O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Software
  3. Conselhos básicos para começar a utilizar o BIM

Conselhos básicos para começar a utilizar o BIM

Conselhos básicos para começar a utilizar o BIM
Conselhos básicos para começar a utilizar o BIM , Cortesía de Academia BIM
Cortesía de Academia BIM

No momento de considerar a implementação de metodologias BIM (Building Information Modeling), como um profissional independente ou em uma empresa, deve-se levar em conta três aspectos fundamentais e igualmente importante: tecnologias, processos e pessoas. Abaixo, abordamos os pontos-chave em cada uma dessas áreas, para fornecer uma compreensão básica de como começar a utilizar o BIM.

Tecnologias

Que ferramentas de modelagem utilizar?

Ao implementar o BIM, é necessário ter em mente os requisitos de software e hardware que serão usados, pois o uso de tecnologias BIM expande o escopo dos serviços que podemos fornecer como arquitetos, uma vez que a transição do desenho CAD para a modelagem BIM é concluída.

Atualmente, duas ferramentas de modelagem conhecidas usadas no mercado são o Autodesk Revit e o ArchiCAD da Graphisoft. Cada um tem suas vantagens e desvantagens; e, em geral, ambos são capazes de desenvolver qualquer tipo de projeto que tenhamos que enfrentar. A consideração da ferramenta a ser usada também deve andar de mãos dadas com os demais atores dos projetos; Por isso, é necessário verificar quais outras ferramentas estarão envolvidas no processo projetual por outras áreas, como cálculo ou instalações.

Revit ou ArchiCAD?

Em relação ao software, é importante considerar o sistema operacional a ser usado, uma vez que o Revit atualmente é executado apenas em sistemas operacionais Windows; enquanto o ArchiCAD tem a opção de rodar no Windows e no MAC. Além disso, é aconselhável prestar atenção à versão do software, já que o Revit não possui compatibilidade bidirecional. Ou seja, o Revit 2018 não pode abrir um arquivo do Revit 2019, o que pode gerar contratempos se você estiver trabalhando com outros atores que tenham versões diferentes da sua.

Em termos de hardware, softwares de modelagem tendem a consumir muita memória RAM, então quanto mais você puder ter, melhor. Para conhecer os requisitos mínimos de hardware recomendados para cada um desses softwares, entre nos sites técnicos do Revit ou ArchiCAD.

Cortesía de Academia BIM
Cortesía de Academia BIM

Processos

Implementação gradual de BIM

O trabalho de implementação de tecnologias BIM para fluxos de trabalho e processos em arquitetura começa definindo os objetivos a serem atingidos com a implementação, uma vez que eles variam dependendo da empresa ou pessoa. Existem vários níveis de adoção e este é um processo gradual, por isso é necessário fazê-lo com calma e da forma mais ordenada possível, de preferência com a ajuda de um consultor ou profissional nesta área.

Uma vez definidos os objetivos da implementação, deve ser considerado o impacto na produtividade que a modificação dos processos terá. Isso geralmente considera tempos de treinamento e curvas de aprendizado de softwares.

Otimizar a 'curva de aprendizagem'

Uma das chaves para otimizar a curva de aprendizagem é realizar o processo de adoção ou implementação em um projeto 'beta', que deve estar alinhado com o perfil dos projetos desenvolvidos pelo profissional ou empresa. Seu objetivo é servir como ponto de partida para gerar conteúdo, fluxos e detectar pontos de melhoria antes de generalizar o uso da metodologia BIM nos demais projetos. Além disso, este projeto beta é geralmente um bom ponto de partida para gerar documentação interna de requisitos e padrões de modelagem a serem cumpridos na empresa.

Em conjunto, considerar esses aspectos tornará mais rápido o processo de migrar o desenvolvimento de projetos para metodologias BIM e reduzirá as dores de cabeça no momento da implementação.

Aprofunde este tópico através do seguinte artigo: Estratégias para implementar BIM em seu escritório

Cortesía de Academia BIM
Cortesía de Academia BIM

Pessoas

Que tipo de projetos projetamos e quem os desenvolverá?

Quer você queira usar o BIM do ponto de vista de um profissional independente ou de um escritório de arquitetura ou construção, o processo de adoção envolve entender quais tecnologias são tratadas e como elas afetam o processo de bem ou mal o desenvolvimento de projetos.

Neste ponto, é conveniente fazer a seguinte pergunta: que tipo de projetos desenvolvemos ou desenvolveremos? Dependendo do tipo de projeto, diferentes ferramentas e metodologias BIM serão usadas para realizar este trabalho.

Também é necessário considerar o perfil das pessoas que usarão a tecnologia. Por exemplo, o caminho de aprendizagem de um profissional que desenvolve projetos de arquitetura será diferente daquele de um profissional que gerencia ou revisa projetos arquitetônicos (inspetor de impostos ou representante do diretor). Nem todos os membros de uma equipe precisam aprender a usar as mesmas ferramentas ou com o mesmo grau de profundidade.

O caminho de aprendizado / treinamento está intimamente relacionado à ferramenta / tecnologia BIM que usaremos para desenvolver nossos projetos sob esta metodologia.

Também pode se interessar: Descarga plantillas de Revit con familias y configuraciones básicas

Cortesía de Academia BIM
Cortesía de Academia BIM

Este artigo foi desenvolvido pelos especialistas da Academia BIM. Se você quiser aprofundar ainda mais através de seus cursos presenciais e on-line, visite seu site oficial.

Sobre este autor
Cita: Zepeda, Ricardo. "Conselhos básicos para começar a utilizar o BIM " [Consejos básicos para comenzar a utilizar BIM en arquitectura] 02 Abr 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/914019/conselhos-basicos-para-comecar-a-utilizar-o-bim> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.