O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. A nova aventura arquitetônica de Kanye West: quem, o que, por que e... é sério?

A nova aventura arquitetônica de Kanye West: quem, o que, por que e... é sério?

A nova aventura arquitetônica de Kanye West: quem, o que, por que e... é sério?

Na noite de domingo, o rapper Kanye West foi ao Twitter para anunciar a criação de um novo segmento de arquitetura em sua popular empresa Yeezy. Com “Yeezy Home”, West está “procurando arquitetos e designers industriais que queiram tornar o mundo melhor”, o que gerou um turbilhão de especulações, empolgação — e um pouco de ridicularização — na internet.

Quer você goste ou não da notícia, ou acredite que isso será levado a cabo, há, sem dúvida, uma interessante relação entre West e a arquitetura que merece ser explorada, e que pode fornecer pistas sobre o futuro de Yeezy Home, se é que há algum. Com isso em mente, mergulhamos em três perguntas: Qual a chance de que Yeezy Home aconteça? Como seria a arquitetura de Yeezy Home? E como arquitetos podem se envolver?

Qual a chance de que Yeezy Home aconteça?

Além do tweet de West na noite de domingo, não houve nenhum anúncio oficial da Yeezy e nenhum outro detalhe sobre suas ambições arquitetônicas. Olhando para trás, os anúncios de West relacionados a design costumam não sair do papel. 

Em uma entrevista em janeiro de 2016 para a BBC Radio 1, West anunciou seu interesse em colaborar com a IKEA para “fazer móveis para design de interiores”. Apesar da imensa intriga pública, a oferta da West não foi aceita, como exemplificado pela resposta irônica da IKEA Austrália.

Um mês depois, seu pedido para que o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, investisse US$ 1 bilhão em suas ideias criativas, de hologramas a aerobarcos, ficou sem resposta. Talvez o motivo tenha sido exatamente o que Stephen Colbert disse: Se você vai pedir ao CEO do Facebook 1 bilhão de dólares, não faça isso via Twitter.

E depois há as recentes declarações ousadas de West sobre YeezyDesde que retornou ao Twitter após um ano fora, West fez algumas afirmações ousadas sobre sua marca de roupas. Comparando-se a Steve Jobs e Henry Ford, West declarou que Yeezy estaria “trabalhando com os talentos mais geniais e criando produtos a um preço acessível". Dado o atual preço de três dígitos da linha de produtos da West, esses tweets são um nó difícil de desatar.

No entanto, para aqueles entusiasmados com o anúncio do West, há esperança. Em 2012, uma sequência semelhante de eventos ocorreu quando West anunciou via Twitter a criação de sua empresa de design DONDA, batizada em homenagem a sua falecida mãe. Ele twittou que reuniria “uma equipe de arquitetos, designers gráficos, diretores, músicos, produtores ... e os encorajaria a desenvolver seus sonhos e ideias.”

Embora ridicularizada na época, a entidade recebeu o crédito pela criação do filme "Cruel Summer" de West, a campanha de marketing do álbum Yeezus de West, e capas de álbuns de Lil Wayne, Big Sean e outros famosos da música. O passado traz uma percepção mista das ambições de West para a área de design, mas para os arquitetos empolgados com a possibilidade de trabalhar com a Yeezy Home, DONDA oferece precedentes de que esse dia possa chegar.

Como seria a arquitetura de Yeezy Home?

West tem um interesse inegável em arquitetura, com uma série de declarações e colaborações anteriores que dão pistas sobre o que Yeezy Home poderia criar.

Em 2015, a Vogue apresentou o apartamento de West em Nova York, que inspirou sua coleção Yeezy. Projetado por Claudio Silverstrin, o apartamento no Soho apresenta tons neutros e modernistas de calcário, madeira e pedra. Em uma entrevista para a Vanity Fair, West expressou seu amor pelo apartamento: “ressaltando a importância da cor, a importância disso para a nossa sanidade, essas paletas monocromáticas zen... eu amo esses tipos de paleta”, afirmou. Talvez os projetos de futuro do Yeezy Home reflitam esse etos modernista, unissex e um tanto minimalista.

 © Noam Dvir, Usuário do Instagram dvirnm
© Noam Dvir, Usuário do Instagram dvirnm

No entanto, também existem pistas de que West poderia abordar questões mais amplas através do design. Em 2013, West fez uma visita aos estúdios da Harvard Graduate School of Design e, de pé sobre uma mesa, fez um discurso apaixonado aos alunos sobre o valor da arquitetura, salientando que os problemas do mundo podem ser abordados através de um ponto de vista arquitetônico:

Eu só queria dizer a vocês que realmente acredito que o mundo pode ser salvo através do design, e que tudo precisa realmente ser “arquitetado”... Eu acredito que a utopia é realmente possível — mas somos liderados pelos aspectos menos nobres, menos dignos, de menos bom gosto, mais idiotas e mais políticos... Eu realmente aprecio a disposição de vocês de aprender e aperfeiçoar seu ofício, e não serem preguiçosos em relação à criação.

Este não é um incidente isolado. Em uma entrevista à BBC em 2013, West fala sobre seu desejo de ajudar arquitetos a confrontar grandes ideias, descrevendo a profissão como construtores do mundo, antes de declarar "esta é a razão pela qual estou trabalhando com cinco arquitetos de cada vez".

West também se associou a alguns arquitetos renomados. Em 2013, ele dividiu o palco com Jacque Herzog, do escritório Herzog & de Meuron, em um evento no Design District de Miami. Ele também possui uma relação de trabalho com o fundador do OMA, Rem Koolhaas. Em 2013, West foi entrevistado por Tomas Koolhaas para a produção do documentário “REM”, no qual discutiu o impacto que Koolhaas teve em seu interesse pela arquitetura, influenciado pelo pavilhão temporário projetado pelo OMA no Festival de Cannes 2012, que exibiu o curta-metragem de estréia de West, "Cruel Summer".

Eu amo o trabalho de Rem... gosto do fato de eu ter sido capaz de, na minha posição de músico, investir em um projeto com uma empresa desse nível - e eu aprendi muito fazendo isso -, versus o que outras pessoas na minha posição talvez fariam com seu dinheiro.

 © OMA; Fotografia de Philippe Ruault
© OMA; Fotografia de Philippe Ruault
 © OMA; Fotografia de Philippe Ruault
© OMA; Fotografia de Philippe Ruault

Dada a crença apaixonada de West de que a arquitetura pode mudar o mundo, e que tudo deve ser “arquitetado”, talvez Yeezy Home ofereça uma nova interseção entre arquitetura, política e teoria, algo que é geralmente visto nos trabalhos de OMA e Koolhaas?

Como arquitetos podem se envolver?

 © Seth Browarnik/startraksphoto.com, via Página do Facebook de Surface Magazine
© Seth Browarnik/startraksphoto.com, via Página do Facebook de Surface Magazine

Até que mais detalhes oficiais sejam divulgados, não há uma resposta clara. Com o anúncio da DONDA em 2012, veio um endereço de e-mail para arquitetos interessados apresentarem ideias ou exemplos de trabalho a serem analisados pela equipe de West. Até que a história se repita, sua melhor esperança é entrar no Twitter, encontrar o tweet da Yeezy Home, responder e esperar pelo melhor - ou tentar outra coisa bastante ousada.

Para os arquitetos que esperam participar do novo empreendimento de West, o rapper forneceu material mais que suficiente para se entender seus gostos arquitetônicos e sua visão ambiciosa sobre o que a arquitetura pode ser. Para muitos de nós, a chance de trabalhar com West pode parecer distante, mas como ele mesmo disse uma vez, “tente alcançar as estrelas, pois se você cair, pousará em uma nuvem”.

 © <a href='https://www.flickr.com/photos/aktivioslo/6030764372/'>Usuário Flickr aktivioslo</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/'>CC BY-NC-ND 2.0</a>
© Usuário Flickr aktivioslo licensed under CC BY-NC-ND 2.0

Então, em que pé estamos? Tal como acontece com muitas novidades em torno de Kanye e sua vida, isso nos deixa com uma sensação mista de admiração, confusão e desconforto. West tem uma carreira longa e ilustre, com muitos capítulos ainda por vir. Seu anúncio pode ser ridicularizado por alguns, mas ao descartar suas intenções corre-se o risco de ignorar uma longa, intrigante e valiosa contribuição para o mundo do design, da criatividade e da arquitetura.

Este artigo foi escrito usando informações provenientes de:
The Guardian, The Washington Post, Complex, Architect Magazine, Vogue, TIMEVanity Fair e Kanye West via Twitter.

For Architects Only? How Kanye Exposed Architecture's Bias

When Kanye West spoke with students at my alma mater on Sunday evening, he said "I really do believe that the world can be saved through design, and everything needs to actually be 'architected.'" In the social media frenzy that followed, a recurring response that I saw on architecture-centric sites was to snicker at West's use of the word "architect" as a verb.

Keep Talking Kanye: An Architect's Defense of Kanye West

I may be in the minority among my peers, but I want Kanye West to keep talking. Despite the many who despise, disparage or dismiss him-unwilling or unable to properly digest what he's saying, consuming bite-sized quotes and late-night parodies instead of engaging him in intellectual discourse-I want him to keep talking.

Ver a galeria completa

Cita: Walsh, Niall. "A nova aventura arquitetônica de Kanye West: quem, o que, por que e... é sério?" [Kanye West's New Architecture Venture: Who, What, Why and... Really?] 11 Mai 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/894073/a-nova-aventura-arquitetonica-de-kanye-west-quem-o-que-por-que-e-e-serio> ISSN 0719-8906