O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Por que pensar em arranha-céus feitos de madeira?

Por que pensar em arranha-céus feitos de madeira?

Por que pensar em arranha-céus feitos de madeira?
Por que pensar em arranha-céus feitos de madeira?, Cortesia de Michael Green Architecture
Cortesia de Michael Green Architecture

Michael Green alerta para uma drástica mudança de paradigma na construção. Esqueça o aço, concreto e containers; use madeira para erguer arranha-céus urbanos. Em um relatório de 240 páginas - contendo diagramas, plantas, imagens e detalhes - Green descreve um novo modo de projetar e construir edifícios em altura através de madeira maciça, levando em consideração noções equivocadas de segurança contra incêndios, estrutura, sustentabilidade, custo e questões climáticas.

Trecho do relatório, "The Case For Tall Wood Buildings"

A madeira é o material construtivo natural mais significante usado hoje. Quando explorada com responsabilidade, a madeira é uma das melhores ferramentas que arquitetos e engenheiros possuem para reduzir as emissões de gás e armazenar carbono em nossos edifícios. The Case for Tall Wood Buildings expande a discussão sobre o papel da madeira, e especialmente da madeira maciça, no futuro das cidades. Ao buscarmos a energia solar e soluções ecológicas que Thomas Edson falou há 80 anos, devemos considerar que estamos cercados por um material construtivo produzido pela natureza, um material que é renovável, durável e resistente.

O relatório descreve um novo sistema estrutural que desafia pela primeira vez as estruturas de aço e concreto desde sua inserção no projeto de edifícios, há mais de um século. A introdução destas ideias é guiada pela necessidade de encontrar alternativas seguras, neutras em carbono e sustentáveis aos materiais usados hoje em dia na construção civil. O mercado potencial para estas ideias é simplesmente enorme. As soluções propostas apresentam o potencial de revolucionar a indústria da construção, abordar os maiores desafios da mudança climática, urbanização e desenvolvimento sustentável  e contribuir significativamente com as demandas por habitações em todo o mundo.

Leia o relatório completo "The Case For Tall Wood Buildings".

Cortesia de Michael Green Architecture
Cortesia de Michael Green Architecture
Cortesia de Michael Green Architecture
Cortesia de Michael Green Architecture
Cortesia de Michael Green Architecture
Cortesia de Michael Green Architecture

Artigos relacionados:

Michael Green: Por que devemos construir arranha-céus de madeira

Edifício de madeira mais alto do mundo será construído no CanadáThe Timber Tower Research Project: Re-imagining the Skyscraper
Wooden Skyscraper / Berg | C.F. Møller Architects

Sobre este autor
Jose Luis Gabriel Cruz
Autor
Cita: Gabriel Cruz, Jose Luis. "Por que pensar em arranha-céus feitos de madeira?" [The Case For Tall Wood Buildings] 24 Nov 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/154704/por-que-pensar-em-arranha-ceus-feitos-de-madeira> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.