia 16 são Paulo Mendes da Rocha e Waltercio Caldas. Entre as personalidades já discutidas estavam como Leonilson, João Cabral de Melo Neto, Amilcar de Castro, João Gilberto, Oscar Niemeyer, entre outros.

Palestra com Guilherme Wisnik: “A Formação do Pós-Modernismo”

15:00 - 13 Outubro, 2014

Nossos parceiros da Escola da Cidade compartilharam conosco o vídeo de uma palestra com o professor, ensaísta e crítico de arquitetura Guilherme Wisnik, intitulada “A Formação do Pós-Modernismo”, que faz parte da série Arte e Arquitetura Hoje promovida pela Escola.

No evento, Wisnik apresentou sua interpretação sobre a passagem histórica do pós-modernismo desde o pós-guerra, à medida que se consolidava uma forte cultura de consumo que almejava os bens oferecidos pelo sistema de produção capitalista.

Centro Universitário Maria Antonia promove série de encontros sobre literatura, arquitetura, filosofia e música

15:00 - 26 Abril, 2014
Centro Universitário Maria Antonia promove série de encontros sobre literatura, arquitetura, filosofia e música

Em maio e junho o Centro Universitário Maria Antonia da USP promove uma série de encontros nas áreas de literatura, arquitetura, filosofia e música. A programação, que tem início no dia 5 de maio e se estende até 11 de junho, conta  com cinco cursos ministrados por Adriane Duarte, Guilherme Wisnik, José Carlos Estêvão, Carlos Rennó, Andrea Piccini e Lygia Rocco.

Veja a seguir os assuntos abordados em cada um dos cursos:

Um mundo criado na China: A cidade de Shenzhen quer ser uma fábrica de valores

18:00 - 19 Fevereiro, 2014
Um mundo criado na China: A cidade de Shenzhen quer ser uma fábrica de valores, Cortesia de Cortesia de Will In Hong Kong
Cortesia de Cortesia de Will In Hong Kong

RESUMO: 

Cidade com maior crescimento mundial do PIB ao longo da década passada sedia principal bienal de arquitetura e urbanismo da Ásia. Evento pretende fazer de Shenzhen um laboratório para discutir e pensar as cidades, servindo assim de modelo e catapulta para que o "made in China" se torne "designed in China".

A cidade chinesa de Shenzhen inaugurou, em dezembro, a quinta edição de sua Bienal de Arquitetura e Urbanismo, realizada em colaboração com a vizinha Hong Kong. O evento, que segue até o fim deste mês, foi criado em 2005, em uma metrópole economicamente muito pujante, mas estéril do ponto de vista cultural, e contou desde logo com amplos investimentos públicos e privados, tornando-se rapidamente a Bienal de Arquitetura mais importante da Ásia.

X Bienal de Arquitetura de São Paulo na 5ª Bi City Biennale of Urbanism/Architecture em Shenzhen, na China

11:00 - 12 Dezembro, 2013
X Bienal de Arquitetura de São Paulo na 5ª Bi City Biennale of Urbanism/Architecture em Shenzhen, na China, Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo
Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo

No dia 06/12 teve início a 5ª Bi City Biennale of Urbanism/Architecture em Shenzhen, na China. Com curadoria de Ole Bouman e Xiangning Li + Jeffrey Johnson, o evento tem como tema Urban Border e está instalada em galpões industriais na área portuária de Shekou, no limite da cidade.

Diálogo Louvre-Copan - Conversa com o artista Tuca Vieira

15:13 - 28 Novembro, 2013
Diálogo Louvre-Copan - Conversa com o artista Tuca Vieira, Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo
Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo

Projeção de imagens seguidas de conversa com o artista Tuca Vieira e o curador Guilherme Wisnik. O evento ocorrerá no terraço do Edifício Louvre, de onde foram feitas as imagens que compõe a exposição V. se encontra na posição da seta.

MESA REDONDA: Cidades Rebeldes – as jornadas de junho e o direito à cidade

14:38 - 31 Outubro, 2013
 MESA REDONDA: Cidades Rebeldes – as jornadas de junho e o direito à cidade, Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo
Cortesia de X Bienal de Arquitetura de São Paulo

Debate de lançamento com Paulo Arantes (filosofia, USP), Ruy Braga (sociologia, USP), Raquel Rolnik (arquitetura e urbanismo, USP) e integrante do Movimento Passe Livre – São Paulo com mediação do curador da Bienal Guilherme Wisnik.

AD Entrevistas: Guilherme Wisnik

17:29 - 29 Outubro, 2013
AD Entrevistas: Guilherme Wisnik, Guilherme Wisnik - Curador da X Bienal de Arquitetura de São Paulo
Guilherme Wisnik - Curador da X Bienal de Arquitetura de São Paulo

Bienal de Arquitetura de São Paulo, realizada há 40 anos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB, chega à sua décima edição com o tema “Cidade: Modos de Fazer, Modos de Usar”.Durante a inauguração da X Bienal de Arquitetura de São Paulo, tivemos o privilégio de entrevistar ao curador geral desta edição da Bienal o arquiteto Guilherme Wisnik, tarefa que divide com as arquitetas Ana Luiza Nobre e Ligia Nobre.

Dafne Editora organiza a conferência "Brasília 1957–1980: Arquitetura e artes em confronto", com Guilherme Wisnik

21:35 - 12 Junho, 2013
Dafne Editora organiza a conferência  "Brasília 1957–1980: Arquitetura e artes em confronto", com Guilherme Wisnik, Caetano Veloso veste o Parangolé de Hélio Oiticica, 1968
Caetano Veloso veste o Parangolé de Hélio Oiticica, 1968

No dia 27 de março a Dafne Editora recebe Guilherme Wisnik para a conferência “Brasília 1957–1980: Arquitetura e artes em confronto”  sobre os processos, nem sempre pacíficos, através dos quais a música e as artes plásticas se envolveram na construção de significados para arquitetura moderna.

Projetada em 1957, Brasília foi inaugurada três anos depois, coroando a bem sucedida “formação” da arquitetura moderna brasileira e o otimismo desenvolvimentista do governo Juscelino Kubitschek, sob o som da Sinfonia da Alvorada de Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

Curso com Guilherme Wisnik sobre arquitetura moderna brasileira - MCB / São Paulo - SP

09:30 - 4 Outubro, 2011
Curso com Guilherme Wisnik sobre arquitetura moderna brasileira - MCB / São Paulo - SP, Museu da Casa Brasileira
Museu da Casa Brasileira