O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. A complexa simplicidade da arquitetura iraniana

A complexa simplicidade da arquitetura iraniana

A complexa simplicidade da arquitetura iraniana
A complexa simplicidade da arquitetura iraniana, © Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

A geografia do Irã consiste em grande parte de um planalto central do deserto, cercado por serras. Devido ao fato do país ser coberto principalmente por terra, areia e rocha, a arquitetura iraniana faz intenso uso de elementos de tijolo ou adobe. A maioria dos edifícios vistos em cidades maiores, como Teerã e Isfahan, são construídos usando métodos de amarração de tijolos similares, como pode ser visto em outras partes do mundo, mas certas construções, normalmente aquelas que datam mais atrás, apresentam incríveis tesouros geométricos. E não pára por aí - antiga arquitetura iraniana muitas vezes apresenta uma camada de azulejos sobre as construções de tijolos que podem criar maravilhas geométricas. A arte de criar complexidade usando elementos incrivelmente simples foi dominada pela arquitetura iraniana. Em um mundo arquitetônico onde a construção se tornou oculta por camadas de gesso e madeira compensada, poderíamos aprender muito com a beleza da geometria estrutural do Irã, onde a pele e a estrutura são (quase sempre) a mesma coisa.

© Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus + 37

Tijolo/Adobe

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

O tijolo comum é algo com o qual todos nós estamos bastante familiarizados; argila na forma de um cuboide retangular. Adobe, com o qual a maioria das pessoas tem menos familiaridade, é o nome para uma mistura comprimida de areia, silte, argila, água e, por vezes palha, para formar a forma de um quadrado extrudado que é muitas vezes visto na arquitetura iraniana. Diferentes combinações são usadas para criar formas diferentes como arcos ou ornamentação. Às vezes, o adobe ou tijolo é coberto de gesso, passando a impressão de uma única forma esculpida.

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

© Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus + 37

Azulejos

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

Mais comumente visto nas mesquitas, as cúpulas de tijolo ou adobe, arcos e entradas decorativas são ocasionalmente cobertas em azulejos coloridos. Os azulejos, assim como os elementos de argila, são pequenas peças individuais que se unem para formar uma geometria orgânica complexa. De longe eles parecem ser algo contínuo, mas de perto pode-se facilmente ver as lacunas entre cada azulejo.

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

© Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus + 37

Madeira

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

Antes que os arquitetos começassem a instalar vidros, as janelas e as portas eram muitas vezes feitas de belas grelhas geométricas de madeira, construídas de centenas de pequenas varetas, cortadas para se encaixarem perfeitamente -- mais um exemplo da habilidade dos artesãos iranianos em criar complexidade a partir de elementos simples.

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

© Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus © Ariana Zilliacus + 37

Entalhe

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

Em Persépolis, um local com mais de 2500 anos, há outro exemplo da complexidade obtida pela construção de uma série de componentes simples. Ao longo das paredes de pedra das ruínas há entalhes de pessoas, soldados, reis, rainhas e animais. A capacidade de esculpir o mesmo objeto mais de 10 vezes em uma fileira, sem usar um modelo ou uma máquina automática, foi possível graças a uma técnica de entalhe passo a passo, assim como a construção de uma parede, tijolo por tijolo. Um artesão esculpiu a forma geral, outro a definiu, uma terceira esculpida nos detalhes e uma quarta para a barba e cabelo.

Arquitetura contemporânea

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

Na escola de arquitetura na cidade deserta de Yazd, os alunos têm explorado maneiras contemporâneas de combinar elementos simples com o objetivo de criar uma estrutura final que é geometricamente avançada. Exemplos incluem tecidos, cordas e fios, usando os conceitos de design do artesanato iraniano tradicional para produzir algo tão emocionante quanto na arquitetura moderna.

© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus
© Ariana Zilliacus

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Ariana Zilliacus
Autor
Cita: Zilliacus, Ariana. "A complexa simplicidade da arquitetura iraniana" [The Simplicity of Iranian Architecture's Complex Geometry] 06 Mar 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/806435/a-complexa-simplicidade-da-arquitetura-iraniana> ISSN 0719-8906