O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cinema e Arquitetura: "The Human Scale"

Cinema e Arquitetura: "The Human Scale"

Cinema e Arquitetura: "The Human Scale"

Hoje em dia 50% da população mundial vive em zonas urbanas e no ano 2050 esta porcentagem aumentará para 80%. A vida nas grandes cidades é atrativa e problemática ao mesmo tempo. Hoje enfrentamos o auge do petróleo, o câmbio climático, a solidão e graves problemas de saúde devido ao nosso estilo de vida. Mas por que isso acontece?

Jan Gehl, arquiteto e professor dinamarquês, estudou o comportamento humano nas cidades durante 40 anos. Documentou como as cidades modernas repelem a interação humana e garante que podemos começar a construir cidades de uma maneira que as necessidades humanas da inclusão e intimidade sejam levadas em conta.

Apresentamos o documentário "The Human Scale", do diretor Andreas Dalsgaard. Mais detalhes na continuação.

FICHA TÉCNICA

Direção: Andreas Dalsgaard
Produção: Signe Byrge Sørensen para Final Cut for Real
País: Dinamarca
Ano: Novembro 2012
Duração: 77 min.
Gênero: Documentário

SINOPSE

The Human Scale questiona nossas suposições sobre a modernidade, explorando o que acontece quando colocamos as pessoas no centro de nossas equações.

Durante 40 anos o arquiteto dinamarquês Jan Gehl estudou sistematicamente o comportamento humano nas cidades. Seu ponto de partida foi um interesse nas pessoas, mais que nos edifícios, no que ele chamou de "a vida entre os edifícios".

O que aconteceu para que existissem? Quando se destruíram? Como eles podem se recuperar? Isso o levou a estudar a forma como os seres humanos usam as ruas, como caminham, olham, conhecem, interagem, etc.

Jan Gehl também se vale de estatísticas, mas as perguntas que faz são diferentes. Por exemplo: Quantas pessoas passam por esta rua num período de 24 horas? Qual porcentagem dos que passam são pedestres? Quantos estão conduzindo automóveis ou bicicletas? Quais partes da rua estão autorizados a ocupar os diferentes grupos? A rua está funcionando bem para todos os usuários?

Jan Gehl fez seus primeiros estudos na Itália e mais tarde inspirou o planejamento de Copenhaguen. Suas ideias inspiraram a criação de ruas exclusivas para pedestres, a construção de ciclovias e a re-organização dos parques, praças e outros espaços públicos ao longo da cidade e em muitas outras cidades da região nórdica.

Em todo o mundo cidades como Melbourne, Dhaka, Nova York, Chongqing e Christchurch estão se inspirando na obra de Gehl para imitar o êxito do espaço urbano de Copenhague.

* Mais sobre o documentário no seguinte link.

Sobre este autor
José Tomás Franco
Autor
Cita: Franco, José Tomás. "Cinema e Arquitetura: "The Human Scale"" [Cine y Arquitectura: "The Human Scale"] 27 Dez 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/163849/cinema-e-arquitetura-the-human-scale> ISSN 0719-8906