Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Roteiro de 5 projetos de Affonso Eduardo Reidy para visitar no Rio de Janeiro

Roteiro de 5 projetos de Affonso Eduardo Reidy para visitar no Rio de Janeiro

Roteiro de 5 projetos de Affonso Eduardo Reidy para visitar no Rio de Janeiro
Roteiro de 5 projetos de Affonso Eduardo Reidy para visitar no Rio de Janeiro, Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes (Pedregulho). Image Cortesia de EAD/OUCV
Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes (Pedregulho). Image Cortesia de EAD/OUCV

A cidade do Rio de Janeiro resguarda um importante e representativo legado de nomes da arquitetura moderna. Affonso Eduardo Reidy é um deles. Natural da Paris, França, foi trazido ainda muito cedo às terras cariocas, onde cresceu sob a modernidade e bossa da cidade maravilhosa. Formado pela Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro em 1930, foi membro do grupo dirigido por Agache para a remodelação do Rio e do grupo de jovens arquitetos que projetaram o edifício do Ministério da Educação, com a colaboração de Le Corbusier, sendo este um dos mestres que o influenciou junto ao notável da chamada Escola Carioca, Oscar Niemeyer.

Diante da representatividade do arquiteto na produção moderna carioca e, sobretudo, brasileira, selecionamos algumas obras amplamente reconhecidas e outras menos citadas. Esperamos que este guia com cinco projetos do arquiteto desperte o interesse tanto para aqueles residentes da cidade como para aqueles que por ela passam esporadicamente, ou que nunca a visitaram, incentivando-os a conhecerem de perto alguns dos projetos de Reidy. Veja a seguir!

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (1967)

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Image © Centro de Documentação e Pesquisa do MAM
Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Image © Centro de Documentação e Pesquisa do MAM

Com planta retangular de cento e quarenta metros de extensão por vinte e oito metros de vão, o icônico museu é apoiado por catorze pórticos trapezoidais em concreto armado posicionados a dez metros de distância em eixo e conformados por uma viga superior, dois pilares principais inclinados ao exterior e dois pilares menores inclinados ao interior que formam um “V” com oito metros e meio de comprimento que abraçam todo o edifício.

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 20021-140.

Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes - Pedregulho (1952)

Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes - Pedregulho. Image Cortesia de Nabil Bonduki
Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes - Pedregulho. Image Cortesia de Nabil Bonduki

Popularmente conhecido como Pedregulho em característica do morro onde foi implantado, este conjunto residencial de marcante implantação e linhas curvas foi inicialmente concebido para abrigar funcionários públicos da cidade em suas 328 células habitacionais. Funcionalmente projetado a partir dos cânones programáticos da arquitetura corbusiana, atribui seu vocabulário plástico e formal às concepções de Niemeyer. Com vista à baía de Guanabara, os edifícios do conjunto são definidos por volumes de simplicidade formal, de modo que o “paralelepípedo destina-se aos prédios residenciais; o prisma trapezoidal aos edifícios públicos; e as abóbadas, às construções desportivas” [1].

Endereço: Rua Capitão Felix n°50, São Cristóvão.

Residência Carmem Portinho (1950)

Construída em meio à densa vegetação do terreno com mais de nove mil metros quadrados e com acentuado declive, dois volumes são conectados por um pátio interno e uma passarela, sendo o primeiro assentado diretamente sobre o solo enquanto o segundo paira sobre esbeltos pilotis que se mimetizam a vegetação e garantem a vista ao horizonte. Quanto ao programa, o primeiro volume abriga garagem, acesso principal, área de serviço e dormitório de empregada. Já o segundo dispõe sala de estar, estúdio, cozinha e suíte.

Endereço: R. Timboacu, 1255 - Jacarepagua, Rio de Janeiro - RJ, 22745-170.

Conjunto Habitacional Marquês de São Vicente (1952)

Conjunto Habitacional Marquês de São Vicente . Image © Printscreen de Reidy, o filme
Conjunto Habitacional Marquês de São Vicente . Image © Printscreen de Reidy, o filme

Popularmente conhecido como minhocão da Gávea pela longa e curva extensão linear, o edifício com 328 células habitacionais construídas das 748 propostas a priori, foi projetado especialmente para substituição de uma favela que compunha a área original. O projeto ainda previa uma creche, escola primária e secundária, playground, mercado, lavanderia, posto de saúde, igreja, teatro, campos de esportes, administração e um departamento de serviço social, mas, somente as lavanderias e o posto de saúde foram efetivamente materializados. O projeto original sofreu uma série de interferências, entre elas, e talvez a de maior relevância, a construção do Túnel Zuzu Angel e da autoestrada a priori não previstos, impactando significativamente no desenho da cidade e que mesmo diante de intensos embates, foi oficialmente construída, afetando o térreo do edifício.

Endereço: Av. Padre Leonel Franca, 261 - Gávea, Rio de Janeiro - RJ, 22451-000.

Teatro Armando Gonzaga (1954)

Teatro Armando Gonzaga. Image via Arquiteture-se UFOP
Teatro Armando Gonzaga. Image via Arquiteture-se UFOP

Com 278 lugares, jardins de Roberto Burle Marx e painéis laterais de Paulo Werneck, o teatro se reafirma como um importante instrumento cultural no tecido urbano da cidade. O edifício foi tombado em 1989 e passou por uma reforma em 1996 melhorando sua eficiência e conforto.

Endereço: Av. Gen. Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 - Mal. Hermes, Rio de Janeiro - RJ, 21610-480.

Nota:
[1] FRACALOSSI, Igor. 

Referências Bibliográficas:
FAGUNDES, Angela C.; LIMA, Raquel. Minhocão da Gávea. 4º Seminário Ibero-Americano - Arquitetura e Documentação (2015).
FRACALOSSI, Igor. Clássicos da Arquitetura: Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes (Pedregulho) / Affonso Eduardo Reidy. Disponível em ArchDaily Brasil. Acesso em 15 out 2018.
GUERRA, Abílio; RIBEIRO, Alessandro José Castroviejo. Casas brasileiras do século XX. Disponível em Vitrúvius. Acesso em 15 out 2018.
MIGLIANI, Audrey. Clássicos da Arquitetura: Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro / Affonso Eduardo Reidy. Disponível em ArchDaily Brasil. Acesso em 15 out 2018.

    Ver a galeria completa

    Sobre este autor
    Cita: Matheus Pereira. "Roteiro de 5 projetos de Affonso Eduardo Reidy para visitar no Rio de Janeiro" 16 Out 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/903975/roteiro-de-5-projetos-de-affonso-eduardo-reidy-para-visitar-no-rio-de-janeiro> ISSN 0719-8906

    ¡Você seguiu sua primeira conta!

    Você sabia?

    Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.