1. ArchDaily
  2. Victoria And Albert Museum

Victoria And Albert Museum: O mais recente de arquitetura e notícia

A transformação do museu: do gabinete de curiosidades às exposições

Abrigando objetos de importância artística, cultural, histórica e científica, o termo ‘museu’ é derivado do latim. No que diz respeito à antiguidade clássica, em grego antigo ‘mouseion’, que significa ‘conjunto de musas’, era uma instituição filosófica, um lugar para contemplação e pensamento. Essas musas referem-se às 9 musas da mitologia grega, as deusas das artes e das ciências e patronas do conhecimento. As origens dos primeiros museus vêm de coleções particulares de famílias, indivíduos ou instituições ricas, exibidas em “gabinetes de curiosidades” e muitas vezes em templos e locais de culto. Entretanto, estas “coleções” são antecessoras do museu moderno. Elas não buscavam categorizar e exibir racionalmente suas coleções, como as exposições que vemos hoje.

Em definição, o museu moderno é um edifício ou instituição que cuida ou exibe uma coleção de artefatos de importância cultural, histórica, científica ou artística. Por meio de exposições permanentes e temporárias, a maioria dos museus públicos disponibiliza esses artefatos para visualização e, muitas vezes, procuram conservar e documentar sua coleção, para atender tanto à pesquisa quanto ao público em geral. Em essência, os museus abrigam coleções importantes, sejam elas em pequena ou grande escala.

A transformação do museu: do gabinete de curiosidades às exposiçõesA transformação do museu: do gabinete de curiosidades às exposiçõesA transformação do museu: do gabinete de curiosidades às exposiçõesA transformação do museu: do gabinete de curiosidades às exposições+ 11

Açúcar, cravo e canela: Norman Foster e ZHA criam o paraíso dos biscoitos de Natal

Os principais escritórios de arquitetura de Londres, incluindo Foster + Partners e Zaha Hadid Architects, foram tomados pelo espírito natalino para criar mais de 60 estruturas em escala feitas de biscoitos de natal, formando uma cidade comestível em miniatura. A iniciativa, intitulada Gingerbread City, tem curadoria do Museu de Arquitetura de Londres e estará em exibição no Museu Victoria & Albert até o dia 6 de janeiro.

De acordo com o The Daily Mail, a cidade de açúcar inclui blocos de torres futuristas, instalações esportivas e um moderno abrigo para os sem-teto projetados pela Holland Harvey Architects. As delícias arquitetônicas foram construídas usando diversos ingredientes da confeitaria, incluindo alcaçuz, balas de goma e cerejas.

Açúcar, cravo e canela: Norman Foster e ZHA criam o paraíso dos biscoitos de NatalAçúcar, cravo e canela: Norman Foster e ZHA criam o paraíso dos biscoitos de NatalAçúcar, cravo e canela: Norman Foster e ZHA criam o paraíso dos biscoitos de NatalAçúcar, cravo e canela: Norman Foster e ZHA criam o paraíso dos biscoitos de Natal+ 6

7 Instalações para visitar no London Design Festival de 2018

O London Design Festival de 2018 acaba de ser inaugurado, a 16º edição do já famoso festival londrino de design. Aberto ao público entre os dias 15 e 23 de setembro, o Festival conta com uma série de obras espalhadas por toda a cidade, incluindo projetos como a biblioteca móvel projetada por Snøhetta e outros tantos trabalhos instalados no V&A, no ano em que o museu comemorar seu 10º aniversário como o centro oficial do Festival.

Abaixo, compilamos uma lista com os projetos colaborativos que serão apresentados ao longo desta semana, incluindo investigações à respeito das mudanças climáticas e poluição dos oceanos, além de outros eventos relacionados ao cubismo e a música clássica.

V&A Museum seleciona Diller Scofidio + Renfro para projetar o V&A East Olympic Park Center

O escritório Diller Scofidio + Renfro venceu o concurso internacional para o novo centro de pesquisa e arte do Victoria and Albert Museum (V&A) que será construído no Queen Elizabeth Olympic Park, a leste de Londres.

Projetado em colaboração com Austin-Smith: o projeto busca ampliar o acesso público a coleções de arte, design e performance que não estão atualmente em exibição. O projeto faz parte do V&A East, uma iniciativa que também inclui um novo museu planejado para o Stratford Waterfront, projetado pelos vencedores da medalha de ouro do RIBA, O'Donnell + Tuomey.

Instalação faz uso de energia eólica na Bienal de Design de Londres

Neste vídeo da CNN Style, os designers Edward Barber e Jay Osgerby discutem a instalação Forecast, uma obras movida pela energia dos ventos criada em colaboração com o V&A Museum para a primeira Bienal de Design de Londres. Com o objetivo de ajudar os cidadãos a encontrarem seu caminho "em um tempo de turbulência", a instalação responde ao tema da Bienal "Utopia by Design".

Instalação faz uso de energia eólica na Bienal de Design de LondresInstalação faz uso de energia eólica na Bienal de Design de LondresInstalação faz uso de energia eólica na Bienal de Design de LondresInstalação faz uso de energia eólica na Bienal de Design de Londres+ 7

Instalação com Cadeiras Mimetizadas / Nendo

© Daici Ano