O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Zaha Hadid Architects responde ao "Manifesto de Política Urbana" de Patrik Schumacher

Zaha Hadid Architects responde ao "Manifesto de Política Urbana" de Patrik Schumacher

Zaha Hadid Architects responde ao "Manifesto de Política Urbana" de Patrik Schumacher
Zaha Hadid Architects responde ao "Manifesto de Política Urbana" de Patrik Schumacher, Cortesia de ZHA
Cortesia de ZHA

No dia 17 de novembro, no Festival Mundial de Arquitetura em Berlim, Patrik Schumacher fez uma palestra em que expôs sua visão de como lidar com a crise habitacional em Londres. Dada a bem conhecida tendência de Schumacher para a economia neoliberal, talvez não tenha surpreendido que seu plano incluísse uma série de ideias muito controversas, como a eliminação de todas as formas de planejamento e habitação social e a privatização de todo o espaço público - com destaque para o Hyde Park como uma oportunidade particularmente interessante.

Embora ArchDaily estivesse presente na palestra, optamos por não cobrir o discurso de Schumacher, primeiro, porque não apresentava nenhuma opinião valiosa para a arquitetura e segundo porque as vaias da plateia cobriam boa parte do que Schumacher dizia. No entanto, a notícia foi logo publicada por uma série de outras mídias especializadas, incluindo o Dezeen; como resultado, o discurso de Schumacher virou notícia no London Evening Standard e trouxe uma resposta do Prefeito de Londres, Sadiq Khan, que disse que as ideias de Schumacher "não tinham tato" e estavam "completamente erradas". A polêmica faz com que o escritório Zaha Hadid Architects (do qual Patrik Schumacher é sócio) publicasse uma carta aberta em reposta à visão do arquiteto. 

Foto de um dos slides da apresentação de Patrik Schumacher no World Architecture Festival Berlin. "Demanda 5" recomenda "Abolir todas as formas de habitação social e acessível." Imagem © ArchDaily
Foto de um dos slides da apresentação de Patrik Schumacher no World Architecture Festival Berlin. "Demanda 5" recomenda "Abolir todas as formas de habitação social e acessível." Imagem © ArchDaily

"O "manifesto de política urbana" de Patrik Schumacher não reflete o passado de Zaha Hadid Architects - e não será o nosso futuro.

Zaha Hadid não escrevia manifestos. Ela os construía. 

Zaha Hadid Architects já construiu 56 projetos para todos os membros da comunidade em 45 cidades em todo o mundo. 

Recusando-se a ser confinada por limites ou barreiras, Zaha não dedicou sua ideologia à sala de aula. Ela a viveu.

Ela acreditou profundamente na mais forte colaboração internacional e estamos muito orgulhosos de ter uma equipe extremamente talentosa de 50 nacionalidades diferentes em nosso escritório de Londres, incluindo aqueles de quase todos os países da UE. 43% dos arquitetos da ZHA são de alguma minoria étnica e 40% dos arquitetos são mulheres.

Zaha Hadid não apenas quebrou tetos de vidro e derrubou barreiras; ela os estilhaçou -- convidando qualquer pessoa de qualquer raça, gênero, credo ou orientação a se juntar a ela nessa jornada.

Incorporando a cultura da pesquisa coletiva em cada aspecto de nosso trabalho, Zaha construiu uma equipe de diversos talentos e disciplinas -- e continuaremos a inovar em direção a uma arquitetura de inclusão.

Arquitetos de todo o mundo estão pedindo que a profissão se torne mais inclusiva. A imprensa nacional e internacional também fez um trabalho muito bom destacando as questões críticas da habitação e as ameaças aos espaços públicos vitais.

Através da determinação e do trabalho árduo, Zaha nos mostrou que a arquitetura pode ser diversa e democrática. Ela inspirou toda uma nova geração ao redor do mundo a se envolver com seu ambiente, a nunca parar de questionar e nunca parar de imaginar.

Colaborando com clientes, comunidades e especialistas de todo o mundo que compartilham desta visão, todos do escritório Zaha Hadid Architects se dedicam a honrar o legado de Zaha, trabalhando com paixão e compromisso para projetar e realizar os projetos mais transformadores para todos".

- Zaha Hadid Architects

Cita: AD Editorial Team. "Zaha Hadid Architects responde ao "Manifesto de Política Urbana" de Patrik Schumacher" [Zaha Hadid Architects Responds to Patrik Schumacher's "Urban Policy Manifesto"] 30 Nov 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/800448/zaha-hadid-architects-responde-ao-manifesto-de-politica-urbana-de-patrik-schumacher> ISSN 0719-8906