Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Arquitetos holandeses criam arranha céu com hortas em todos os pavimentos

Arquitetos holandeses criam arranha céu com hortas em todos os pavimentos

Uma equipe de estúdios de arquitetura holandeses venceu o concurso por um novo arranha-céu ao lado da estação Leidsche Rijn, em Utrecht. Architekten Cie, Karres en Brands, KCAP e Geurst & Schulze se uniram para criar um desenvolvimento de três torres com mais de 1.000 residências. Combinando habitações sociais com apartamentos de média a alta renda, o projeto entrelaça espaços coletivos em torno da vida urbana sustentável. Redefinindo o desenho de arranha-céus, a vila vertical tem como objetivo levar as paisagens de Utrecht aos céus.

MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Karres en Brands, Studio A2 MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Studio A2 MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Karres en Brands, Studio A2 MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Studio A2 + 11

MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Karres en Brands, Studio A2
MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Karres en Brands, Studio A2

Chamada de MARK, a nova vila vertical foi projetada para fornecer uma comunidade acessível, social e inclusiva, ao mesmo tempo em que integra novos conceitos de mobilidade. O projeto irá, entre outras estratégias, fornecer uma frota de 100 carros compartilhados para os futuros habitantes. Feito com uma floresta urbana em seu núcleo e agricultura urbana em todos os níveis, o projeto pretende promover uma vida urbana saudável. Com base na história agrícola de Leidsche Rijn, o plano da vila foi criado com um sistema de produção agrícola para fornecer a todos os moradores vegetais e frutas locais.

MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Karres en Brands, Studio A2
MARK Vertical Village. Image Courtesy of de Architekten Cie. Karres en Brands, Studio A2

MARK consiste em três torres, cada uma com uma "coroa" iluminada que se refere à história de Leidsche Rijn como uma área de horticultura. As copas e os telhados inferiores funcionam como estufas de horticultura, nas quais o futuro da produção de alimentos é perfeitamente integrado ao cotidiano dos habitantes. O projeto também incluirá inúmeros espaços comunitários, como restaurantes na cobertura, piscina, academia, lavanderia e cozinha comuns, além de quartos compartilhados para visitantes, áreas de trabalho flexíveis e espaços para artistas.

Um novo laboratório de arranha-céus será montado e os moradores de Leidsche Rijn serão desafiados a participar de várias partes do empreendimento. A conclusão do projeto está prevista para 2023.

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Arquitetos holandeses criam arranha céu com hortas em todos os pavimentos" [Dutch Designers Create a New Vertical Village for the Netherlands] 10 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/909247/arquitetos-holandeses-criam-arranha-ceu-com-hortas-em-todos-os-pavimentos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.