O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Clássicos da Arquitetura icônicos representados em perspectivas axonométricas

Clássicos da Arquitetura icônicos representados em perspectivas axonométricas

Clássicos da Arquitetura icônicos representados em perspectivas axonométricas

Casa Gropius / Walter Gropius + Marcel Breuer / 1938 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Prairie Chicken House / Herb Greene / 1961. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa de Vidrio / Philip Johnson / 1949. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa Farnsworth / Mies van der Rohe / 1951 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente + 20

O arquiteto e ilustrados Diego Inzunza desenvolveu a série "Architectural Classics" com o objetivo de apresentar mais de 15 obras icônicas do século XX, utilizando uma técnica gráfica de ampla compreensão, já que permite uma leitura geral de mais de seus lados, estabelecendo uma imagem geral.

 A seguir, Diego nos fala sobre seu processo criativo:

Casa Frederick Robie / Frank Lloyd Wright / 1910 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa Gehry / Frank Gehry / 1978. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa Lovell / Richard Neutra / 1929. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa Hill / Charles R. Mackintosh / 1904. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente + 20

Por que você elegeu utilizar as perspectivas axonométricas?

DI: A perspectiva axonométrica é uma ferramenta muito valiosa porque é o nexo visual entre a imagem técnica produzida por um arquiteto e uma imagem compreensível para os clientes, ou neste caso, os observadores. Guiado por regras geométricas exatas e ao mesmo tempo com uma visualização mais compreensível para o olho não treinado em leituras de plantas técnicas, é possível compreender uma imagem isométrica com muita facilidade e manter a proporção e a escala perfeitamente alinhada com as medidas projetadas .

Casa Koshino / Tadao Ando / 1984. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Koshino / Tadao Ando / 1984. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Gropius / Walter Gropius + Marcel Breuer / 1938 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Gropius / Walter Gropius + Marcel Breuer / 1938 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente

Que referências gráficas atualmente inspiram você?

DI: No momento, minha principal inspiração gráfica é o trabalho da ilustradora espanhola Cinta Vidal. Ela mistura a visualização isométrica junto com perspectivas de dois pontos para criar imagens alucinantes de casas, objetos cotidianos e pessoas colocadas em geometrias impossíveis, emulando o que o grande mestre M.C. Escher fez décadas atrás.

O outro artista é Josh Keyes, que com suas isométricas do mundo animal cria obras curiosamente arquitetônicas sobre o impacto do homem no mundo.

Casa Melnikov / Konstantin Melnikov / 1929. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Melnikov / Konstantin Melnikov / 1929. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Hill / Charles R. Mackintosh / 1904. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Hill / Charles R. Mackintosh / 1904. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente

Como você descreveria seu precesso de trabalho? (Da seleção do que desenhar, até que o desenho seja concluído).

DI: Meu processo de trabalho sempre começa observando distintas obras em livros e também na internet. Em seguida, faço uma lista dos trabalhos que considero relevantes para destacar e as restrinjo a algumas leis básicas, neste caso, a visão isométrica e a ilustração análoga a cores. Cada ilustração é esboçada à mão e corroborada com proporções geométricas. Em seguida, a imagem é desenhada em tinta e finalizada com canetas de ilustração profissional. Ao terminar, a imagem é digitalizada e recortada de acordo com a definição que melhor se adequa.

Museo Casa Estudio Diego Rivera y Frida Kahlo / Juan O´Gorman / 1931 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Museo Casa Estudio Diego Rivera y Frida Kahlo / Juan O´Gorman / 1931 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Frederick Robie / Frank Lloyd Wright / 1910 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Frederick Robie / Frank Lloyd Wright / 1910 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente

Casa Gilardi / Luis Barragán / 1976. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa Schroder / Gerrit Rietveld / 1925. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa y Estudio Gwathmey / Charles Gwathmey / 1967 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente Casa Seidler / Harry Seidler / 1950. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente + 20

Que vantagens você vê no desenho à mão?

DI: O desenho à mão é prático e eficaz. Ele nos permite capturar não só o que está diante de nossos olhos, mas também o que está em nossos pensamentos. Quer seja um lápis, uma caneta, um giz ou um ramo, a simplicidade deste ato nos faz entender tudo o que era, o que é e o que será. As ferramentas digitais são maravilhosas e conseguem cenas e produtos que antes eram simplesmente inconcebíveis para nossos antepassados.
No entanto, ainda estou convencido de que ainda não foi criado um método mais eficiente e rápido de traduzir ideias e transmitir a imaginação humana do que simples traços em um papel.

Casa y Estudio Gwathmey / Charles Gwathmey / 1967 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa y Estudio Gwathmey / Charles Gwathmey / 1967 . Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Clássicos da Arquitetura icônicos representados em perspectivas axonométricas, Casa Malaparte / Adalberto Libera / 1937. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente
Casa Malaparte / Adalberto Libera / 1937. Image Courtesy of Diego Inzunza - Estudio Rosamente

Veja mais dos clássicos desse artigo nas seguintes publicações:
Villa Malaparte / Adalberto Libera
Casa Gropius / Walter Gropius
Casa Prairie Chicken / Herb Greene
Casa de Vidro / Philip Johnson
Casas-Museu de Frida Kahlo e Diego Rivera / Juan O´Gorman
Villa Savoye / Le Corbusier
Casa da Cascata / Frank Lloyd Wright
Casa Frederick C. Robie / Frank Lloyd Wright
Casa Melnikov / Konstantin Melnikov
Casa Gehry / Frank Gehry
Casa Lovell / Richard Neutra
Casa Gilardi / Luis Barragán
Residência Rietveld Schroder / Gerrit Rietveld
Casa Estudio Gwathmey / Charles Gwathmey 
Casa Koshino / Tadao Ando

Ver a galeria completa

Cita: Santibañez, Danae. "Clássicos da Arquitetura icônicos representados em perspectivas axonométricas" [Icónicos Clásicos de Arquitectura representados en vista axonometrica] 14 Mar 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/867107/classicos-da-arquitetura-iconicos-representados-em-perspectivas-axonometricas> ISSN 0719-8906