1. ArchDaily
  2. Elisabete França

Elisabete França: O mais recente de arquitetura e notícia

Casa da Arquitectura entrevista Elisabete França

Elisabete França, gestora pública dedicada à implantação de programas de desenvolvimento urbano, habitacionais e de mobilidade urbana, é a oitava convidada do Studio Casa, série de entrevistas realizada pela Casa da Arquitectura - Centro Português de Arquitectura.

Elisabete França tem-se destacado nas últimas décadas pelo trabalho para a promoção e divulgação da arquitetura através da curadoria de diversas exposições nacionais e internacionais, coordenação de congressos e publicações especializadas. Doutora pela FAU Mackenzie, é professora no Curso de Arquitetura da Faculdade Armando Álvares Penteado (FAAP). 

Arquitetura em Retrospetiva: Elisabete França revê 40 anos de bienais em São Paulo

A arquiteta e urbanista Elisabete França está finalizando um livro que conta a história das Bienais de Arquitetura de São Paulo, de 1973 a 2013. A obra, fruto de extensa pesquisa realizada pela autora, tem como objetivo resgatar quatro décadas da produção nacional, vai se chamar “Arquitetura em Retrospectiva” e é tema de uma campanha de financiamento coletivo realizada pela editora KPMO Cultura e Arte.

Perspectivas contemporâneas sobre a mulher na arquitetura

Buscando ampliar os horizontes de pesquisa para campos além da arquitetura apresentada em sala de aula, o CAJ, Centro Acadêmico Joan Villà, do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, apresenta o evento "Perspectivas Contemporâneas Sobre a Mulher na Arquitetura: Ação, Identidade e Coletividade", visando a exploração e o questionamento das cidades e suas estruturas sociais.

A Arquitetura precisa reconhecer, além do papel social, os debates sobre Raça e Gênero / Stephanie Ribeiro

Resolvi fazer arquitetura de forma bem inocente depois de ter feito vários testes vocacionais que encontrei no Google. Quando descobri ser um dos cursos mais concorridos nas universidades públicas brasileiras, pensei em desistir. Mas já estava fisgada pela história da arquitetura e seu papel social.

Entretanto, nada é perfeito. Arquitetura e Urbanismo é um dos cursos mais elitizados nas mais renomadas universidades brasileiras e isso reflete também para fora das salas de aula. O arquiteto passou a servir aos mais ricos, deixando de lado as necessidades urbanas e os mais pobres.

Arquitetas Invisíveis apresentam 48 mulheres na arquitetura: Arquitetura Social

Para celebrar o Dia das Mulheres, pedimos ao coletivo brasileiro Arquitetas Invisíveis, com sede em Brasília, que compartilhassem conosco parte de sua pesquisa que identifica e enaltece o trabalho das mulheres na Arquitetura e Urbanismo, elas gentilmente nos cederam este material - que apresenta 48 mulheres divididas em sete categorias: pioneiras, "nas sombras", arquitetura, paisagismo, arquitetura social, urbanismo e arquitetura sustentável – que será publicado separadamente durante esta semana.

Hoje, apresentamos as arquitetas que se destacam no campo social.

Jane Drew. © Jorge LewinskiElisabete França. Imagem via Moscow Urban ForumJulie Eizenberg. Imagem via AIAJulia King+ 11

Lançamento do livro: “ Cidades Sustentáveis – Cidades Inteligentes – Desenvolvimento sustentável num planeta urbano” / São Paulo - SP