O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Passarela do Samba, MAC e Parque do Ibirapuera são tombados pelo Iphan

Passarela do Samba, MAC e Parque do Ibirapuera são tombados pelo Iphan

Passarela do Samba, MAC e Parque do Ibirapuera são tombados pelo Iphan
Passarela do Samba, MAC e Parque do Ibirapuera são tombados pelo Iphan, Museu de Arte Contemporânea de Niterói. © Vitorio Benedetti, via Flickr. CC. Used under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>Creative Commons</a>
Museu de Arte Contemporânea de Niterói. © Vitorio Benedetti, via Flickr. CC. Used under Creative Commons

Por unanimidade, o Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural decidiu, nesta sexta, 06 de maio, pela inclusão do Museu de Arte Contemporânea de Niterói , do Conjunto de edificações projetadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer para o Parque do Ibirapuera e da Passarela do Samba no Conjunto da Obra de Oscar Niemeyer, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2007.

Os três bens complementam a relação, encaminhada pelo próprio Oscar Niemeyer, de 24 monumentos protegidos como patrimônio cultural brasileiro em homenagem ao seu centenário, há nove anos.

A 82ª reunião ocorreu no Palácio Gustavo Capanema, no centro do Rio de Janeiro, e foi marcada pela comemoração dos 80 anos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Esteve presente na reunião, além da presidenta do Iphan, Jurema Machado, e dos membros do Conselho, o presidente da Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), Jorge Castanheira. Ele agradeceu ao Iphan o apoio e lembrou que foi possível demonstrar ao próprio arquiteto, ainda em vida, a importância da Passarela do Samba para a comunidade.

O Parque do Ibirapuera foi inaugurado em 21 de agosto de 1954 em comemoração aos 400 anos da cidade de São Paulo. “A ideia era converter a área alagadiça da região, que havia sido, na época da colonização, uma aldeia indígena, daí originou-se o nome Ibirapuera (ypi-ra-ouêra), que na língua tupi significa árvore apodrecida, em um parque que criasse uma relação entre a natureza e o espaço urbano”, comenta o Iphan. “Coube ao renomado arquiteto Oscar Niemeyer realizar o projeto arquitetônico do parque, e a responsabilidade pelo projeto paisagístico ficou por conta de Burle Marx. O parque, localizado na região central de São Paulo, possui uma área de mais de 1,5 milhão de metros quadrados se transformou nas últimas décadas no mais conhecido espaço livre de lazer, recreação e cultural da cidade.”

Oca, Parque do Ibirapuera. © Romullo Baratto
Oca, Parque do Ibirapuera. © Romullo Baratto

Inaugurado em 1984, o sambódromo do Rio de Janeiro tomou o lugar das arquibancadas provisórias de estrutura tubular que eram montadas anualmente para os desfiles das escolas de samba. Desde o fim do século XIX, grêmios recreativos desfilavam pelas ruas da Cidade do Rio de Janeiro e no início dos anos 30 já existiam as primeiras escolas de samba oficiais. Com o surgimento de novas agremiações, o desfile foi consagrado como a principal tradição do Carnaval carioca.

Imagem aérea do carnaval no Rio de Janeiro
Imagem aérea do carnaval no Rio de Janeiro

Já o Museu de Arte Contemporânea de Niterói foi inaugurado em 1996 e desde então foi incorporado ao cartão postal da cidade e do Rio de Janeiro. Com sua geometria incomum, leve e em equilíbrio, o Museu possui em seu acervo obras de arte contemporânea datadas do século XX, incluindo 1.200 obras da Coleção João Sattamini, a segunda maior de arte contemporânea do Brasil. O acervo do Museu é constituído, ainda, por exemplares de arte abstrata e até obras que retratam a Monarquia Brasileira, obtidas por meio de doações.

Referências: Estadão, O Globo e Caravalesco

Passarela Professor Darcy Ribeiro - Sambódromo do Rio de Janeiro / Oscar Niemeyer

Clássicos da Arquitetura: Museu de Arte Contemporânea de Niterói / Oscar Niemeyer

Sobre este autor
Romullo Baratto
Autor
Cita: Romullo Baratto. "Passarela do Samba, MAC e Parque do Ibirapuera são tombados pelo Iphan" 09 Mai 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/787097/passarela-do-samba-mac-e-parque-do-ibirapuera-sao-tombados-pelo-iphan> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.