Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Como conseguir um bom concreto aparente?

Como conseguir um bom concreto aparente?

Nossos parceiros da Melón compartilharam conosco um material interessante relacionado com execução, concretagem e posterior cuidado das paredes de concreto aparente.

Ao executar uma obra em concreto aparente, sua tonalidade e textura final não dependerão apenas do tipo de moldagem e desmoldante utilizado ou da qualidade da vibração, mas também do tempo de desmolde, a cura e toda a mão de obra envolvida. Para obter um resultado satisfatório é essencial realizar uma “amostra real” in loco antes de executar a concretagem, para observar o funcionamento dos materiais e os procedimentos a serem utilizados.

Para entender mais, revise o processo detalhado a seguir.

Cortesía de Melón Cortesía de Melón Cortesía de Melón Cortesía de Melón + 12

Paredes / Execução da Obra

Fôrmas

As fôrmas precisam ser trabalhadas como carpintarias finas, e devem ser transportadas, armazenadas e manipuladas com cuidado. Para acabamentos lisos, recomenda-se o uso de chapas fenólicas, geralmente fixadas em bastidores metálicos. Deve-se levar em conta o seguinte:

  • Fôrmas de Compensado com cobertura fenólica: a textura e a cor variam dependendo da gramatura das chapas. Recomenda-se a utilização de chapas de qualidade com gramatura superior a 250 grs / m² de revestimento fenólico.
  • Moldes Metálicos: Não se recomenda para paredes, pois são moldes projetados para terem muitos usos, o que os leva a criar imperfeições superficiais (oxidações) e pequenos amassados.

Isso não significa que moldes metálicos não possam ser usados, mas devem ser revestidos de modo que a superfície de metal não entre em contato com o concreto. Para acabamentos com tábuas de madeira, recomenda-se o uso de tábuas de pinho secas e escovadas. Isso permite uma baixa absorção de água da massa e maior hermetismo em sua união.

Cortesía de Melón
Cortesía de Melón

Considerações para fôrmas

  1. Lisos sem imperfeições ou amassados, pois isso acabará refletido na estrutura.
  2. Rígidos o suficiente para resistir a cargas e pressões exercidas pelo concreto (reforçar no terço inferior). Isso está intimamente relacionado à fluidez do concreto solicitado.
  3. Estanques para evitar a perda de argamassa que dará origem a defeitos superficiais. Na maioria dos casos, um buraco é feito em uma das placas e as moldagens são travadas de modo a ter intervalos para evitar a perda de argamassa devido a deformações do empuxo de concreto.
  4. As juntas devem ser seladas com silicone ou outro material para evitar rebarbas. Sempre tomando cuidado para que a face interna fique completamente lisa.
  5. Os moldes devem ser cuidadosamente limpos sem arranhar a superfície, já que isso será refletido na estrutura final.
  6. O número de utilizações não deve ser superior a 2 (uma em cada face), eque este parâmetro deve ser considerado na avaliação do custo por conceito de moldagem.
  7. Ao utilizar chapas fenólicas, recomenda-se a vedação das bordas para evitar a absorção de água das fibras da madeira, o que gera imperfeições superficiais. Geralmente são selados com tinta para piscinas.

Antes de concretar deve-se verificar:

  1. Prumo das estruturas
  2. Revestimentos e localização correta dos separadores de armaduras.
  3. Definir na obra um local específico para armazenar ou deixar as fôrmas e, assim, proteger a face da superfície que estará em contato com o concreto.

Desmoldante

  1. O agente desmoldante deve ser aplicado com uniformidade e precisão, pulverizando-o em quantidades muito controladas (de acordo com o fabricante). O excesso de desmoldante geralmente causa imperfeições superficiais e manchas.
  2. Sobre tábuas de madeira recomenda-se colocar pelo menos duas demãos de desmoldante e considerar os tempos indicados pelo fabricante antes de proceder à concretagem.
  3. Para moldagem em madeira, use agente de liberação para madeira e para fôrmas metálicas e / ou fenólicas, utilizar desmoldante para metal.

Cortesía de Melón
Cortesía de Melón

Lançamento do Concreto

  1. As jornadas de concretagem devem ser marcados logo na primeira hora da manhã, para aproveitar as condições climáticas favoráveis, do ponto de vista de temperatura e umidade. Deve-se dimensionar a equipe de acordo com o volume de concreto e o sistema de descarga, de modo a não exceder 1 hora a partir da chegada do caminhão.
  2. Lançar o concreto em camadas relativamente finas de não mais que 50 cm uniformes em toda a superfície a ser executada.
  3. As juntas frias só devem ser permitidas quando as juntas de trabalho planejadas forem alcançadas ou em juntas de concreto programadas, que podem ser disfarçadas com o uso de molduras ou cantarias.
  4. A água não deve ser incorporada ao concreto, pois mudaria o tom final. É importante notar que, quando uma camada foi aplicada com todas as precauções mencionadas acima e foi vibrada corretamente, a junta de concreto não se manifesta em sua aparência externa.

Cortesía de Melón
Cortesía de Melón

Compactação

  1. A vibração deve ser executada por pessoal capacitado. Como regra geral, o vibrador deve ser introduzido o mais rápido possível (o ideal é que tenha uma marca para detectar quando atingir a profundidade desejada) e deve ser removido lentamente tomando cuidado para não vibrar as ferragens.
  2. Assegurar uma boa sobreposição das áreas de influência do vibrador, que pode ser medida inserindo a garrafa em um carrinho de mão e verificando até onde vê-se afetada a mistura.
  3. O vibrador deve ser introduzido 15-20 cm de camada inferior.
  4. Vibrar intensamente nos cantos e em áreas altamente armadas.
  5. Utilizar vibradores de alta frequência de diâmetro de acordo com a estrutura a ser concretada.
  6. O vibrador deve ser mantido afastado da fôrma para evitar danos na superfície. Isto é ainda mais importante quando se usam placas fenólicas.

Desmolde

  1. A desmoldagem deve ser feita de acordo com as normas locais.
  2. A liberação será executada assim que o concreto atingir 120 kgf/cm2. (aproximadamente 3 dias).
  3. Recomenda-se que a desmoldagem seja feita no mesmo tempo e com os mesmos procedimentos em todas as paredes, para que não haja mudanças de cores.
  4. Após a remoção das fôrmas, a superfície arquitetônica deve ser protegida contra as obras que estão sendo realizadas. No caso de placas fenólicas serem usadas como moldagem, os reforços para proteger os elementos acabados devem ser feitos com a mesma superfície e considerando que a absorção de água do concreto para a chapa deve ser zero.

Cortesía de Melón
Cortesía de Melón

Cura

  1. A cura deve começar imediatamente após o lançamento do concreto.
  2. Devem ser seguidas as diretrizes dadas pelas normas vigentes. Ou seja, fornecer uma cura para o concreto desde o início de seu endurecimento e mantê-lo por um período mínimo de 7 dias.
  3. O método recomendado para a cura é colocar uma estopa saturada em contato com a superfície do concreto assim que os moldes forem removidos e mantê-la permanentemente úmida, de modo que, quando secarem, não lavem o concreto.
  4. Em nenhum caso durante o período de cura, o concreto deve sofrer cargas, impactos e vibrações, o que poderia danificar sua cura.
  5. O mesmo procedimento e duração devem ser executados em todas as estruturas para evitar alterações de tonalidade.

Com uma cura bem feita, as formações de fissura são minimizadas e a resistência e durabilidade do concreto são totalmente desenvolvidas.

Como o concreto exposto não admite reparos subsequentes, deve haver maior preocupação nas recomendações indicadas.

Se um concreto vai permanecer ao ar livre sem qualquer tipo de vedação ou proteção de superfície, recomenda-se usar concreto com uma proporção máxima de água e cimento de 0,50, conforme definido pelo padrão devido às condições de durabilidade das estruturas.

Tipos

Artépolis Visto

É um concreto especialmente projetado para ser exposto como acabamento final. Este produto vem pronto para uso e se adapta às especificações solicitadas, em particular o nível de resistência à compressão, o tamanho máximo dos agregados e a trabalhabilidade.

Artépolis Color

É uma coleção de concreto em uma ampla gama de tons, gerando superfícies coloridas e homogêneas. Este produto está pronto a usar e adapta-se às especificações solicitadas, em particular ao nível de resistência à compressão, o tamanho máximo dos agregados e a trabalhabilidade.

Cortesía de Melón
Cortesía de Melón
Cortesía de Melón
Cortesía de Melón

Sobre este autor
Cita: Materials. "Como conseguir um bom concreto aparente?" [¿Cómo lograr un buen hormigón arquitectónico?] 25 Jul 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/921749/como-conseguir-um-bom-concreto-aparente> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.