O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Matheus Pereira

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Como funcionam as Conchas Acústicas

12:00 - 16 Fevereiro, 2018
Como funcionam as Conchas Acústicas, © Matheus Pereira
© Matheus Pereira

Conchas acústicas são elementos icônicos em alguns espaços públicos do Brasil e do mundo. Mas além de uma forma curiosa, seu funcionamento é altamente interessante. Inspirando-se no desenho do ouvido humano, as ondas sonoras produzidas dentro delas são organizadas através de sua forma, tornando-se mais vívidas e fortes para o público à sua frente.

8 Projetos de intervenção destinados à cultura em importantes e históricos edifícios

12:00 - 13 Fevereiro, 2018
8 Projetos de intervenção destinados à cultura em importantes e históricos edifícios, Pinacoteca do Estado de São Paulo / Paulo Mendes da Rocha, Eduardo Colonelli e Weliton Ricoy Torres. Image © Nelson Kon
Pinacoteca do Estado de São Paulo / Paulo Mendes da Rocha, Eduardo Colonelli e Weliton Ricoy Torres. Image © Nelson Kon

É sempre muito delicado intervir em edificações históricas. Na arquitetura, seja por operações de restauro ou de requalificação espacial, projetos de intervenção são muitas vezes necessários para dar uma “vida nova” a edificações abandonadas ou descaracterizadas, alterando ou qualificando seu uso.

Junto ao desafio de preservar as construções já existentes, tentando não modificar bruscamente o desenho original das mesmas, há ainda o desafio por implantar edifícios ou elementos anexo capazes de atender as necessidades intrínsecas de cada caso, de forma a não “ferir” e/ou descaracterizar as edificações originais.

Clássicos da Arquitetura: Edifício Esther / Álvaro Vital Brasil e Adhemar Marinho

12:00 - 1 Fevereiro, 2018
Clássicos da Arquitetura: Edifício Esther / Álvaro Vital Brasil e Adhemar Marinho, via Foto divulgação_via Arquivo.arq
via Foto divulgação_via Arquivo.arq

Com o exponencial crescimento populacional paulistano na década de 1930 e o incentivo do mercado privado da construção civil, uma série de arquitetos foram convidados a projetarem edifícios com usos variados no centro da cidade. Álvaro Vital Brasil e Adhemar Marinho foram os responsáveis pela concepção do Edifício Esther, ícone na primeira fase de verticalização da Praça da República. [1]

Em 1933, quando a cidade ultrapassou a marca de um milhão de habitantes, um considerável número de edifícios verticais passaram a ser construídos. [2] Em decorrência da expansão demográfica urbana e verticalização em massa entre os anos 30 e 40, o elevado preço dos aluguéis e valorização da terra na região do centro expandido marcaram transformações no quadro residencial e urbano. [3]

A arquitetura de Torres e Antenas de rádio e TV

12:00 - 26 Janeiro, 2018
A arquitetura de Torres e Antenas de rádio e TV, Torre de Collserola / Foster+Partners <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Torre_de_Collserola#/media/File:Torre_de_Collserola_-_001.jpg'>© Mutari via Flickr </a> Licença Public Domain
Torre de Collserola / Foster+Partners © Mutari via Flickr Licença Public Domain

Para uma melhor e mais ampla propagação das frequências de TV e rádio, é imprescindível que as antenas localizem-se em um local estratégico e, acima de tudo, alto. Quando não há uma topografia favorável para a implantação das mesmas, a construção de torres e mastros para a radio-difusão torna-se imprescindível. Mas, mais do que cumprir uma importante função, elas representam marcos visuais, e são uma incrível oportunidade de transformar uma infraestrutura urbana em uma peça de estética única. Alguns exímios profissionais da arquitetura junto a suas equipes puderam desenvolver projetos destinados a torres de rádio e TVs, conferindo o alto rigor estrutural junto à inventividade plástica do desenho assumido pela solução adotada. Selecionamos uma breve coletânea de projetos de torres transmissivas televisivas e de rádios. Confira a seguir:

Estruturas Tensegrity: o que são e o que esperar delas

12:00 - 23 Janeiro, 2018
Estruturas Tensegrity: o que são e o que esperar delas, Buckminster Fuller <a href='https://www.flickr.com/photos/poetarchitecture/26806590126/in/photolist-GQNMjo-hESW2z-GMT4BP-ejcfv3-criycW-r4RXrm-qixJV2-3ZnJR-3ZnKg-5mMEfE-5mHpSD-5mMEDd-VR9y-VR7Y-VR9e-VR7D-VR8M-8y9tDo-8y6sNX-qnhPRv-sSPR3B-ta1L5A-sSFpTo-t7XFvh-t7Xf6u-t7WDZd-t7W8aY-sSFCyf-t7WNX3-sdgce7-sSGbAS-sSEAJd-sSH5eG-t7WeNY-sdsw7p-sdrtJa-t7WvQs-ta2Hj3-taiBsF-tagNuP-sSPTcM-t7WCsq-ta1wys-sSNNhP-ta2Tpo-sSFMmJ-sSPk8M-sdrEH4-ta2Jc5-sSHcrN'>©POET ARCHITECTURE via Flickr </a> Licença Public Domain Mark 1.0
Buckminster Fuller ©POET ARCHITECTURE via Flickr Licença Public Domain Mark 1.0

Buckminster Fuller, por meio de sua extensa pesquisa, invenções e experimentações estruturais, cunhou o termo Tensegrity. Ele diz respeito às “estruturas autotensionadas compostas por estruturas rígidas e cabos, com forças de tração e compressão, que formam um todo integrado” [1]. Em outras palavras, a tensegridade é a propriedade presente por um sistema que se apropria de cabos (tração) e da rigidez de outros elementos (normalmente em aço, madeira ou bambu) capazes de agirem sob os esforços intrínsecos (tração e compressão) conjuntamente e simultaneamente, propiciando maior resistência e estabilidade formal. Trabalham como estruturas biológicas, a exemplo de músculos e ossos, interligados, onde um fortalece o outro.

Subterrâneos que resguardam parte da história de São Paulo

12:00 - 18 Janeiro, 2018
<a href='https://www.flickr.com/photos/asreis/4773267060/in/photolist-6vuBG7-56Kkzm-8gNeZW-8gJRRx-8gJSGg-DMwXH-8gNcRS-8gJMBR-8gNeny-8gNajN-8gJHhB-8gMY65-8gJYN6-56KjqQ-8gJQxk-8gJUsz-8gJWve-8gNb8w-8gMZEG-8gJLHv-56Fdi4-8gJJUv-8gJG7n-8gJNun-8gMXTf-xX7Fjx-8gJPcc-8gJEiB-7H9ss2-8gMWRm-56FfsB-7nqFz7-7H9sA8-xJQFfC-7H9Rvc-7HdnHq-6weCNA-DMwXU-8gJVbk-DMwXZ-6warsg-6weDcS-8gJKQa-hZ6fBa-8gJRbe-hhhY4R-56Kx19-xr3Ska'>© Andreia Reis via Flickr </a> Licença CC BY 2.0. Image Túnel Casa das Caldeiras
© Andreia Reis via Flickr Licença CC BY 2.0. Image Túnel Casa das Caldeiras

São Paulo, megalópole que ultrapassa os 12 milhões de habitantes, apesar do frenético ambiente de quem transita diariamente pela cidade no intenso "vai e vem", esconde muitos mistérios aos olhos de quem passa por seu solo.

Diferentemente do artigo guia de mirantes para conhecer São Paulo do alto, agora apresentamos uma seleção de locais subterrâneos desconhecidos pela maior parte do público e que resguardam parte da história da cidade. Teatros, aquário, estação de metrô não concluída, instituições artísticas e culturais são alguns dos quase secretos espaços. Confira nossa seleção a seguir:

Ventilação cruzada? Efeito chaminé? Entenda alguns conceitos de ventilação natural

18:00 - 4 Janeiro, 2018
Hospital Sarah Kubitschek Salvador / João Filgueiras Lima. Image © Nelson Kon
Hospital Sarah Kubitschek Salvador / João Filgueiras Lima. Image © Nelson Kon

Nada mais racional que utilizar o vento, um recurso natural, gratuito, renovável e saudável, para melhorar o conforto térmico de nossos projetos. A consciência da finitude dos recursos e a demanda pela redução no consumo energético tem retirado o protagonismo dos sistemas de ar condicionado, fazendo com que arquitetos e engenheiros voltem-se ao sistemas passivos para melhoria do conforto térmico nos interiores. É evidente que há climas extremos em que não há escapatórias, senão o uso de sistemas artificiais, mas em grande parte da superfície terrestre é possível proporcionar um fluxo de ar agradável através dos ambientes por meio de sistemas passivos, principalmente se as ações forem consideradas durante a etapa de projeto. 

O tema é altamente complexo e abrangente, mas abordaremos sinteticamente alguns conceitos, exemplificando-os com projetos construídos. Uma série de sistemas de ventilação pode auxiliar nos projetos: ventilação natural cruzada, ventilação natural induzida, efeito chaminé e resfriamento evaporativo, que combinados à correta utilização de elementos construtivos possibilita melhoria no conforto térmico e diminuição no consumo de energia. 

Estruturas tensionadas: Racionalidade e leveza

12:00 - 1 Janeiro, 2018
Estruturas tensionadas: Racionalidade e leveza, <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Munich_-_Frei_Otto_Tensed_structures_-_5244.jpg'>© Jorge Royan via Wikimedia </a> Licença CC BY-SA 3.0. ImageEstádio Olímpico de Munique / Gunther Behnisch
© Jorge Royan via Wikimedia Licença CC BY-SA 3.0. ImageEstádio Olímpico de Munique / Gunther Behnisch

Historicamente inspirada pelos primeiros abrigos concebidos pelo Homem – as tendas, a exemplo das black tents, desenvolvidas utilizando couro de camelo pelos nômades do deserto do Saara, Arábia Saudita e Irã, e ainda, as barracas das tribos nativas americanas, pela possibilidade de transporte, as estruturas tensionadas oferecem uma gama de pontos positivos se comparadas a outros modelos estruturais.

Tensoestrutura é o termo usualmente empregado às estruturas que utilizam membranas trabalhando junto a cabos de aço na construção de coberturas, cujas principais características detêm-se na trabalhabilidade dos esforços de tração, pré-fabricação, grandes vãos e maleabilidade formal. Este tipo estrutural permite menor quantidade material, graças à utilização de lonas com espessuras delgadas, que quando esticadas por meio da utilização de cabos de aço, criam superfícies capazes de vencer os esforços dominantes – tração, que pela leveza e espessura, não trabalham os esforços de flexão e compressão.

Em Foco: Oscar Niemeyer

06:30 - 15 Dezembro, 2017
Cortesia de Fundação Oscar Niemeyer
Cortesia de Fundação Oscar Niemeyer

Hoje, 15 de dezembro, Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho, ou simplesmente Oscar Niemeyer, completaria 110 anos. Símbolo máximo da expressividade e produção da arquitetura moderna brasileira, o arquiteto nascido na cidade do Rio de Janeiro – Terra em que poetizou as curvas encontradas na natureza à origem de muitos de seus trabalhos plásticos, é responsável por uma vasta e variada produção entre tipologias, escalas, e territórios, cuidadosamente organizada através da Fundação que leva seu nome, definida como “centro de estudos voltado para a reflexão e a difusão da cultura brasileira e da arquitetura a partir da obra de Oscar Niemeyer”.

Lina Bo Bardi: poesia material e imaterial

12:00 - 5 Dezembro, 2017
Lina Bo Bardi: poesia material e imaterial, Fachada - Casa Valéria Cirell. Image © Instituto Lina Bo e P.M. Bardi.
Fachada - Casa Valéria Cirell. Image © Instituto Lina Bo e P.M. Bardi.

Apesar de nascida na capital italiana, Lina Bo Bardi tornou-se uma das figuras mais importantes a sintetizar a cultura brasileira ao mundo e ao próprio país, unindo arquitetura, política e cultura popular. Seu perfil inquieto e sua ânsia à quebra de tradicionalismos fez do Brasil o território ideal à aplicação de seus ideais.

Entre os elementos arquitetônicos que Lina trabalhou ao longo de sua obra, a qualidade material e cultural é fundida na busca pela integral poesia dos espaços. Para além dos elementos concretos e solidificados, a arquiteta buscou o desenvolvimento de um trabalho pautado pela presença dos elementos culturais e uma intensa discussão política, idealizando uma arquitetura pautada pelo rompimento de barreiras entre o erudito e o popular.

Como os drones têm contribuído à Arquitetura

12:00 - 1 Dezembro, 2017
Como os drones têm contribuído à Arquitetura, Brasília | Escala monumental. Image © Joana França
Brasília | Escala monumental. Image © Joana França

Entre os aparatos tecnológicos aliados à arquitetura, o drone – aparelho eletrônico aéreo não tripulado e controlado por controle remoto via rádio, é um dos instrumentos que vem ganhando destaque nos últimos anos. Sua utilização concentra-se em dois campos: captação de imagens e de dados.

Guia de 21 mirantes para conhecer São Paulo do alto

12:00 - 28 Novembro, 2017
Guia de 21 mirantes para conhecer São Paulo do alto, Vista a partir do Edifício Copan. Image © Talita Broering
Vista a partir do Edifício Copan. Image © Talita Broering

Quando analisada do alto, a paisagem de São Paulo é uma enorme aglomeração urbana, com sua topografia, suas áreas verdes, seus bairros verticalizados e seu tecido urbano. Revela também todas suas camadas históricas sobrepostas, com edifícios centenários convivendo com espigões com poucas qualidades arquitetônicas. Museus e parques, shoppings centers e condomínios. E é justamente toda sua aparente desordem e heterogeneidade o que a torna uma cidade tão única. 

Para aqueles interessados em conhecer a metrópole de um novo ponto de vista e também, parte de sua história, apresentamos a seguir um roteiro de mirantes e observatórios:

Mobiliários projetados por arquitetos portugueses

12:00 - 16 Novembro, 2017
Mobiliários projetados por arquitetos portugueses, Cadeira multifuncional Suanni_Pedro Quintela. Image Cortesia de Pedro Quintela Studio
Cadeira multifuncional Suanni_Pedro Quintela. Image Cortesia de Pedro Quintela Studio

Com desenho minimalista, formas puras e um refinado arranjo, a arquitetura moderna portuguesa consagrou-se pela harmonia entre tradição e inventividade. Não diferente, o design concebido pelos arquitetos portugueses têm buscado refletir as questões que incubem a maior escala à menor – o mobiliário.

Quinta da Malagueira, de Álvaro Siza, pelas lentes de Fernando Guerra

12:00 - 15 Novembro, 2017
Quinta da Malagueira, de Álvaro Siza, pelas lentes de Fernando Guerra, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

Em continuação à série de publicações com ensaios de obras icônicas registradas por Fernando Guerra, hoje apresentamos fotografias da Quinta da Malagueira, obra do arquiteto português Álvaro Siza Vieira.

A curiosa história dos pisos de caquinhos de cerâmica

12:00 - 14 Novembro, 2017
A curiosa história dos pisos de caquinhos de cerâmica, Marília / Super Limão Studio. Image © Maira Acayaba
Marília / Super Limão Studio. Image © Maira Acayaba

O piso de caquinhos, utilizado a partir da década de 1940 nas tradicionais casas brasileiras é considerado um legado à história paulistana. Mas, você conhece a história por trás dessa pavimentação?

Entre as décadas de 1940 e 1950, com o crescimento financeiro e desenvolvimento industrial, o polo cerâmico consolidava-se na cidade de São Paulo. Entre as indústrias, a Cerâmica São Caetano, localizada na cidade de mesmo nome da região do Grande ABC Paulista, destacava-se. Com cerca de três mil funcionários e um extenso perímetro – que hoje se transformou em um bairro autossuficiente, a fábrica produzia peças cerâmicas tingidas na cor vermelha, com placas quadradas nas dimensões de 20x20 centímetros – que era a mais popular e com menor preço. Além disso, eram produzidas peças nas cores pretas e amarelas, com preço mais elevado.

Coworking: Espaços de trabalho compartilhados

12:00 - 1 Novembro, 2017

Já pensou em trabalhar em uma configuração de espaço de trabalho colaborativo? Mais criativo e menos monótono? Livre do rigor dos ambientes corporativos? Se respondeu sim às perguntas anteriores, o conceito de Coworking pode funcionar bem para você.

Criado em 2005, pelo programador americano Brad Neuberg, o conceito institui um sistema em que o espaço é partilhado por um grupo de profissionais com uma gama de estruturas básicas necessárias a startups e autônomos que não podem arcar com os altos custos na abertura de um escritório independente pela instabilidade financeira, mas que não abrem mão do espaço de escritório.

Mobiliários projetados por arquitetos brasileiros

12:00 - 24 Outubro, 2017
Mobiliários projetados por arquitetos brasileiros, Poltrona Bowl_Lina Bo Bardi. Image © Nelson Kon
Poltrona Bowl_Lina Bo Bardi. Image © Nelson Kon

A frente de trabalho de um arquiteto é quase sempre marcada pelo insaciável desejo por desenhar tudo, da maior à menor escala na tentativa de assumir o controle integral do projeto. Como dizia Mies Van Der Rohe, “Deus está nos detalhes”. E, para uma extensa lista de arquitetos, conceber o mobiliário especialmente à composição de suas obras, tornou-se fundamental.

Ao longo da história da Arquitetura brasileira, especialmente desde o Modernismo, arquitetos destacaram-se não apenas no desenho de residências e edifícios, mas também, pelos minuciosos projetos de mobiliários. Muitos nasceram para compor projetos específicos e posteriormente, pela notoriedade assumida, passaram a ser produzidos em série pela indústria.

Cadeira Isa d’aprés siza_Marcenaria Baraúna. Image Cortesia de Dpot Cadeira Nóize_Guto Requena. Image Cortesia de Guto Requena Poltrona Bowl_Lina Bo Bardi. Image © Nelson Kon Poltrona Paulistano_Paulo Mendes da Rocha. Image Cortesia de Dpot + 55

Precisamos pensar em arquiteturas flutuantes?

12:00 - 19 Outubro, 2017
Precisamos pensar em arquiteturas flutuantes?, © NLÉ architects. ImageEscola Flutuante em Makoko / NLÉ Architects
© NLÉ architects. ImageEscola Flutuante em Makoko / NLÉ Architects

Muito se fala sobre os avanços arquitetônicos nos quesitos social, político, técnico-construtivo e ambiental. Contudo, nos mais variados discursos e ocasiões, a estaticidade sempre assumida pela Arquitetura ainda é pouco comentada. Quando falamos sobre o tema imediatamente imaginamos “corpos” pesados e estáticos. A humanidade historicamente desenvolveu-se trabalhando em conjunto com a natureza, através da observação, adaptação e o respeito a ela. E esse fator é mais latente quando pensamos na água, que cobre aproximadamente 71 por cento da superfície do planeta. 

Com mais da metade da área do planeta recoberta por corpos hídricos e milhares de pessoas vivendo em suas proximidades ou zonas afetadas por catástrofes ambientais, pensar sistemas capazes a adaptar-se, por meio de arquiteturas flutuantes, pode ser imprescindível para o futuro no campo da arquitetura.