Começam as obras de reforma da Pirâmide de Tirana na Albânia projetada pelo MVRDV

Começam as obras de reforma da Pirâmide de Tirana na Albânia projetada pelo MVRDV

Este mês marcou o início das obras de reforma da Pirâmide de Tirana, um monumento brutalista na Albânia. O projeto assinado pelos arquitetos do MVRDV, trata da reabilitação daquilo que, originalmente, era um monumento comunista. A proposta transforma a estrutura brutalista em um novo polo para a vida cultural de Tirana. Preservando a casca de concreto, a intervenção abrirá o átrio do edifício para cafés, estúdios, oficinas e salas de aula.

Cortesia de MVRDVCortesia de MVRDVCortesia de MVRDVCortesia de MVRDV+ 14

Localizado no coração da capital albanesa, a Pirâmide de Tirana tem 11.835 metros quadrados e foi originalmente construída como um museu dedicado à Enver Hoxha, o primeiro chefe de estado comunista da Albânia. Ao longo de sua existência, o edifício também serviu como a base da OTAN, a Organização do Tratado do Atlântico Norte, durante a Guerra do Kosovo, uma boate e também como espaço para eventos. Atualmente, como forma de chamar atenção para a estrutura, a juventude de Tirana têm usado o local como lugar de encontro e de prática do graffitti. Com esforço em fazer este monumento ser renovado, o projeto do MVRDV irá abrir radicalmente o edifício, removendo anexos feitos em outras reformas, revelando o espaço interior e resgatando o projeto original.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

O projeto propõe caixas, que abrigam cômodos individuais, e que serão dispostas envolta e na própria estrutura, com o objetivo de criar um aglomerado de salas de aula, estúdios, cafés e restaurantes. É esperado que a Pirâmide se torne um novo centro cultural para a vida urbana e para a nova geração albanesa. Usada pela ONG educacional TUMO Tirana, o novo projeto irá ter espaços para educação de contra turno para adolescentes, com aulas de softwares, robótica, animação, música e filmes.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

Trabalhar em um monumento brutalista como a Pirâmide é um sonho. É impressionante ver como o país lida com o futuro do edifício, o qual, por um lado, apresenta capítulos controversos, e por outro, foi parcialmente resgatado pelos residentes de Tirana. Eu vejo potencial e acho que será possível transformá-lo em um monumento do povo, ao invés de somente demoli-lo. O desafio é criar um novo relacionamento entre edifício e cidade, e eu acredito que nosso projeto faz isso. Estou ansioso pra ver os jovens, e, pela primeira vez subindo os degraus que levam à cobertura. -- Winy Maas, sócio fundador da MVRDV.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

Centrado na sustentabilidade social, apenas as novas caixas abrigarão o programa educacional, e precisam ser climatizados, reduzindo o consumo de energia, enquanto o restante do empreendimento fica aberto ao entorno na maior parte do ano. Atendendo a uma série de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável delineados pelas Nações Unidas, o projeto não irá demolir a estrutura, mas irá adaptar a concha de concreto junto com os princípios da economia circular. Por exemplo, os degraus externos usarão os ladrilhos de pedra que originalmente adornavam a fachada como agregados no novo concreto.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

As vigas inclinadas de concreto dão sensação de segurança, preservando a apropriação que começou com a população. As pessoas podem caminhar com mais segurança até o topo da pirâmide. Além disso, essas etapas também podem ser usadas para passeios turísticos e eventos temporários, devolvendo a Pirâmide e a praça ao redor à sua função como um importante ponto central para a vida cultural em Tirana.

Cortesia de MVRDV
Cortesia de MVRDV

A transformação da Pirâmide mostra um edifício que pode ser mudado sutilmente, adentrar uma nova era, e, ao mesmo tempo, preservar um passado histórico, além de mostrar a história do brutalismo nos edifícios. – MVRDV

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "Começam as obras de reforma da Pirâmide de Tirana na Albânia projetada pelo MVRDV" [Construction Begins on MVRDV's Renovation Project of the Pyramid, a Brutalist Monument in Tirana, Albania] 26 Fev 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Martino, Giovana) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/957299/comecam-as-obras-de-reforma-da-piramide-de-tirana-na-albania-projetada-pelo-mvrdv> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.