Atelier Marko Brajovic explora raízes de manguezais em instalação na Bienal de Veneza 2021

Atelier Marko Brajovic explora raízes de manguezais em instalação na Bienal de Veneza 2021

Concebido pelo Atelier Marko Brajovic, o projeto ROOTS - mangrove ecosystem participa da exposição Future Assembly, com curadoria do Studio Other Spaces, do artista plástico Olafur Eliasson e do arquiteto Sebastian Behmann, que responde ao tema Como vamos viver juntos? proposto por Hashim Sarkis, curador da 17ª Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza. O projeto conta com uma maquete de impressão 3D, desenhos à mão e vídeos, que permanecem abertos à visitação até 21 de novembro de 2021 no Giardini.

Future Assembly tem como objetivo introduzir na Bienal de Arquitetura de Veneza o sistema de valores multilateral alternativo das Nações Unidas, refletindo sobre os últimos 75 anos de multilateralismo da ONU e imaginando novos futuros sobre como podemos nos unir de forma colaborativa. O Atelier acredita que um multilateralismo futuro deve expandir-se além da visão de mundo centrada no homem para uma reunião mais do que humana.

As raízes de manguezais manifestam o sistema de conexão e comunicação que opera como um superorganismo inteligente e distribuído. Projetada pela natureza, esta rede resiliente purifica e regenera o nosso sentido de coexistência no espaço e no tempo. Fluindo simultaneamente, por meio de múltiplas dimensões conscientes e subconscientes, o interser simbiótico é a nossa casa.

Cortesia de Atelier Marko Brajovic
Cortesia de Atelier Marko Brajovic

O processo de projeto arquitetônico generativo do modelo 3D foi inspirado no sistema de raízes de manguezais da Amazônia e projetado por meio de emulação digital de princípios naturais de crescimento.

Cortesia de Atelier Marko Brajovic
Cortesia de Atelier Marko Brajovic

Acreditamos que o manguezal representa um mundo que abrange várias espécies que vivem juntas. Um habitat sinérgico que se beneficia de relacionamentos e mutualismo, promovendo coevolução e adaptação. É isso o que nós, humanos, temos que aprender e sincronizar nossas frequências de fluxo subconsciente com geometrias operativas naturais. — Atelier Marko Brajovic

ROOTS é um espaço para o ser humano se conectar com sua natureza interior e desenvolver a consciência coletiva ecológica.

Ficha técnica
Direção Criativa: Marko Brajovic
Direção de Projeto: Bruno Bezerra
Design do Projeto: Guilherme Giantini
Produção de conteúdo: arq. May Shinzato
Design gráfico: Barbara Helena Morais 
Com apoio adicional de: Ximena Caminos (HoneyLab)
Vídeo: Gabriel Matarazzo (Gabba Visuals)
Fotografia: Massimo Pistore (PIXU)

Confira a abrangente cobertura da Bienal de Arquitetura de Veneza 2021 realizada pelo ArchDaily. Não deixe de assistir à nossa playlist oficial no Youtube, onde apresentamos entrevistas exclusivas com arquitetas, arquitetos e curadores da Bienal.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Equipe ArchDaily Brasil. "Atelier Marko Brajovic explora raízes de manguezais em instalação na Bienal de Veneza 2021" 26 Jul 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/965409/atelier-marko-brajovic-explora-raizes-de-manguezais-em-instalacao-na-bienal-de-veneza-2021> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.