Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

MVRDV projeta primeiro acervo museográfico acessível ao público do mundo em Roterdã

MVRDV projeta primeiro acervo museográfico acessível ao público do mundo em Roterdã

O primeiro acervo museográfico de arte acessível ao público do mundo, projetado pelo MVRDV, está prestes a ser concluído em Roterdã. Chamado Depot Boijmans Van Beuningen, as obras do novo edifício foram celebradas com uma cerimônia que envolveu o museu, o município de Roterdã e o Stichting De Verre Bergen. O acervo abrigará o arquivo de 151.000 obras de arte do museu e será totalmente acessível ao público.

© Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode © Ossip van Duivenbode + 11

© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode
© Ossip van Duivenbode

O Depot Boijmans Van Beuningen foi criado para que os visitantes possam ver o trabalho que ocorre nos bastidores do museu. Os visitantes poderão visitar também o café na cobertura, cercado por vegetação. Com 39,5 metros de altura e uma fachada composta por 1.664 painéis de vidro espelhado, o projeto busca refletir e celebrar o horizonte da cidade. 

O projeto tem conclusão prevista para 2020 e será aberto ao público em 2021.

Via MVRDV.

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "MVRDV projeta primeiro acervo museográfico acessível ao público do mundo em Roterdã" [World’s First Publicly Accessible Art Depot by MVRDV Tops Out in Rotterdam] 13 Set 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/924337/mvrdv-projeta-primeiro-acervo-museografico-acessivel-ao-publico-do-mundo-em-roterda> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.