Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Fortaleza

Fortaleza: O mais recente de arquitetura e notícia

Edifício residencial desaba deixando vítimas em Fortaleza

Um edifício residencial de sete pavimentos entrou em colapso esta manhã em Fortaleza, Ceará. Localizado no bairro Dionísio Torres, área nobre da cidade, o edifício tinha mais de 40 anos e passava por reformas. Um vídeo registrado ontem por um morador do edifício mostra o precário estado dos pilares de sustentação da estrutura, com as ferragens expostas e corroídas.

II SEAU - Semana de Arquitetura e Urbanismo

Qual é o seu sentimento em relação à sua cidade?

O C.A.fé - Centro Acadêmico de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Fortaleza promove, entre os dias 7 e 11 de outubro, a 2º Semana de Arquitetura e Urbanismo (SEAU), a qual tem como tema “E se essa cidade fosse minha?”. Por meio de palestras, mesas redondas, workshops e outras dinâmicas, o evento promoverá o debate sobre o reconhecimento à cidade e o papel do arquiteto e urbanista nesse contexto.
Para mais informações, acesse a página do evento no Facebook (/cafeunifor) ou no Instagram (@cafeunifor).

Cidades fabricadas: o caso da primeira smart city do Brasil

Smart City Laguna, este é o nome da primeira "cidade inteligente" do Brasil segundo publicaram alguns meios de comunicação, inclusive o ArchDaily Brasil, em 2017. Com inauguração prevista para aquele mesmo ano, o empreendimento contaria em sua primeira fase com 1.800 unidades e, no total, 7.065, divididas entre residenciais, comerciais e de uso tecnológico.

Localizada no distrito de Croatá, que faz parte da cidade de São Gonçalo do Amarante, a primeira smart city brasileira ocupa uma porção de terra de 330 hectares conectada diretamente à rodovia federal BR-22, que cruza os estados do Ceará, Piaí e Maranhão partindo de Fortaleza em direção à Marabá, no Pará. A escolha do local tem razões econômicas: a proximidade com o Porto do Pecém, em Fortaleza, a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) e a Ferrovia Transnordestina fazem de Croatá um ponto estratégico no nordeste que vem sendo ocupado nos últimos anos por empresas de tecnologia, conformando um chamado "Cinturão Digital" a pouco mais de 50 quilômetros da capital cearense.

Conheça a proposta vencedora no Concurso Nacional de Ideias Parque do Cocó, de Base Urbana e COTA760

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto a seguir foi o vencedor do Concurso Nacional de Ideias para o Parque do Cocó em Fortaleza, no Ceará. São 1080 hectares de área de conservação ambiental atravessando a cidade e 50 hectares de área de projeto, é o quarto maior parque urbano do Brasil e, diante desta condição ele guarda a responsabilidade de promover a preservação e regeneração de importante floresta de mangue, além de poder servir à população como infraestrutura urbana para ações socioculturais, econômicas e ambientais. O projeto para o parque propõe soluções gerais que possibilitam pensar as 17 áreas de intervenção propostas pelo concurso em consonância com o restante da área de conservação e sua relação com a cidade que a rodeia. Trata-se de criar uma simbiose entre o uso do parque e a preservação ambiental.

Seminário Cidade, Memória e Modos de Viver

O desenvolvimento urbano nem sempre ocorre de forma coordenada com os anseios da população. O inchaço das metrópoles acarreta consequências visíveis para todos aqueles que delas precisam, como engarrafamento, desordenamento e conflitos. Ao mesmo tempo, esses desafios motivam gestores públicos, entidades de classe e a sociedade civil organizada a propor e executar soluções. Esse é o mote para a realização do Seminário “Cidade, Memória e os Desafios do Modo de Viver”, que ocorrerá no Theatro José de Alencar, em Fortaleza, de 18 a 20 de setembro. O evento é uma iniciativa do Arquiteto e Urbanista Jefferson John em parceria com

Fortaleza no caminho certo da mobilidade urbana

Priorizar o transporte público, incentivar meios alternativos de deslocamento na cidade e reduzir o número de acidentes no trânsito, estas são as três diretrizes que nortearam Fortaleza nos últimos anos ao criar sua política de mobilidade urbana.

Buscando exemplos fora do Brasil, a capital do Ceará tem estabelecido um grande intercâmbio com outras cidades e buscado o apoio de organizações não governamentais - ações que estão começando a dar os primeiros frutos e mostrando que a mudança de paradigma de mobilidade urbana é factível e traz benefícios à população.

Fortaleza no caminho da mobilidade sustentável: iniciativas beneficiam moradores e otimizam a integração modal

Pode parecer audacioso, mas Fortaleza tem o objetivo de se tornar a cidade mais ciclável do Brasil. Nesse caminho, a mobilidade da capital do Ceará passa por mudanças que beneficiam tanto os moradores quanto os turistas que, além das belas paisagens, agora podem encontrar ciclovias, ciclorrotas e um sistema mais integrado de transporte coletivo.

Ao todo, a rede cicloviária da cidade soma 204,6 km, resultado de um crescimento de 180% desde 2012, quando era de 72,9 km. Dois sistemas incentivam as pedaladas: o Bicicletar, iniciado em 2014, que tem 80 estações de bicicletas compartilhadas pela cidade e surgiu como uma solução de transporte de pequeno percurso para facilitar o deslocamento das pessoas. Atualmente,conta com 133 mil usuários cadastrados e 2.600 viagens por dia, o que já ajudou a evitar que 535 toneladas de gás carbônico fossem emitidas na atmosfera. No último dia 23 de março, foi lançado o projeto Mini Bicicletar, que busca incentivar o uso da bicicleta desde a infância, com ações educativas e opções de lazer para as crianças em espaços públicos.

Verve Comunicação / Rede Arquitetos

© Igor Ribeiro © Igor Ribeiro © Igor Ribeiro © Igor Ribeiro + 21

Escritórios  · 
Fortaleza, Brasil

Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza / Architectus S/S

Fortaleza, Brasil

© Joana França © Joana França © Joana França © Joana França + 32

Uma das primeiras obras de Oscar Niemeyer: a Residência Herbert Johnson

© Michael B Williams, 1976. Cortesia de Murilo Siqueira © Michael B Williams, 1976. Cortesia de Murilo Siqueira © Michael B Williams, 1976. Cortesia de Murilo Siqueira © Michael B Williams, 1976. Cortesia de Murilo Siqueira + 29

O empresário Murilo Siqueira compartilhou conosco fotografias raras de uma das primeiras obras de Oscar Niemeyer: a Residência Herbert Johnson, de 1942, construída em Fortaleza para o empresário americano, então dono da empresa SC Johnson. As fotografias, de Michael B. Williams, foram doadas pessoalmente por sua esposa em 2009, quando Murilo teve a oportunidade de conhecê-la em Boston. Ela e Michael se hospedaram nessa residência em 1976, durante uma viagem pelo Brasil, catalogando as obras de Niemeyer.

Qual a sua opinião sobre essa obra da fase inicial de Niemeyer?

Workshop "Fotografia de Arquitetura e Cidades" com Joana França

A produtora e escola da fotografia Travessa da Imagem, de Fortaleza - CE, promove, entre os dias 5 e 9 de outubro, o workshop "Fotografia de Arquitetura e Cidades", com a fotógrafa Joana França. O curso será dividido em aulas teóricas - onde os participantes serão apresentados a técnicas e equipamentos e farão a análise de imagens de arquitetura e de “street photography“ - e saídas fotográficas, em que os conhecimentos teóricos serão colocados em prática.

Chamada de trabalhos para o 8° Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico

O prazo final para o envio de trabalhos para VIII Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico que acontece em Fortaleza, de 4 a 7 de outubro, se encerra neste domingo, 28 de junho. O evento, que tem como tema “Direito Urbanístico e conflitos urbanos: a efetividade da ordem jurídico-urbanística na promoção do direito à cidade”, será realizado na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC).

3º Fórum Jovens Arquitetos Latino-Americanos – do edifício ao território

O Fórum Jovens Arquitetos Latino-Americanos – FJAL – foi uma ideia que começou em junho de 2010, quando, em uma iniciativa independente, um grupo de jovens arquitetos de Fortaleza decidiu trazer para o debate a nova produção arquitetônica da América Latina.

Clássicos da Arquitetura: Rodoviária de Fortaleza / Marrocos Aragão

Cortesia de Marrocos Aragão Cortesia de Isabelle Soares Cortesia de Isabelle Soares Cortesia de Isabelle Soares + 32

Ao edifício entra-se pelo lado do sol. Uma marquise quadrada cujo lado mede vinte e um metros sombreia o acesso principal e as vias de embarque e desembarque. A fachada frontal noroeste, a mais extensa, e as fachadas laterais sudoeste e nordeste configuram-se como um muro espesso de seção trapezoidal, marcado por reentrâncias, nichos, e pequenas aberturas recuadas. Incorporam recintos de serviço em seu interior de modo a ampliar sua espessura, e assim sua inércia térmica. Formam um U, ou um grampo, que circunda e encerra o interior do edifício.

Clássicos da Arquitetura: Ministério da Fazenda de Fortaleza / Acácio Gil Borsoi

© Thiago Braga Cortesia de Acervo Marco Antônio Borsoi Cortesia de Acervo Marco Antônio Borsoi Cortesia de Acervo Marco Antônio Borsoi + 41

Por Amanda Rafaelly Casé Monteiro e Fernando Diniz Moreira

O edifício é formado por dois volumes, um horizontal com quatro pavimentos e um vertical, caracterizado pelo pavimento-tipo com treze andares ao todo. Os volumes são emoldurados pelo paisagismo de Burle-Marx, que se estende nos jardins, definido por formas geométricas com variações de altura e em pedra portuguesa na cor bronze e preta, e pelo estacionamento externo.

Prorrogado o prazo de envio de resumos para o 5° Seminário DOCOMOMO Norte/Nordeste

Foi prorrogado para 09 de junho o prazo de envio de resumos para o 5° DOCOMOMO N/Ne - Seminário de Documentação e Conservação do Movimento Moderno Norte/Nordeste, que acontecerá na cidade de Fortaleza entre os dias 11 a 15 de novembro de 2014 com a temática "Projeto, obra, uso e memória: a intervenção no patrimônio arquitetônico modernista".

O tema do 5° DOCOMOMO N/Ne se justifica pela necessidade de debater criticamente sobre o processo de intervenção e documentação, em sentido amplo - projetos, obras, usos e memórias - do patrimônio moderno no Norte e Nordeste do Brasil.

Arena Castelão / Vigliecca & Associados

© Leonardo Finotti Cortesia de Vigliecca & Associados © Ricardo Correa © Leonardo Finotti + 64

Autódromo  · 
Fortaleza, Brasil
  • Arquitetos Autores deste projeto de arquitetura Vigliecca & Associados
  • Área Área deste projeto de arquitetura
  • Ano Projeto Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    2012

Carta de Fortaleza: Uma agenda sobre arquitetura e desenvolvimento urbano

Ontem publicamos o release de encerramento do XX Congresso Brasileiro de Arquitetos, que aconteceu em Fortaleza, CE, de 22 a 25 deste mês de abril. Além das inúmeras atividades realizadas no Congresso - mesas redondas, palestras, conversas, minicursos, etc. - um dos resultados deste encontro que reuniu arquitetos e urbanistas de todo o país foi a elaboração de uma carta, a Carta de Fortaleza, que, como explicitado no título acima, consiste em uma agenda arquitetônica e urbanística que leva em consideração temas como habitação, direito à cidade, mobilidade urbana, planejamento, gestão das cidades, dentre outros.

Julgando de extrema importância que esta agenda seja divulgada e se torne de conhecimento do maior público possível, publicamos a seguir a Carta de Fortaleza na íntegra: