Carlo Ratti Associati revela o primeiro 'arranha-céu fazenda' do mundo em Shenzhen

Carlo Ratti Associati revela o primeiro 'arranha-céu fazenda' do mundo em Shenzhen

O escritório CRA-Carlo Ratti Associati mescla arquitetura e agricultura urbana na recém-inaugurada Torre Jian Mu em Shenzhen, China. O edifício de 218 metros de altura incorpora uma fazenda hidropônica vertical em grande escala em toda a sua fachada, cultivando vegetais que pode alimentar até 40 mil pessoas por ano. A torre de 51 andares também incluirá escritórios, habitação, um supermercado e uma praça de alimentação com jardins internos para recreação e encontros sociais.

Cortesia de CRA - Carlo Ratti AssociatiCortesia de CRA - Carlo Ratti AssociatiCortesia de CRA - Carlo Ratti AssociatiCortesia de CRA - Carlo Ratti Associati+ 5

A Torre Jian Mu foi projetada a partir de um concurso internacional organizado pela rede de supermercados chinesa Wumart, ocupando o último terreno vago no Distrito Central de Negócios de Shenzhen. A proposta autossustentável permite que os moradores cultivem e consumam vegetais e frutas frescas de dentro da torre, produzindo cerca de 270.000 quilos de alimentos por ano. Os terraços paisagísticos também incluem uma grande variedade de flora, incluindo vitórias-régias, samambaias e lichias, promovendo ainda mais a biodiversidade.

Cortesia de CRA - Carlo Ratti Associati
Cortesia de CRA - Carlo Ratti Associati

A agricultura urbana em pequena escala está acontecendo em cidades de todo o mundo - de Paris a Nova York e Cingapura. A Torre Jian Mu, no entanto, leva isso para o próximo nível. Essa abordagem tem o potencial de desempenhar um papel importante no desenho das cidades no futuro, pois envolve um dos desafios arquitetônicos mais urgentes da atualidade: integrar o mundo natural ao mundo construído. Além de produzir alimentos, a fazenda da Torre Jian Mu ajuda na proteção solar - uma questão fundamental em edifícios altos. - Carlo Ratti

Cortesia de CRA - Carlo Ratti Associati
Cortesia de CRA - Carlo Ratti Associati

O nome da torre é derivado do antigo símbolo mítico da China da "árvore jian mu", que "conecta o céu e a terra". De acordo com a crença tradicional, o céu é redondo enquanto a terra é quadrada e, consequentemente, o arranha-céu traduziu essa crença com sua base retangular que gradualmente se transforma em uma forma cilíndrica à medida que sobe. A vegetação em toda a superfície do edifício reduz a radiação solar em espaços internos e promove a ventilação natural. Os jardins do terraço têm pé-direito duplo e integram-se perfeitamente nos espaços interiores, fundindo o exterior com o interior.

Cortesia de CRA - Carlo Ratti Associati
Cortesia de CRA - Carlo Ratti Associati

O projeto foi desenvolvido com a ZERO, empresa italiana especializada em abordagens inovadoras para a agricultura. A empresa introduziu um sistema de "agrônomo virtual" com suporte de IA que lida com as operações diárias da fazenda, irrigação e condições nutricionais, para otimizar o processo de produção da vegetação.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Stouhi, Dima. "Carlo Ratti Associati revela o primeiro 'arranha-céu fazenda' do mundo em Shenzhen" [Carlo Ratti Associati Unveils World's First 'Farmscraper' in Shenzhen ] 09 Set 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Martino, Giovana) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/967965/carlo-ratti-associati-revela-o-primeiro-arranha-ceu-fazenda-do-mundo-em-shenzhen> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.