1. ArchDaily
  2. Tum

Tum: O mais recente de arquitetura e notícia

Os melhores mestrados de arquitetura do mundo, segundo a BAM

A fim de “ajudar profissionais e estudantes de arquitetura a descobrir e encontrar os melhores programas de mestrado em arquitetura oferecidos pelas principais universidades ao redor do mundo”, o Best Architecture Masters (BAM) disponibiliza uma lista anual com os melhores currículos e cursos de pós-graduação em arquitetura do planeta. Com base no Ranking Anual das Melhores Universidades por Disciplina da Quacquarelli Symonds (QS), para esta edição de 2021, 22 universidades do mundo todo foram avaliadas nas áreas de concentração Arquitetura / Ambiente Construído por um Comitê de Especialistas da BAM, o qual esteve composto por 15 professores de renomadas universidades de arquitetura.

Segundo o Ranking Anual da BAM, assim como no ano passado, o Mestrado em Arquitetura oferecido pela Harvard segue no topo do lista, seguida de perto pelo programa de Mestrado em Ciências e Projeto Avançado de Arquitetura oferecido pela Columbia University. A TU Delft na Holanda assumiu a terceira posição, tornando-se a Universidade melhor ranqueada em toda a Europa. A Universidade Tsinghua na China também manteve a sua posição anterior, fechando o top quatro e assegurando seu posto como a melhor universidade da Ásia. O Mestrado em Arquitetura oferecido pela Pontificia Universidad Católica do Chile ocupa a 15ª posição, eleito o melhor programa de mestrado em arquitetura da América Latina. O melhor programa de mestrado em arquitetura do Brasil, segundo o ranking da BAM, é oferecido pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo (FAUUSP).

David Wolfertstetter usa impressão 3D na fachada do Deutsches Museum em Munique

O escritórios David Wolferstetter Architektur (DWA), 3F Studio, and Architekten Schmidt-Schicketanz und Partner GmbH projetaram uma fachada a partir de impressão 3D para a nova entrada do Deutsches Museum em Munique, na Alemanha. O elemento translúcido de fachada, desenvolvido em colaboração com uma equipe liderada por Moritz Mungenast, da Universidade Técnica de Munique (TUM), possibilita um “projeto arquitetônico totalmente livre”, com funções de ventilação, isolamento e sombreamento já integradas na nova fachada.

O elemento de fachada, de 60 centímetros de largura e um metro de altura, oferece uma estética delicada, branca, difundindo a luz. Internamente, as células do material com cavidades cheias de ar oferecem isolamento ideal, enquanto tubos delgados garantem circulação do ar. A forma ondulada da fachada também cria auto-sombreamento, ao passo que a superfície micro-estruturada garante uma acústica adequada.

Impressão 3D: Fachadas translúcidas com funções integradas. Imagem © Andreas Heddergott / TUM© DWA David Wolfertstetter Architektur | Architekten Schmidt-Schicketanz und Partner GmbH | 3F Studio | Visualização: nuur.nu© DWA David Wolfertstetter Architektur | Architekten Schmidt-Schicketanz und Partner GmbH | 3F Studio | Visualização: nuur.nu© DWA David Wolfertstetter Architektur | Architekten Schmidt-Schicketanz und Partner GmbH | 3F Studio | Visualização: nuur.nu+ 11