O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. O futuro do transporte ferroviário: Vida em Hiper Velocidade

O futuro do transporte ferroviário: Vida em Hiper Velocidade

O futuro do transporte ferroviário: Vida em Hiper Velocidade
O futuro do transporte ferroviário: Vida em Hiper Velocidade, um pequeno protótipo do Maglev
um pequeno protótipo do Maglev

O Japão, local onde foi inventado o primeiro trem bala do mundo, revelou recentemente planos para um trem ainda mais veloz: um trem flutuante, equipado com ímãs, que viaja 160 km/h mais rápido que o trem bala comum (cerca de 480 km/h). O trem maglev, palavra surgida da ligação de "magnetic levitation" (levitação magnética), viajará entre Tokyo e Osaka -  uma distância estimada em 500 km - custará 64 bilhões de dólares e será concluído em 2045.

Trens de alta velocidade já revolucionaram o transporte nacional e internacional em várias partes do mundo - por exemplo, a China tem um maglev que já chega a 430 km/h - e agora a alta velocidade está se tornando hiper velocidade. No ano passado Elon Musk, CEO da SpaceX e co-fundador do PayPal e Tesla Motors, dividiu com o público seu desejo de patentear um novo modo de transporte - o “Hyperloop”, que levaria passageiros de São Francisco a Los Angeles em apenas 30 minutos.

Então, qual pode ser o futuro do trem? E, mais importante, como afetará nossas cidades e as pessoas que vivem nelas?

Para saber mais sobre o trem maglev e o futuro dos trilhos, continue lendo...

Uma imagem do conceito para o  Aeromovel, um sistema que Elon Musk cita como semelhante ao seu Hyperloop.
Uma imagem do conceito para o Aeromovel, um sistema que Elon Musk cita como semelhante ao seu Hyperloop.

O "Hyperloop", segundo Musk, "não estaria sujeito a acidentes, seria imune ao clima, duas vezes mais rápido do que um avião, quatro vezes se comparado ao trem bala, e - além de tudo - completamente movido a energia solar". Enquanto isso parece uma ideia de ficção científica boa demais para ser verdade, nossos amigos no Business Insider acreditam não haver motivos para que o Hyperloop não possa se tornar realidade com suporte político e financeiro - mas este é o problema.

Na realidade, a tecnologia de levitação magnética em trens tem sido proposta na comunidade científica - e até como uma alternativa ao transporte aéreo - há décadas.

Em 1972, o físico R.M. Salter detalhou um tubo subterrâneo que poderia transportar passageiros de Los Angeles a Nova York em espantosos 21 minutos. O Sistema de Trânsito de Velocidade Muito Alta (Very High Speed Transit System, VHST) consistia em "carros eletromagneticamente levitados e impulsionados em um túnel evacuado" subterrâneo que funcionaria como um vácuo selado e viajaria de ida e volta por todo o país - a cerca de 22 000 km por hora.

o sistema VHST
o sistema VHST

O VHST não só teria um tempo de viagem entre Los Angeles e Nova York 5 horas mais curto que o de um avião, mas seu túnel também eliminaria possibilidades de sabotagem, diminuiria custos, congestionamentos, problemas de separação de classes e poluição sonora.

Se alguns cientistas já pensavam em hiper velocidade em 1972, por que demorou tanto para a tecnologia se tornar realidade?

Salter responsabiliza questões políticas. Ele escreveu: "A História mostrou que alguns projetos óbvios, como um túnel sob o Canal Inglês proposto no tempo de Napoleão, podem ser atrasados por séculos por pressões políticas" - e, evidentemente, dinheiro.

© ArchDaily
© ArchDaily

Japão, que entrou oficialmente no modo de hiper velocidade, mas aparentemente em nenhum outro lugar. Não importa quão atraente seja a ideia, um projeto dessa magnitude demanda suporte político e financeiro para ter sucesso.

Então, apesar da probabilidade da hiper velocidade se tornar em breve a nova forma de transporte ser baixa, ela ainda oferece muito à imaginação. Alta velocidade e hiper velocidade tem a capacidade real de juntar cidades como nunca foi feito. Além disso, seria necessário todo um novo tipo de infraestrutura de apoio ao sistema de transportes. Que aparência teria uma estação de hiper velocidade? Como afetaria outros tipos de transporte ou as nossas cidades? Conte-nos o que você pensa na seção de comentários.

Referências: Co.EXISTBusiness InsiderThe Asahi Shimbun,

Cita: Porada, Barbara. "O futuro do transporte ferroviário: Vida em Hiper Velocidade" [The Future of Train Travel: Life in Hyper-Speed] 08 Jul 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/125749/o-futuro-do-transporte-ferroviario-vida-em-hiper-velocidade> ISSN 0719-8906