O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Eduardo Souto de Moura: "Ser incompetente é uma forma de ser reacionário"

Eduardo Souto de Moura: "Ser incompetente é uma forma de ser reacionário"

Eduardo Souto de Moura: "Ser incompetente é uma forma de ser reacionário"

Eduardo Souto de Moura, vencedor do Prêmio Pritzker de 2011, talvez seja, ao lado de Álvaro Siza, o arquiteto português influente da atualidade, com uma produção consistente marcada por obras que mostram impressionante atenção às especificidades locais.

Por ocasião da abertura da Casa da Arquitectura em Matosinhos, em novembro do ano passado, tivemos a oportunidade de conversar com o arquiteto sobre temas que cobriram desde um possível diálogo entre a arquitetura portuguesa e a brasileira, sua visão da arquitetura latino-americana e africana de hoje e a importância das maquetes em sua prática profissional.

Preocupado com a qualidade do espaço, sobretudo o espaço público, Souto de Moura em enfático ao dizer que agir contra os interesses da sociedade é o mesmo que ser fascista. Segundo o arquiteto, "ser incompetente é uma forma de ser reacionário, porque sendo incompetente, não serves à sociedade - que te pede uma resposta e tens que contribuir com algo - e estás a prejudicar o coletivo. Quem prejudica o coletivo é um fascista." 

Convidado de honra do evento, Souto de Moura doou centenas maquetes à Casa da Arquitetura, instituição que ficará a cargo da manutenção de um valiosíssimo acervo de arquitetura portuguesa e brasileira.

Sobre este autor
Pedro Vada e Romullo Baratto
Autor
Cita: Pedro Vada e Romullo Baratto. "Eduardo Souto de Moura: "Ser incompetente é uma forma de ser reacionário"" 27 Fev 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889709/eduardo-souto-de-moura-ser-incompetente-e-uma-forma-de-ser-reacionario> ISSN 0719-8906

Mais entrevistas em nosso Canal de YouTube