Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Ásia

Ásia: O mais recente de arquitetura e notícia

Japão inaugura hortas urbanas em estações de trem

Os locais escolhidos para a construção de hortas urbanas são cada vez mais surpreendentes, como o caso de uma horta feita em alguns abrigos da Segunda Guerra Mundial a 30 metros de profundidade do Metro de Londres.

Em Tóquio, foram inaugurados cinco pomares construídos nas coberturas de edifícios, mas não qualquer edifício, mas nas estações de trem. Este caso se soma aos exemplos que ajudariam a reutilizar os espaços vazios através do cultivo e criar novos espaços verdes abertos para as pessoas nas cidades.

Saiba como é possível ocupar estas hortas, a seguir.

Vídeo “Kapital Creation”: um questionamento à urbanização na China

Pequim é uma cidade de costumes e tradições de centenas (se não milhares) de anos, porém, nas últimas décadas a capital chinesa vem sendo a protagonista de um acelerado processo de urbanização questionado em muitas frentes. Embora alguns apoiem as transformações culturais que tem ocorrido como resultado da urbanização, outros não estão de acordo com a perda da parte antiga da cidade e de seus espaços verdes.

7 mil garrafas recicladas dão forma a um pavilhão em Hong Kong

O FestivalMid-Autumn é uma das festas mais típicas de Hong Kong, sendo celebrada durante os dias de lua cheia do oitavo mês do calendário chinês. Neste ano o festival aconteceu em setembro, no Parque Victoria em colaboração com o projeto Lantern Wonderland, que contou com Rising Moon, um pavilhão luminoso feito com7 mil garrafas plásticas e que representa um hemisfério da lua, com a outra parte sendo refletida na lagoa do parque.

O pavilhão foi feito pelo escritório Daydreamers Design para ser entendido como um símbolo de reunião em torno a uma lua que promova o cuidado com o meio ambiente.

Saiba mais a seguir.

Cortesia de  Via i-ref Cortesia de  Via i-ref Cortesia de  Via i-ref Cortesia de  Via i-ref + 12

Ranking das dez cidades com maior custo de vida de 2013

Luanda é a capital da Angola, na costa atlântica da África. Nesta cidade-porto vivem cinco milhões de pessoas que na sua maioria trabalham na produção de bebidas, tecidos, cimento, plásticos, metais, cigarros e sapatos. Este ano, assim como em 2011, Luanda foi catalogada como a cidade com maior custo de vida para os estrangeiros, segundo o estudo anual elaborado pela consultora Mercer.

O informe “Custo de vida 2013” analisou 214 cidades nos cinco continentes tomando, basicamente, Nova York como referência quanto a custos, comparando mais de 200 artigos em cada cidade, como habitação, transporte, comida, roupa, utensílios para o lar e entretenimento. Ainda que as cidades europeias - especificamente da Suíça- estejam dentro do ranking, a maioria dos postos mais altos são ocupados por cidades da Ásia e África.

As 10 cidades com a melhor infraestrutura do mundo

Texto por Francisca Codoceo via Plataforma Urbana. Tradução Archdaily Brasil.

Em uma época onde mais da metade da população vive em cidades que, no total, representam menos de 2% da superfície terrestre do planeta, o desenvolvimento sustentável da infraestrutura urbana tornou-se uma das maiores necessidades e desafios do século XXI. Desta maneira, é de grande importância toda a informação que podemos compartilhar sobre as distintas situações em diferentes partes do país e como eles criaram casos de sucesso e fracasso.

Ponte Mapo: A Ponte da Vida

Texto por Natalia Barrientos Barría via Plataforma Urbana. Tradução Archdaily Brasil.

A Coréia do Sul é o país da OCDE com a maior taxa de suicídios. Tanto que a Ponte Mapo, no rio Han, é popularmente conhecida como “ponte do suicídio” por registrar maior número de tentativas de suicídios do que todas as pontes de Seul (108 pessoas morreram nos últimos 5 anos).

Perspectivas sobre Xangai: Da cidade híbrida a cidade global

A cidade de Xangai está estrategicamente posicionada no Extremo Oriente como um novo centro financeiro mundial de primeira ordem, também como um novo modelo de cidade moderna. Neste quadro, enfrenta o desafio de acolher um crescimento populacional urbano de 15 milhões de pessoas para 2015, fruto do crescimento demográfico e da migração interna campo-cidade, atraída pelo acelerado desenvolvimento chinês.

Criam o primeiro mapa de percursos de ônubus públicos de Dhaka, Bangladesh

Imagine uma cidade com 18 milhões de habitantes, com poucas ruas demarcadas e quase nada de sinalização, por onde é gerado um caos entre automóveis, ônibus, motos e rickshaws, as típicas carroças puxadas por um chofer.

Projetando zonas verdes em Singapura a partir de dados e planificação urbana

O que aconteceria se os dados, não a política ou o desenvolvimento puramente comercial, impulsionasse o projeto de nossas cidades? Singapura é uma maravilha da eficiência, o resultado de uma vida de dedicação ao projeto vinculado a dados e ao planejamento urbano. O Instituto (ART+DATA) está examinando como a filosofia do desenho apoiado em dados pode ser aplicada à organização da vida, com Singapura como principal exemplo.

“Great City”: A primeira cidade para pedestres do mundo estaria na China

Ranking 2012: As 10 melhores cidades do mundo para viver

Shangai está afundando devido ao peso de seus arranha-céus

Casa Tara / Studio Mumbai Architects