Schmidt Hammer Lassen projeta reforma e ampliação de biblioteca na Austrália

Schmidt Hammer Lassen projeta reforma e ampliação de biblioteca na Austrália

Oescritório de arquitetura Schmidt Hammer Lassen está desenvolvendo um projeto de reforma e ampliação que transformará a Biblioteca da Curtin University na Austrália. Desenvolvido em parceria com a equipe de arquitetos locais da Hames Sharley, o projeto liderado pelos dinamarqueses foi concebido para melhor acolher o crescente público da biblioteca além de dar mais fluidez e permeabilidade ao edificio, incorporar novos pátios abertos para qualificar a iluminação e ventilação dos seus espaços de trabalho e leitura. Os arquitetos defendem a ideia de uma "biblioteca viva", um espaço dinâmico e aberto à comunidade da maior universidade da Austrália Ocidental.

TL Robertson Library - projeto de reforma. Imagem cortesia de Schmidt Hammer Lassen
TL Robertson Library - projeto de reforma. Imagem cortesia de Schmidt Hammer Lassen

Ao longo dos seus 47 anos de história, a Biblioteca TL Robertson da Curtin University, em Perth, Austrália, recebe mais de um milhão de visitantes todos os anos. Este edifício de arquitetura brutalista foi construído e inaugurado em 1972. Originalmente concebido como um edifício fechado e protegido, a biblioteca foi especialmente projetada para abrigar os milhares de livros e demais ítens do acervo das adversas condições climáticas características de Perth. Com as novas tecnologias à disposição nos dias de hoje, uma nova abordagem é possível. O projeto de reforma transformará o antigo edifício da biblioteca em uma estrutura aberta e permeável, intimamente conectada com às áreas verdes do campus. Os novos espaços convidam a comunidade à entrar e participar do dia-a-dia da Universidade e da Biblioteca. A nova paleta de materiais e as grandes aberturas horizontais transformarão por completo a imagem daquele edifício massivo e fechado, proporcionando leveza e fluidez à sua arquitetura.

TL Robertson Library - projeto de reforma
TL Robertson Library - projeto de reforma

Morten Schmidt, sócio e fundador da Schmidt Hammer Lassen, disse que "o projeto da nova Biblioteca TL Robertson seguiu três princípios básicos de design: permeabilidade, acessibilidade e conforto ambiental. A ampliação procura complementar e qualificar as virtudes do projeto original do edifício incorporando de intervenções arquitetônicas contemporâneas e ousadas tanto em sua materialidade quanto formalidade, destacando-se através do contraste.”

Um dos principais objetivos do projeto era potencializar e qualificar a relação do edifício com o espaço público do campus. A grande área verde junto a fachada sul do edifício, o Henderson Court, passará a integrar os espaços internos da biblioteca uma vez que todas as antigas barreiras físicas serão removidas, criando ainda um novo acesso público para quem chega ao campus vindo do sul. Dentro da biblioteca, a abertura de um novo átrio aberto criará uma forte conexão entre o térreo e os pavimentos superiores, aproximando-os da natureza que um dia os foi negada. Um novo espaço para a realização de eventos e atividades educativas estará lado à lado com uma grande e lúdica escadaria que passará a acolher reuniões e encontros informais com bastante frequência.

No ano em que a Biblioteca TL Robertson deverá celebrar seu 50º aniversário, daqui a três anos, o projeto finalmente deverá estar concluído e pronto para reabrir as suas portas.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Schmidt Hammer Lassen projeta reforma e ampliação de biblioteca na Austrália" [Schmidt Hammer Lassen to Transform Curtin University Library in Australia] 10 Mar 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/912690/schmidt-hammer-lassen-projeta-reforma-e-ampliacao-de-biblioteca-na-australia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.