Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Primeiro lugar no concurso para o Parque Rumipamba em Pasto, Colômbia

Primeiro lugar no concurso para o Parque Rumipamba em Pasto, Colômbia

O escritório colombiano Taller Alterno em conjunto com Laura Flórez e Alexander Jiménez foram os vencedores do concurso ao Parque Rumipamba em Pasto, na Colômbia. Neste concurso, patrocinado pela Prefeitura de Pasto e a Sociedade Colombiana de Arquitetos Regional Nariño, a proposta "Rumipamba | Parque Botânico" foi premiada com o primeiro lugar, propondo um oásis verde no meio da capital de Nariño, para contribuir de forma positiva com o meio ambiente e oferecer um local de relaxamento aos cidadãos.

Germán Tamayo, um dos autores responsáveis pelo projeto, disse ao Diario del Sur: "Esta é uma proposta sóbria, com materiais simples e sustentáveis, onde queríamos relembrar o tema topográfico da cidade e trazê-lo ao parque, então propusemos espaços de convivência, ao encontro, para a realização de pequenos eventos e atividades de encontros".

Perspectiva fuente y volcán galeras. Image Cortesía de Taller Alterno
Perspectiva fuente y volcán galeras. Image Cortesía de Taller Alterno

Memorial oficial:  O projeto ao Parque Botânico Rumipamba está inscrito em três eixos principais: sustentabilidade do meio ambiente, promoção cultural e turística, e articulação urbana a partir de suas relações de espaço público e patrimônio. O parque é configurado na ideia de criar um oásis natural em meio ao tecido urbano já consolidado do centro histórico de Pasto.

Este grande espaço verde repleto de árvores e plantas nativas inserido na cidade, contém salas para recreação passiva que permitem a ocorrência diária, vinculada ao bairro e ao local, mas ao mesmo tempo inclui espaços de apoio urbano para o desenvolvimento de atividades próprias da cidade, como congregações e eventos urbanos.

Propõe-se um parque essencialmente verde em sintonia com a necessidade latente da cidade por áreas naturais para a apropriação e desfrute dos cidadãos. Para tanto, a mimésis (imitação da natureza que, na estética e na poética, é o núcleo da arte) torna-se elemento de relação com o território em que o parque está localizado, evocando elementos da própria memória do parque e maximizando a riqueza histórica, arquitetônica e cultural do meio ambiente local.

Um oásis no meio do tecido urbano

Perspectiva Occidente - Oriente. Image Cortesía de Taller Alterno
Perspectiva Occidente - Oriente. Image Cortesía de Taller Alterno

O reconhecimento do Parque Rumipamba como espaço urbano fundador da cidade de Pasto confere à proposta um profundo respeito pelos elementos históricos que nela se encontram, como a Igreja de San Andrés, o Colégio das Carmelitas e a Prefeitura de Pasto, bem como uma visão prospectiva em relação à criação de novos elementos dentro dela que projetem a cidade no futuro, articulando espaços de memória e planejamento urbano.

A particular topografia da cidade de Pasto se torna um elemento inspirador para o parque. Nesse sentido, áreas de encostas e depressões são complementadas pela criação de diferentes visuais e rotas. A vegetação surge excepcionalmente na área delimitada e nas áreas abertas próximas aos prédios patrimoniais, liberando suas fachadas e valorizando suas características arquitetônicas.

Perspectiva Oriente - Occidente. Image Cortesía de Taller Alterno
Perspectiva Oriente - Occidente. Image Cortesía de Taller Alterno

Reforçando seu caráter botânico, o parque contempla áreas permeáveis que facilitam a disposição sustentável da água da chuva e seu retorno ao processo de solo hídrico ecossistêmico. Grande parte das áreas verdes formam topografias abaixo do nível geral do parque, criando jardins de chuva. Plantas adaptadas a inundações temporárias permitem o tratamento ambiental da água da chuva e a absorção de poluentes.

Parque Fundacional

Perspectiva senderos elevados. Image Cortesía de Taller Alterno
Perspectiva senderos elevados. Image Cortesía de Taller Alterno

Dentro da proposta urbana destaca-se o respeito pela arquitetura e história local. A conservação do átrio da Igreja de San Andrés é proposta, incluindo o uso da atual e tradicional pedra de cantaria, o que confere um caráter diferencial a esta parte do projeto, que reconhece a preponderância deste edifício.

Complementando o projeto, uma fonte de água, um teatro e uma passarela elevada estão interligados como novos pontos de interesse no parque, favorecendo a sua apropriação para eventos culturais e de lazer dos cidadãos.

Convocatória: Concurso Parque Rumipamba
Prêmio: Primeiro lugar
Autores: Taller Alterno + Laura Flórez + Alexander Jiménez
Escritórios: Taller Alterno + Laura Flórez + Alexander Jiménez
Arquitetos Responsáveis: Germán Tamayo Osorio, Laura Flórez, Alexander Jiménez.
Colaboradores: Juan José Ochoa, Camilo Rivera, Alejandra Morales, Catherine Vélez, John Fredy Vásquez, Miguel Ángel Galvis, Narayana Salamanca
Localização: Pasto, Nariño, Colômbia.
Área construída: 9.100 metros quadrados

Planta general. Image Cortesía de Taller Alterno
Planta general. Image Cortesía de Taller Alterno
Planta urbana. Image Cortesía de Taller Alterno
Planta urbana. Image Cortesía de Taller Alterno
Secciones/cortes. Image Cortesía de Taller Alterno
Secciones/cortes. Image Cortesía de Taller Alterno

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Alvarez, Stefania. "Primeiro lugar no concurso para o Parque Rumipamba em Pasto, Colômbia" [Taller Alterno + Laura Flórez + Alexander Jiménez, primer lugar en diseño del Parque Rumipamba en Pasto, Colombia] 11 Dez 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Pereira, Matheus) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/907308/primeiro-lugar-no-concurso-para-o-parque-rumipamba-em-pasto-colombia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.