O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Tallinn é a primeira capital europeia a ter transporte público gratuito

Tallinn é a primeira capital europeia a ter transporte público gratuito

Tallinn é a primeira capital europeia a ter transporte público gratuito
Tallinn é a primeira capital europeia a ter transporte público gratuito, Centro de Tallinn, Estônia. © joost boers; via Flickr. Used under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>Creative Commons</a>
Centro de Tallinn, Estônia. © joost boers; via Flickr. Used under Creative Commons

Texto por Constanza Martínez Gaetevia Plataforma Urbana. Tradução Archdaily Brasil.

Desde o início deste ano, Tallinn, capital da Estônia, está estabelecendo um verdadeiro precedente para o transporte na Europa. Acontece que para reduzir a poluição, decidiu-se que seu sistema de transporte público seria gratuito para os 420 mil habitantes. Assim, a cidade tornou-se a primeira capital europeia a adotar essa medida.

Cada vez que uma pessoa sobe em um ônibus, bonde ou ônibus elétrico, deve apresentar um “Bilhete Verde”, criado especialmente para validar a viagem gratuita. Com um custo de € 2, ele certifica a residência de cada passageiro.

Tallinn, Estônia. © markhealey; via Flickr. Used under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>Creative Commons</a>
Tallinn, Estônia. © markhealey; via Flickr. Used under Creative Commons

Segundo cálculos do município de Tallinn, o número de habitantes aumentou em 3.686 pessoas durante 2012 – número que continua crescendo – o que permitiu aumentar os impostos e financiar esta medida. Assim mesmo, o benefício tem gerado interesse entre as pessoas que reivindicam Tallinn como sua residência de verão, mudando-se para a cidade como residência permanente, para fazer uso do Cartão Verde.

Com este incremento na arrecadação de imposto, podem-se cobrir os gastos por €12,4 milhões que se obtinha em passagens, representando 23% do custo anual que gera o transporte público na cidade.

Tallinn, Estônia. © bill barber; via Flickr. Used under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>Creative Commons</a>
Tallinn, Estônia. © bill barber; via Flickr. Used under Creative Commons

O vice-prefeito da cidade, Taavi Aas, referiu-se a esta política e disse que “tivemos esta ideia há apenas um ano e descobrimos que desde as primeiras semanas, o número de pessoas que usaram o transporte público aumentou, então decidimos aumentar o número de ônibus em serviço”.

Segundo Pavel Ilmajary, habitante de Tallin, este benefício é “tão novo que muitas vezes esqueço-me de fazer (...). Mas não vou reclamar, a gratuidade dos transportes é muito prática e gosto muito".

Mas nem todos os passageiros manifestaram-se de acordo com a política, especialmente quem vive nas zonas rurais e em outras cidades, pois não podem certificar uma residência no município. Este é o caso de Eve, estudante de 26 anos, que declarou que para ela, “o transporte público não é gratuito. Esta medida é muito injusta para os que não moram em Tallinn. Nas zonas rurais as pessoas geralmente ganham menos dinheiro do que na capital”.

Tallinn, Estônia. © paula soler-moya; via Flickr. Used under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>Creative Commons</a>
Tallinn, Estônia. © paula soler-moya; via Flickr. Used under Creative Commons

Por isso, os habitantes de outras áreas deverão continuar pagando €1,60 por cada passagem e, quem for flagrado no transporte público sem ter pago, poderá receber multas de até €60.

A medida, que busca reduzir a poluição, também aponta a desestimular o uso dos automóveis, pois, segundo Toomas Pirn, porta-voz do município, “os estudos mostram que são eles os que mais poluem”. Mas, sem dúvidas, a meta mais ambiciosa para esta cidade é converter-se em 2014, como a Capital Verde da Europa, categoria outorgada pela Comissão Europeia e que este ano foi dada para Nantes (França).

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Victor Delaqua
Autor
Cita: Victor Delaqua. "Tallinn é a primeira capital europeia a ter transporte público gratuito" 20 Abr 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/109674/tallinn-e-a-primeira-capital-europeia-a-ter-transporte-publico-gratuito> ISSN 0719-8906