O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Entenda um pouco sobre permacultura construindo sua espiral de ervas

Entenda um pouco sobre permacultura construindo sua espiral de ervas

Entenda um pouco sobre permacultura construindo sua espiral de ervas

David Holmgren e Bill Mollison, ecologistas australianos, cunharam pela primeira vez o termo permacultura no ano de 1978, que engloba métodos holísticos para planejar, atualizar e manter sistemas ambientalmente sustentáveis, socialmente justos e financeiramente viáveis. Para Mollison, "A permacultura é uma filosofia de trabalhar com, e não contra a natureza; de observação prolongada e pensativa em vez de trabalho prolongado e impensado, e de olhar para plantas e animais em todas as suas funções, em vez de tratar qualquer área como um sistema único.” É nesse sentido que as espirais de ervas são um ótimo exercício para iniciar no entendimento de alguns dos preceitos da cultura, já que reúne diversas funções naturais em um único elemento, tornando-o mais produtivo e saudável. Além disso, é uma boa forma dos arquitetos aproximarem-se da construção na escala 1:1.

Entenda um pouco sobre permacultura construindo sua espiral de ervas, © Iana Lua Dias da Cruz
© Iana Lua Dias da Cruz

A estrutura espiralada propicia a criação de diversos microclimas em um espaço pequeno, possibilitando o cultivo de espécies com necessidades diversas de luz, água e nutrientes. No topo, há maior exposição ao sol, ao mesmo tempo que o substrato torna-se mais seco, já que é drenado para as partes mais baixas. Quanto mais inferior, mais úmida a terra torna-se. Além disso, há partes mais sombreadas e outras mais expostas ao sol.

Para sua construção, é interessante ter um espaço plano, ensolarado e facilmente acessível, de preferência próximo de onde são preparadas as refeições. As paredes podem ser construídas com uma infinidade de materiais, podendo-se usar a criatividade e os recursos disponíveis. Pedras, tijolos, troncos, bambus, ou até mesmo telhas ou garrafas podem funcionar. É importante que o raio da espiral não seja tão grande, para que seja possível alcançar facilmente todas as suas partes. Por isso, reserve um espaço entre 1,00 m a 1,60m, e pelo menos, cerca de 60 cm em volta dela para circulação.

A primeira fiada é imprescindível para dar a forma da estrutura. Após isso, os blocos devem ser emparelhados, retirando alguns de cada uma das camada, para tornar a estrutura escalonada. Após chegar à altura desejada, de cerca de 1 metro, a estrutura deve ser preenchida com terra. É interessante que esse substrato tenha uma boa drenagem e uma boa adubação. Por Isso, considere incluir areia e húmus de minhoca na mistura. Após isso, plante as espécies, através de mudas ou sementes. Veja, abaixo, as espécies que funcionam bem para cada uma:

1. SOL PLENO E SOLO SECO
Alho
Pimentas
Boldo
Alecrim
Sálvia
Manjericão
Cebolinha

2. MEIA SOMBRA E SOLO POUCO ÚMIDO
Capim Limão
Manjerona
Camomila
Losna

3. MEIA SOMBRA E SOLO ÚMIDO
Gengibre
Coentro
Melissa
Poejo
Hortelã

E, como a permacultura aconselha, é importante que se observe e avalie-se o comportamento de cada espécie e da relação de cada uma delas entre si. Ou seja, aplicar um dos doze princípios da permacultura, que é o de Observar e interagir: "Ao tomarmos um tempo para envolver-nos com a natureza, podemos projetar soluções que se adequem à nossa situação particular." - David Holmgren

Sobre este autor
Eduardo Souza
Autor
Cita: Eduardo Souza. "Entenda um pouco sobre permacultura construindo sua espiral de ervas" 30 Mai 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872344/entenda-um-pouco-sobre-permacultura-construindo-sua-espiral-de-ervas> ISSN 0719-8906