Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Manifesta

Manifesta: O mais recente de arquitetura e notícia

MVRDV e The Why Factory desenvolvem estratégias urbanas para o Manifesta 13 de Marselha

Em 2020, Marselha será a sede do Manifesta 13, a Bienal Européia de Arte Contemporânea. Como parte do planejamento para este importante evento artístico e cultural, o MVRDV foi contratado para desenvolver um trabalho de pesquisa interdisciplinar sobre os potenciais urbanos da cidade de Marselha, o qual foi desenvolvido em parceria com a The Why Factory - um ThinkTank coordenado pelo cofundador do MVRDV, Winy Maas.

O MVRDV desenvolveu uma profunda análise da cidade para compor um relatório em forma de um volume de 1200 páginas. Contando com entrevistas e uma série de levantamentos técnicos, o relatório aponta possíveis soluções e sugestões para futuras intervenções urbanas. Como parte dessa jornada de trabalho, o MVRDV esteve trabalhando full time em conjunto com a The Why Factory, o “think tank da cidade do futuro”. A estação de trabalho foi montada junto a Universidade de Delft, parceira no desenvolvimento das análises e relatórios para o Manifesta 13. Até agora, o feedback tem sido extremamente positivo. O relatório será agora posto em prática, “contextualizado, analisado e aperfeiçoado, uma ferramenta para os arquitetos repensarem os possíveis futuros para a cidade de Marselha”. O escopo do trabalho desenvolvido pelos holandeses servirá como um ponto de partida para o desenvolvimento de atividades artísticas e culturais, intervenções e instalações concebidas para o Manifesta 13.

OMA divulga estudo urbano e estratégias para Manifesta 12 em Palermo

OMA, mediador criativo da Manifesta 12, divulgou recentemente o Atlas de Palermo, um estudo urbano interdisciplinar sobre Palermo que informará a organização da 12ª edição da Manifesta, Bienal Europeia de Arte Contemporânea, a ser realizada no próximo ano na cidade italiana. Dirigido pelo sócio do OMA, Ippolito Pestellini Laparelli, o projeto descreve um plano para Palermo "planejar seu futuro e como um marco investigativo para garantir que Manifesta 12 atinja um impacto de longo prazo para a cidade e seus cidadãos".

Strategy of Intervention, Palermo Atlas. Image Cortesia de OMA Map of Communities, Palermo Atlas. Image Cortesia de OMA Veduta di Palermo, Francesco Lojacono, 1875; Palermo Atlas. Image Cortesia de OMA Mediterranean System of Flows, Palermo Atlas. Image Cortesia de OMA + 12

Pavilhão flutuante de madeira atrai a atenção no Manifesta 11 em Zurique

No último dia 11, a Bienal Europeia de Arte Contemporânea, também conhecida como Manifesta, deu início aos seus cem dias de duração na cidade de Zurique, Suíça. O elemento central do festival é uma plataforma flutuante de madeira no Lago Zurique, conhecida como Pavilhão das Reflexões. A estrutura temporária foi projetada e construída pelo Studio Tom Emerson e uma equipe de trinta estudantes do ETH Zurich. Christian Jankowski, curador do Manifesta 11, descreveu a exposição como "uma plataforma flutuante multi-funcional com uma gigantesca tela de LED, um apoio para os espectadores, uma piscina e um bar."

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 14