Estudante propõe habitações temporárias para imigrantes venezuelanos

Estudante propõe habitações temporárias para imigrantes venezuelanos

Desenvolvido para o concurso estudantil Habitação temporária para refugiados, o projeto a seguir - de autoria de Rodolfo Cavalcanti e premiado com o segundo lugar no certame - busca oferecer uma solução para os problemas oriundos do fluxo migratório entre Brasil e Venezuela através de uma proposta baseada em modularidade, reprodutibilidade e economia.

Saiba mais sobre o projeto e leia o memorial descritivo enviado pelo autor, a seguir:

Prancha do concurso. Image Cortesia de Rodolfo CavalcantiDetalhes da estrutura. Image Cortesia de Rodolfo CavalcantiSistema de montagem. Image Cortesia de Rodolfo CavalcantiEsquemas. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti+ 7

Do autor: O projeto foi desenvolvido para a Zona Bioclimática 8 (ZB8), caracterizada pela intensa insolação, altas temperaturas, grande umidade e alto índice pluviométrico. O modelo busca responder de forma direta e econômica às questões migratórias entre Venezuela e Brasil, baseando-se nas construções vernaculares da região e na ideia de “arquitetura elementar”, com atenção para a economia de recursos. 

Adotou-se um módulo de sentido horizontal, de 8m X 3m de área e pé-direito de 2,30m, a fim de simplificar a construção e reduzir custo. Algumas proposições nortearam o projeto desde sua concepção, dentre elas a adaptabilidade em sentido morador-moradia e o sentimento de acolhimento, sendo proeminentes para que o sentido de “recomeço” pudesse ser aplicado as moradias, que mesmo de forma temporária, instigam o indivíduo a refletir sua situação atual como um possível novo caminho.

Montagem do módulo. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti
Montagem do módulo. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti

A unidade habitacional é dividida em áreas de alimentação, descanso, higiene e convivência. A estrutura, por sua vez, é composta de hastes metálicas conectadas por encaixe, que sustentam a coberta e servem como apoio para as vedações de palha artesanal.

Manteve-se uma preocupação com o meio ambiente durante todo o projeto, induzindo a utilização de materiais de baixo impacto, que possam ser produzidos de forma econômica e adquiridos no mercado local, de forma que pudesse haver uma troca entre as culturas e benefícios para ambos os lados.

Esquemas. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti
Esquemas. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti

Destacam-se as estratégias bioclimáticas, como o emprego de grandes beirais para proteção contra chuvas e insolação, movimentação das vedações (controle de insolação e ventilação), e captação de águas pluviais. O sistema permeável e a flexibilidade da edificação permitem que ela possa ser adaptada a outras regiões, tendo em vista a facilidade da troca de materiais, prevendo, então, algumas mudanças para adequação as características climáticas. 

Planta baixa. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti
Planta baixa. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti

Reprodutibilidade

O sistema flexível faz uso de componentes pré-fabricados e elementos industrializados mesclados com materiais locais, permitindo a fácil reprodutibilidade. Diante disso, foi possível desenvolver unidades habitacionais de extrema leveza com capacidade para até 6 pessoas. Desmontadas, cabem 12 unidades por contêiner (de 12 metros), beneficiando, portanto, 72 pessoas. 

Economia

A utilização de palha como vedação externa visa contribuir com a economia local, tendo em vista a mão de obra disponível na região. 

Estrutura 

Leveza, durabilidade, resistência e flexibilidade foram fatores decisivos para que a estrutura metálica fosse escolhida. O processo limpo e racional e a simplicidade da construção permitem a reprodutibilidade em larga escala.

Modulação

Disposição de 10 a 12 famílias em torno de um pátio coletivo, visando maior eficiência na distribuição de serviços, e promovendo a associação espontânea da comunidade.

Prancha do concurso. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti
Prancha do concurso. Image Cortesia de Rodolfo Cavalcanti

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Estudante propõe habitações temporárias para imigrantes venezuelanos" 26 Fev 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/934173/estudante-propoe-habitacoes-temporarias-para-imigrante-venezuelanos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.