O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. "The Economist" avalia a segurança em 50 cidades através do Índice de Cidades Seguras 2015

"The Economist" avalia a segurança em 50 cidades através do Índice de Cidades Seguras 2015

"The Economist" avalia a segurança em 50 cidades através do Índice de Cidades Seguras 2015
"The Economist" avalia a segurança em 50 cidades através do Índice de Cidades Seguras 2015, Santiago, Chile © alobos Life, via Flickr. Used under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>Creative Commons</a>
Santiago, Chile © alobos Life, via Flickr. Used under Creative Commons

A Unidade de Inteligência Econômica (EIU) da revista The Economist desenvolveu um Índice de Cidades Seguras 2015, no qual, através de mais de 40 indicadores, avaliou a segurança digital, de infraestrutura, de saúde e pessoal de 50 cidades de todo o mundo.

A lista geral das 50 cidades foi liderada por Tóquio (Japão), seguida pela Cidade de Singapura e Osaka (Japão). Do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo aparecem em 35° e 40° lugar, respectivamente. Entre as demais representantes da América Latina estão Santiago (28° lugar), Buenos Aires (31° lugar), Lima (33° lugar) e Cidade do México (45° lugar).

O que o Índice avalia?

As 50 cidades avaliadas na pesquisa foram escolhidas segundo suas representatividades em nível regional e a disponibilidade de informações em relação às quatro categorias a seguir:

Segurança Digital: Dados de segurança cibernética e a frequência de roubo de identidade são os fatores que permitem medir a segurança digital de uma cidade.

Segurança de Saúde (ou sanitária): A expectativa de vida e a relação de leitos por hospital em comparação com a população da cidade são alguns dos aspectos avaliados nessa categoria.

Segurança de Infraestrutura: A qualidade das vias e o número de fatalidades resultantes de desastres naturais são os aspectos levados em consideração nessa categoria.

Segurança pessoal: Os níveis de delinquência e atividades ilegais, associados ao nível de comprometimento da polícia e a ocorrência de delitos violentos são definidos como os aspectos fundamentais de segurança pessoal em uma cidade.

O Índice avaliou cidades da América do Norte (7), Europa (13), Ásia - Pacífico (18), África e Oriente Médio (6) e América Central e do Sul (6). 

Veja a seguir o resultado geral e a lista de cidades em cada uma das quatro categorias.

RANKING GERAL

© EIU
© EIU

SEGURANÇA DIGITAL

© EIU
© EIU

SEGURANÇA DE SAÚDE

© EIU
© EIU

SEGURANÇA DE INFRAESTRUTURA

© EIU
© EIU

SEGURANÇA PESSOAL

© EIU
© EIU

Via Plataforma Urbana

Cita: Constanza Martínez Gaete. ""The Economist" avalia a segurança em 50 cidades através do Índice de Cidades Seguras 2015" 21 Fev 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/762441/ranking-das-50-cidades-mais-seguras-do-mundo-segundo-a-revista-the-economist> ISSN 0719-8906