Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Vidros: glossário de termos técnicos para arquitetos

Vidros: glossário de termos técnicos para arquitetos

Vidros: glossário de termos técnicos para arquitetos
Colegio Lusitania Paz de Colombia / Camilo Avellaneda. Image © Carlos Alfonso Avellaneda
Colegio Lusitania Paz de Colombia / Camilo Avellaneda. Image © Carlos Alfonso Avellaneda

Nosso parceiro Vidrio Andino compartilhou conosco informações valiosas relacionadas ao mundo do vidro, o que pode nos ajudar a entender melhor como o material funciona e nos orienta na escolha do vidro certo para o nosso projeto de arquitetura.

De A a Z, verifique abaixo por que devemos evitar o choque térmico, o que é o fator solar ou exatamente o que queremos dizer quando falamos de vidro temperado.

Parroquia San Norberto / Carlos Campuzano Castelló. Image © Jorge Gamboa Hotel Click Clack / Plan:b arquitectos. Image © Andrés Valbuena Parque Biblioteca España / Giancarlo Mazzanti. Image © Diana Moreno Pabellón Desconectado / Plan:b arquitectos. Image © Sergio Gómez + 23

Absorção de energia (AE)

Percentagem de energia absorvida pelo vidro, que produz o seu aquecimento. Permite determinar o risco de quebra por choque térmico e avaliar a necessidade de temperar o vidro.

Edificio Central Point Bogotá / Gustavo Perry Arquitectos. Image © Luis Felipe Fonseca
Edificio Central Point Bogotá / Gustavo Perry Arquitectos. Image © Luis Felipe Fonseca

Coeficiente de sombra

Coeficiente usado para medir o desempenho térmico de um vidro, indicando quão bem isolado (e sombreado) o interior é quando o painel ou a janela está exposto à luz solar direta. O coeficiente de sombra é obtido pela divisão do fator solar g 0,87 e é expresso como um número entre 0 e 1. Por exemplo, no caso de um vidro transparente de 3 mm de espessura, o coeficiente de sombra é igual a 1. Quanto menor o coeficiente de sombra de uma janela, menor o calor solar que ela transmite e maior sua capacidade de sombreamento.

Coeficiente de Sombra. Image © José Tomás Franco
Coeficiente de Sombra. Image © José Tomás Franco
Edificio Buró 26. Image © LlanoFotografia
Edificio Buró 26. Image © LlanoFotografia

Camada pirolítica

Camada obtida por pulverização de uma série de compostos metálicos a alta temperatura no vidro para dar-lhe propriedades energeticamente eficientes.

Revestimento a vácuo (ou tampa magnetron)

Camada depositada no vidro pela projeção de metais ou compostos metálicos em uma câmara de vácuo.

Choque térmico

É uma diferença significativa na temperatura entre duas áreas perto de um vidro, o que pode causar sua quebra. O uso de vidro temperado ou termoestável reduz esse risco.

Rotura. Image © José Tomás Franco
Rotura. Image © José Tomás Franco

Ofuscamento

Diminuição temporária da visão devido à intensidade da luz que passa através do vidro, direta ou indiretamente. Pode ser evitado de acordo com a escolha do vidro ou usando telas solares, filmes de proteção ou outros filtros.

Edificio Cámara de Comercio Sede Chapinero / Daniel Bonilla Arquitectos. Image © Sergio Gómez
Edificio Cámara de Comercio Sede Chapinero / Daniel Bonilla Arquitectos. Image © Sergio Gómez

Emissividade

A quantidade de radiação térmica (ou calor) emitida por uma superfície. Quanto mais baixa a emissividade de um vidro (low-e), menor a sua transmitância térmica e, portanto, maior sua capacidade de manter o calor dentro do espaço.

Sección Típica Explotada. Edificio Cámara de Comercio Sede Chapinero / Daniel Bonilla Arquitectos
Sección Típica Explotada. Edificio Cámara de Comercio Sede Chapinero / Daniel Bonilla Arquitectos

Fator Solar G

Fração da radiação solar incidente que entra em um lugar e é transmitida através do vidro (reedição + energia de transmissão do vidro ao local). É uma característica essencial da cobertura de vidro com controle solar.

Corte Incidencia Vitral. Parroquia San Norberto / Carlos Campuzano Castelló
Corte Incidencia Vitral. Parroquia San Norberto / Carlos Campuzano Castelló

Índice de redução do som

Este índice indica as características acústicas de uma parede; a diferença entre o nível de som que é sentido em cada parede lateral para um espectro de ruído padrão (por exemplo, ruído de tráfego).

Hotel Click Clack / Plan:b arquitectos. Image © Andrés Valbuena
Hotel Click Clack / Plan:b arquitectos. Image © Andrés Valbuena

Magnetrón

Processo offline para a deposição de uma camada de controle solar no vidro.

Pirólise

Processo on-line no qual uma camada de controle solar é adicionada ao vidro no final de seu processo de fabricação.

PVB (butiral de polivinil)

Plástico de alta resistência utilizado para unir dois vidros, conferindo-lhes propriedades de segurança, atenuação do ruído e ajudando a minimizar a passagem dos raios UV.

PVB (Butiral de Polivinilo). Image © José Tomás Franco
PVB (Butiral de Polivinilo). Image © José Tomás Franco

Reflexão energética (Re)

Porcentagem de energia, proveniente de toda a radiação solar refletida pelo cristal.

Hotel Click Clack / Plan:b arquitectos. Image © Andrés Valbuena
Hotel Click Clack / Plan:b arquitectos. Image © Andrés Valbuena

Reflexão luminosa (Rl)

Porcentagem de luz visível, proveniente da radiação solar refletida pelo vidro.

SECURIT (temperado)

Vidro reforçado por tratamento térmico.

Detalle Marquesinas. Centro Deportivo Universidad de los Andes / MGP Arquitectura y Urbanismo
Detalle Marquesinas. Centro Deportivo Universidad de los Andes / MGP Arquitectura y Urbanismo

Transmissão luminosa Tl

Porcentagem do fluxo luminoso transmitido diretamente pelo vidro.

Pabellón Desconectado / Plan:b arquitectos. Image © Sergio Gómez
Pabellón Desconectado / Plan:b arquitectos. Image © Sergio Gómez

Transmissão UV

Percentagem de raios UV (ultravioleta) transmitidos diretamente através do vidro.

Transmissão de energia Te

Porcentagem do fluxo de energia solar transmitida diretamente pelo vidro.

Parroquia San Norberto / Carlos Campuzano Castelló. Image © Jorge Gamboa
Parroquia San Norberto / Carlos Campuzano Castelló. Image © Jorge Gamboa

Valor U (antigo valor k)

O valor U é o fluxo de calor através de uma parede quando se considera uma superfície de 1 m2. É a característica que define as características de isolamento térmico de vidros duplos. Veja como calculá-lo aqui.

Valor U. Image © José Tomás Franco
Valor U. Image © José Tomás Franco

Vidro float

Vidro obtido através de "flotação" (onde o vidro fundido "flutua" sobre um banho de estanho fundido).

Vidro termicamente temperado

Vidro submetido a tratamento térmico em forno de endurecimento. Este processo melhora consideravelmente sua resistência mecânica e sua resistência ao choque térmico. Sua fragmentação específica permite este aspecto do vidro como um produto de segurança em inúmeras aplicações.

Edificio Torre Sancho. Image © LlanoFotografia
Edificio Torre Sancho. Image © LlanoFotografia

Vidro impresso

Vidro plano translúcido, obtido rolando entre dois rolos, nos quais um padrão de relevo é impresso em um ou ambos os lados.

Hotel Click Clack / Plan:b arquitectos. Image © Andrés Valbuena
Hotel Click Clack / Plan:b arquitectos. Image © Andrés Valbuena
Sobre este autor
Cita: Materials. "Vidros: glossário de termos técnicos para arquitetos" [Vidrio: glosario de términos para arquitectos] 21 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/909825/vidros-glossario-de-termos-tecnicos-para-arquitetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.