O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Como funcionam as Conchas Acústicas

Como funcionam as Conchas Acústicas

Como funcionam as Conchas Acústicas
Como funcionam as Conchas Acústicas, © Matheus Pereira
© Matheus Pereira

Conchas acústicas são elementos icônicos em alguns espaços públicos do Brasil e do mundo. Mas além de uma forma curiosa, seu funcionamento é altamente interessante. Inspirando-se no desenho do ouvido humano, as ondas sonoras produzidas dentro delas são organizadas através de sua forma, tornando-se mais vívidas e fortes para o público à sua frente.

Do ponto de vista técnico, a propagação do som é realizada pela reverberação do mesmo que, emitido dentro da casca, é direcionado através da conformação côncava em direção aos expectadores. Em outras palavras, ao ser emitido, o som bate na cobertura e pela constituição cuidadosamente calculada, é distribuído à plateia. Outro equipamento que utiliza o mesmo raciocínio é o icônico Orelhão, desenvolvido pela arquiteta Chu Ming Silveira.

<a href='https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/22302551342/in/photolist-zHk5BN-zYNpvh-zXDeUm'>© Agência Brasília via Flickr </a> Licença CC BY 2.0. ImageComplexo Concha Acústica de Brasília
© Agência Brasília via Flickr Licença CC BY 2.0. ImageComplexo Concha Acústica de Brasília
Concha Acústica de Brasília / Oscar Niemeyer. Image © Gonzalo Viramonte
Concha Acústica de Brasília / Oscar Niemeyer. Image © Gonzalo Viramonte

No que diz respeito ao desenho das conchas acústicas, devem ser estudados caso a caso, em decorrência das variações espaciais. Contanto, podem ser projetadas de modo radial a partir de uma casca de concreto concebida como um cone deitado, de tal maneira que com base da largura total da concha, a plateia seja disposta a partir do raio inicial; isolada, dobrando a geometria; ou ainda partindo de uma geometria no formato sela ou crista. Geralmente, elas são formadas por superfícies de base semicircular e boca parabólica, como metade de uma esfera.

No entanto, há algumas ressalvas para o funcionamento adequado das conchas acústicas. É interessante que o terreno apresente certa inclinação, dado que há necessidade angular para a disposição da plateia, assim como um teatro-arena. Condições climáticas também são importantes para o funcionamento adequado, uma vez que se a velocidade dos ventos exceder 15 km/h [1], isso pode provocar atrapalhar o som. Questões naturais adjacentes também devem ser levadas em consideração, isso porque determinados recursos naturais, a exemplo da grama, absorvem parcialmente as ondas sonoras, enquanto que superfícies de água são excelentes refletoras.

Conchas Acústicas / Flanagan Lawrence. Image Cortesia de Flanagan Lawrence
Conchas Acústicas / Flanagan Lawrence. Image Cortesia de Flanagan Lawrence

Muitos arquitetos, especialmente no período moderno, desenvolveram conchas acústicas icônicas: Oscar Niemeyer, Henrique Mindlin, Décio Tozzi, entre outros. Hoje em dia, o sistema é aplicado em menor proporção, dado que esse modelo tem sido substituído por edifícios teatrais fechados, e as nuances sonoras são controladas através de tecnologias mais modernas. Selecionamos algumas conchas acústicas em concreto já publicadas em nosso site:

Concha Acústica de Brasília pelas lentes de Gonzalo Viramonte

Concha Acústica de Brasília / Oscar Niemeyer. Image © Gonzalo Viramonte
Concha Acústica de Brasília / Oscar Niemeyer. Image © Gonzalo Viramonte

Rehabilitación de "La Concha Acústica" del Parque Agua Azul / S2 Arquitectura

Rehabilitación de La Concha Acústica del Parque Agua Azul / S2 Arquitectura. Image © Carlos Garza
Rehabilitación de La Concha Acústica del Parque Agua Azul / S2 Arquitectura. Image © Carlos Garza

Conchas Acústicas / Flanagan Lawrence

Conchas Acústicas / Flanagan Lawrence. Image Cortesia de Flanagan Lawrence
Conchas Acústicas / Flanagan Lawrence. Image Cortesia de Flanagan Lawrence

Clássicos da Arquitetura: Memorial Maria Aragão / Oscar Niemeyer

Memorial Maria Aragão / Oscar Niemeyer. Image © Rômulo Marques
Memorial Maria Aragão / Oscar Niemeyer. Image © Rômulo Marques

Notas
[1] AMORIM; LICARIÃO, 2005, p. 23

Referências Bibliográficas
AMORIM, Adriana; LICARIÃO, Carolina. Introdução ao Conforto Ambiental. FEC/Unicamp.  2005. Disponível em: <http://www.fec.unicamp.br/~luharris/galeria/ic042_05/TIDIA-ae_TopicoA_mat-apoio_S03_C-Acustico.pdf >. Acesso em 11 Fev 2018.

Sobre este autor
Cita: Matheus Pereira. "Como funcionam as Conchas Acústicas" 16 Fev 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/889141/como-funcionam-as-conchas-acusticas> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.