1. ArchDaily
  2. International Highrise Award

International Highrise Award: O mais recente de arquitetura e notícia

Torre Norra Tornen do OMA vence o International Highrise Award 2020

O International Highrise Award (IHA), organizado pela cidade de Frankfurt e pelo Deutsches Architekturmuseum (DAM), selecionou o projeto Norra Tornen, uma torre residencial projetada pelo OMA / Reinier de Graaf como a vencedora de sua nona edição. O prêmio é concedido a cada 2 anos a arquitetos e incorporadores para edifícios de pelo menos 100 metros de altura, concluídos nos últimos dois anos. Norra Tornen foi selecionada entre 31 projetos de 14 países.

© Laurian Ghinitoiu, Cortesia de OMA© Laurian Ghinitoiu, Cortesia de OMA© Laurian Ghinitoiu, Cortesia de OMA© Laurian Ghinitoiu, Cortesia de OMA+ 15

Conheça os cinco edifícios finalistas do International Highrise Award 2020

O Deutsches Architekturmuseum (DAM) escolheu os cinco finalistas para o International Highrise Award (IHP) 2020. Selecionados entre 31 edifícios de 14 países, os projetos incluem torres de Zaha Hadid Architects, BIG, SOM, OMA e Heatherwick Studio. O IHA é considerado o prêmio de arquitetura mais importante do mundo dedicado a edifícios em altura.

© Anders Bobert© Nils Koenning© Hufton + Crow© Hufton + Crow+ 10

Torre Reforma vence o International Highrise Award de 2018

Torre Reforma. Imagem © Alfonso Merchand
Torre Reforma. Imagem © Alfonso Merchand

O edifício de escritórios Torre Reforma, na Cidade do México, recebeu meu o prêmio de arranha-céu mais inovador do mundo, reconhecimento concedido bi-anualmente pelo Deutsche Architekturmuseum (DAM). Uma das honrarias mais importantes no mundo da arquitetura no que se refere à edifícios em altura, o International Highrise Award é entregue a cada dois anos àquele projeto de edifício que melhor exemplifica critérios de projeto voltados para o futuro, aonde funcionalidade, inovação tecnológica, integração de sistemas e desenvolvimento urbano, sustentabilidade e custo-benefício são avaliados rigorosamente.

Torre Reforma. Imagem © Alfonso MerchandTorre Reforma. Imagem © Alfonso MerchandTorre Reforma. Imagem © Alfonso MerchandTorre Reforma. Imagem © Alfonso Merchand+ 5

Por que a arquitetura corajosa do BIG deve ser celebrada e premiada

Hoje, no Deutsches Architekturmuseum, Bjarke Ingels e o BIG receberam o International Highrise Award para o Via 57 West, seu "edifício-pátio" em Manhattan. O seguinte discurso, que foi traduzido do alemão original por Clara Jaschke, foi pronunciado pelo crítico de arquitetura e curador Bart Lootsma no evento.

Fiquei realmente encantado quando Peter Cachola Schmal me chamou para perguntar se eu entregaria a menção para Bjarke Ingels e BIG na edição deste ano do International Highrise Award.

Justo no fim de semana anterior, pensei se deveria escrever algo sobre o BIG. Durante semanas, projetos espetaculares e interessantes estavam surgindo, um após o outro, nas páginas do Facebook de Bjarke, Kai-Uwe Bergmann e algumas outras.

BIG vence o 2016 International Highrise Award com o VIA 57 West

O VIA 57 West, do BIG, foi escolhido unanimemente como o vencedor do 2016 International Highrise Award (IHA) como o arranha-céu mais inovador do mundo.

Como um dos prêmios arquitetônicos mais importantes do mundo para edifícios altos, ele é apresentado pelo Deutsches Architekturmuseum (DAM) a cada dois anos e entregue ao projeto que melhor exemplifica os critérios de projetos orientados para o futuro, funcionalidade, tecnologia de construção inovadora, integração em esquemas de desenvolvimento urbano, sustentabilidade e eficiência de custo.

© Kirsten Bucher© Kirsten Bucher© Kirsten Bucher© Kirsten Bucher+ 12

Cinco edifícios competem pelo título de "melhor arranha-céu do mundo"

Rem Koolhaas, Steven Holl, Jean Nouvel e Boeri Studio são os autores dos cinco arranha-céus que competem pelo título de "melhor do mundo". Escolhidos como finalistas do International Highrise Award (IHA) 2014, os quatro escritórios estão muito próximos de um prestigioso título e um prêmio de €50 mil.

Os organizadores do prêmio anunciarão um vencedor em meados de novembro. O arranha-céu escolhido será selecionado por um renomado júri multidisciplinar com base em critérios que variam do uso de tecnologias inovadoras até propostas de desenvolvimento urbano integrado do edifício e relação custo-banefício.

“Boa arquitetura requer disposição a assumir riscos e um desejo de experimentar. Todos os finalistas assumem essa abordagem - não pode haver inovação sem experimentação. Nossa lista de finalistas compreende três diferentes protótipos do futuro", comentou o presidente do júri, Christoph Ingenhoven.

Veja os cinco finalistas e os comentários do júri, a seguir...