O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Como o cruzamento cicloviário mais movimentado do mundo pode ajudar a aumentar a segurança dos ciclistas

Como o cruzamento cicloviário mais movimentado do mundo pode ajudar a aumentar a segurança dos ciclistas

Como o cruzamento cicloviário mais movimentado do mundo pode ajudar a aumentar a segurança dos ciclistas
© lickr Usuário: Mikael Colville-Andersen. Licença CC BY 2.0
© lickr Usuário: Mikael Colville-Andersen. Licença CC BY 2.0

É provável que muitos leitores tenham ficado impressionados com este GIF que mostra a hora de pico em Copenhague. Mas, conseguem imaginar quantos ciclistas passam por ali?

Segundo dados da Copenhagenize, diariamente transitam por lá aproximadamente 42.600 ciclistas, ou seja, 86% do fluxo nesse cruzamento, que recebe o nome de Søtorvet devido a um edifício homônimo ali localizado, é composto por ciclistas. 

Estes números fazem deste o cruzamento cicloviário mais movimentado do mundo e, consequentemente, um dos mais seguros. Saiba o motivo a seguir.

De acordo com o planejador urbano da consultora Copenhagenize, James Thoem, há três elementos de projeto que contribuem para que isso seja possível. 

O primeiro tem relação com as faixas de trânsito. À diferença de outros cruzamentos, neste as faixas determinam até onde os automóveis podem avançar em direção à esquina estão localizadas cinco metros mais atrás. Deste modo, os ciclistas ficam muito mais visíveis para os condutores. 

O segundo elemento corresponde aos semáforos para ciclistas, que não se localizam necessariamente nos cruzamentos. No caso de Søtorvet, os semáforos não estão apenas localizados no percurso dos ciclistas e condutores, mas consideram duplamente o primeiro grupo. 

Como o cruzamento cicloviário mais movimentado do mundo pode ajudar a aumentar a segurança dos ciclistas, © lickr Usuário: Mikael Colville-Andersen. Licença CC BY 2.0
© lickr Usuário: Mikael Colville-Andersen. Licença CC BY 2.0

Primeiramente, estão localizados na altura média do olho humano, e em segundo lugar, os ciclistas podem ver a mudança de sinalização seis segundos antes dos automóveis. 

Assim, cada vez que um condutor vira à direita, terá os ciclistas dentro de seu campo de visão, evitando acidentes. 

O terceiro elemento corresponde à cor da ciclofaixa. Após vários estudos realizados pela prefeitura de Copenhague, foi concluído que a cor azul é a uma das que mantém o brilho por mais tempo. 

Além disso, o planejador explica que estes cruzamentos apresentam duas características importantes: primeiro, têm 3 metros de largura; e segundo, conectam duas ruas, e se esse número for superior, a sensação de segurança dos ciclistas diminui. 

Os três eixos mencionados têm em comum o fato de buscarem dar maior visibilidade aos ciclistas, fazendo com que todos os usuários da rua possam vê-los mais facilmente, sobretudo os condutores. 

Quando isso efetivamente acontece, os ciclistas tendem a realizar movimentos mais intuitivos, lógicos e seguros, afirma a Copenhagenize, empresa que participou do projeto no cruzamento Søtorvet. 

Neste vídeo produzido pela Streetfilms é possível identificar os aspectos descritos.

Sobre este autor
Constanza Martínez Gaete
Autor
Cita: Gaete, Constanza Martínez. "Como o cruzamento cicloviário mais movimentado do mundo pode ajudar a aumentar a segurança dos ciclistas" [Cómo diseñar un cruce ciclista seguro según la intersección más transitada del mundo] 25 Nov 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/799956/como-o-cruzamento-cicloviario-mais-movimentado-do-mundo-pode-ajudar-a-aumentar-a-seguranca-dos-ciclistas> ISSN 0719-8906