Arquitetos argentinos vencem concurso da UNESCO para o novo Centro Cultural de Bamiyan

Arquitetos argentinos vencem concurso da UNESCO para o novo Centro Cultural de Bamiyan

Uma equipe de arquitetos argentinos liderado por Nahuel Recabarren foi eleita vencedora do concurso internacional da UNESCO para projetar o Centro Cultural de Bamiyan no Afeganistão. Selecionado entre 1.070 propostas de 117 países, o projeto vencedor, intitulado "A eterna presença da ausência", juntamente com quatro finalistas, foi eleito por um júri composto por sete especialistas, entre os quais Ajmal Maiwandi e Cameron Sinclair.

Ao anunciar o vencedor, Paolo Fontani, Diretor do escritório da UNESCO no Afeganistão, disse que "esse concurso foi a oportunidade de criar um novo padrão para o desenvolvimento arquitetônico e cultural no Afeganistão."

Saiba mais sobre o projeto vencedor, a seguir

Proposta vencedora, prancha #01. Proposta vencedora
Proposta vencedora, prancha #01. Proposta vencedora

A proposta vencedora foi aprovada pelo presidente afegão, Ashraf Ghani, que reconheceu oficialmente o processo de seleção da UNESCO para o projeto do novo Centro Cultura de Bamiyan, e expressou seu interesse pela proteção do patrimônio cultural do Afeganistão.

Segundo o memorial do projeto, "o Centro Cultural de Bamiyan busca criar um novo centro vital para a comunidade e fomentar o intercâmbio de ideias. Para tanto, nossa proposta tenta criar não um edifício-objeto, mas um lugar de encontro; um sistema de espaços negativos onde a impressionante paisagem dos Budas de Bamiyan se entrelaça com a rica atividade cultural que o centro gerará.

Proposta vencedora, prancha #02. Proposta vencedora
Proposta vencedora, prancha #02. Proposta vencedora

"O centro cultural Bamiyan não é, então, construído, mas encontrado ou descoberto entalhando o solo. Essa estratégia arquitetônica primordial cria o mínimo de impacto e se integra totalmente à paisagem, tirando vantagem da inércia térmica e do isolamento do solo."

Considerando o tema da unidade nacional para promover a proteção do patrimônio e a identidade cultural , o júri valorizou a proposta da equipe argentina pela "sensível estratégia geral que produz uma elegante sequência de acessos e o mínimo de impacto visual.

Proposta vencedora, prancha #03. Proposta vencedora
Proposta vencedora, prancha #03. Proposta vencedora

Além do primeiro lugar - que recebeu US$ 25 mil -, o júri ofereceu US$ 8 mil a cada um dos outros quatro finalistas.

País: Turquia
Líder de projeto: Ahmet Balkan
Equipe de projeto: Emre Bozatli

País: França
Líder de projeto: Noel Domínguez
Equipe de projeto: Zoe Salvaire, Agathe Culot, Anna Kampmann e Alexandre Ferron
Escritório: Noel Domingue Architecte - NDA

País: Nova Zelândia
Líder de projeto: Costas Nicolaou
Equipe de projeto: Constantinos Marcou

País: Holanda
Líder de projeto: Graham Baldwin
Equipe de projeto: Alessandra Covini

Uma exposição virtual com todas as propostas enviadas ao concurso estará disponível na página da UNESCO Afeganistão até meados de março. Segundo os organizadores do concurso, a execução do projeto será iniciada imediatamente.

Reveja a cobertura do concurso aqui.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Valencia, Nicolás. "Arquitetos argentinos vencem concurso da UNESCO para o novo Centro Cultural de Bamiyan" [Arquitectos argentinos obtienen primer lugar en concurso UNESCO para diseñar centro cultural en Afganistán] 03 Mar 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/762985/arquitetos-argentinos-vencem-concurso-da-unesco-para-o-novo-centro-cultural-de-bamiyan> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.