1. ArchDaily
  2. 550 Madison

550 Madison: O mais recente de arquitetura e notícia

Preservar ou demolir: duas caras de uma mesma moeda

Desde o final do século XIX até os dias de hoje, a cidade de Nova Iorque se consolidou como o principal epicentro da construção de edifícios em altura ao redor do todo. Muitas destas estruturas, concebidas e projetadas pelos mais importantes personagens da história recente da arquitetura, rapidamente adquiriram o status de ícone, influenciando para sempre a forma como concebemos nossos edifícios e cidades. Ainda assim, muitos arranha-céus históricos da cidade de Nova Iorque acabaram sendo demolidos, dando lugar a estruturas cada vez mais altas e tecnológicas. Neste contexto, novidade e obsolescência parecem duas faces de uma mesma moeda. As recentes disputas e impasses ao redor de algumas das mais icônicas estruturas em altura já construídas na cidade de Nova Iorque, revela o quão rapidamente as coisas podem mudar de figura.

Nova Iorque aprova a construção do jardim projetado pelo Snøhetta no 550 Madison

A Comissão de Planejamento de Nova Iorque aprovou por unanimidade a construção do 550 Madison Garden, projetado pelo escritório norueguês Snøhetta. O projeto que busca reinventar este espaço público recebeu recentemente aprovação pelo Conselho Comunitário de Manhattan.

Saguão do AT&T Building de Philip Johnson começa a ser demolido

Enquanto o exterior da icônica torre da AT&T da Philip Johnson aguarda seu destino em uma próxima audiência pública em Nova Iorque, a demolição de seu saguão revestido de granito já começou.

Citando o fato de que o saguão já havia sido alterado na década de 1990 - incluindo a remoção da estátua "Golden Boy" - quando a AT&T deixou o edifício para dar lugar à Sony Corporation, a Comissão de Preservação decidiu no mês passado que os interiores do lobby não mereciam o status de patrimônio.

Alvo de um projeto de renovação, AT&T Building de Philip Johnson é aprovado na primeira etapa do processo de tombamento em Nova Iorque

Alvo de um grande projeto de renovação que poderá alterar significativamente sua presença na escala do pedestre, o ícone pós-moderno de Philip Johnson, o 550 Madison (antigamente chamado de AT&T Building), passou na primeira etapa do processo de tombamento de Nova Iorque.

Recentemente, uma aplicação de tombamento do edifício foi aprovada unanimemente pela Comissão de Patrimônio e Preservação da cidade. Em alguns meses, a comissão organizará um foro público para discussão sobre o edifício, seguido por uma deliberação que dirá se a torre merece ou não o status de patrimônio.

Projeto de Snøhetta transformará ícone pós-moderno de Nova Iorque projetado por Philip Johnson

Um dos mais emblemáticos arranha-céus pós-modernos de Nova York, o 550 Madison (antigo edifício da AT&T), projetado por Philip Johnson, terá todo seu térreo reformado, transformando completamente a forma como o edifício se relaciona com o espaço da rua.

Idealizado por Snøhetta, o objetivo principal do projeto é qualificar a presença da torre no espaço urbano. Por isso, a fachada sólida de pedra na base do edifício dará lugar a uma grande fachada de vidro curvo serigrafado. A intensão através desta ampla transparência é criar uma atmosfera mais convidativa e atraente para os pedestres. Os espaços de circulação em meio ao edifício receberão amplas aberturas para a paisagem exterior.

© DBOX© DBOX© DBOX© David Shankbone+ 5