Sou Fujimoto projeta pavilhão em forma de diamante na Ilha das Artes no Japão

Sou Fujimoto projeta pavilhão em forma de diamante na Ilha das Artes no Japão

Localizado a poucos metros do terminal de Naoshima, a ilha japonesa mais conhecida como "Ilha das Artes", o Pavilhão de Sou Fujimoto aparece como um diamante translúcido e leve localizado na orla de Kagawa, visível do terminal de balsas, projetado pelo SANAA, que recebe os visitantes.

O Pavilhão de Naoshima fazia parte da Trienal Setouchi de 2016. Fujimoto o concebeu com uma estrutura de aço inoxidável branca em forma de malha irregular, criando uma sensação de leveza e transparência. 

© Fernanda Castro
© Fernanda Castro

O espaço interno tem 7 metros de altura, o que faz desta uma estrutura habitável que incentiva os visitantes a entrarem e experimentarem este espaço reticulado e delicado que, ao mesmo tempo, gera sombras e permite que a brisa a atravesse. Sua forma irregular e os diferentes ângulos criados em seu interior proporcionam flexibilidade à estrutura, seja em termos contemplativos ou como lugar de descanso do sol intenso.

© Fernanda Castro
© Fernanda Castro
© Fernanda Castro
© Fernanda Castro

O pavilhão é um dos vários marcos arquitetônicos e artísticos da ilha de Naoshima, que também possui obras de SANAA, Tadao Ando, Yayoi Kusama e James Turrell, entre outros.

© Fernanda Castro
© Fernanda Castro

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Castro, Fernanda. "Sou Fujimoto projeta pavilhão em forma de diamante na Ilha das Artes no Japão" [El poliedro que Sou Fujimoto diseñó para la "Isla de las Artes"] 15 Set 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/879429/sou-fujimoto-projeta-pavilhao-em-forma-de-diamante-na-ilha-das-artes-no-japao> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.