Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Técnicas E Materiais Construtivos

Técnicas E Materiais Construtivos: O mais recente de arquitetura e notícia

75 Tipos de madeira classificadas por dureza

Já se perguntou quais são as madeiras mais duras e macias do mundo? Como arquitetos, estamos todos muito familiarizados com a mais macia: Balsa. Suas qualidades materiais são o que a tornam tão atraentes para fazer maquetes. Mas e a madeira mais dura do mundo? Já ponderou quantos quilos de força elas podem suportar?

Esta impressora 3D projetada especialmente para arquitetos é muito fácil de usar

Você, por acaso,já passou horas calibrando o bocal de uma impressora 3D ou preparando um arquivo para impressão, para depois descobrir que o modelo deu errado devido a uma parede sem espessura? Com isso em mente, a Platonics Ark - uma impressora 3D atualmente em desenvolvimento em Helsinque, na Finlândia - tem um objetivo simples: remover todos os processos desnecessários de configuração e técnica por meio de automação inteligente e, assim, reduzir muito o tempo que arquitetos e designers passam calibrando as impressoras ou ajustando os arquivos para exportar.

© Platonics © Platonics © Platonics © Platonics + 9

Construa uma estrutura de LEGO em escala real com os blocos EverBlock

via Wired
via Wired

Arnon Rosan, entusiasta dos blocos LEGO, criou um modelo de bloco intertravado que permite a construção de estruturas em escala real. O "EverBlock" é um sistema modular de blocos de polipropileno que podem ser empilhados para formar peças de mobiliário, instalações ou mesmo abrigos. Segundo a Wired, os blocos são produzidos em 14 cores diferentes e três dimensões.

"Cada módulo foi projetado para se conectar facilmente com as partes acima e abaixo usando um ajuste de pressão que cria uma conexão forte entre os blocos. Devido ao sistema único de encaixes, é possível escalonar os EverBlocks para criar todos os tipos de padrão."

Mediated Matter Group cria plataforma 3D que imprime vidro com alta precisão

Vidro é um material que pode ser moldado, soprado, banhado, aglomerado e agora impresso através de impressoras 3D. Neri Oxman e seu Mediated Matter Group divulgaram sua nova plataforma de impressão com vidro: a G3DP - Additive Manufacturing of Optically Transparent Glass. Desenvolvido em colaboração com o Glass Lab do MIT, G3DP é a primeira impressora do tipo e pode imprimir vidro opticamente transparente com precisão impressionante.

"G3DP é uma plataforma de produção aditiva projetada para imprimir vidro opticamente transparente", comentou Oxman ao ArchDaily. "As diferenças de tonalidade permitida pela variação geométrica e óptica em função da forma, transparência e cor podem definir, limitar ou controlar a transmissão, reflexão e refração da luz, e, portanto, trazem implicações significativas para todos os produtos que envolvem o uso do vidro: fachadas otimizadas para o ganho solar, dispositivos de iluminação com geometrias personalizadas e espessuras variadas, e assim por diante."

Má execução do Museu da Cultura de Milão leva David Chipperfield a se dissociar do projeto

A baixa qualidade e a má aplicação do piso de pedra do novo Museu da Cultura em Milão levou o arquiteto David Chipperfield a se dissociar do edifício. Acusando os responsáveis de terem cortado recursos para a compra dos materiais, o arquiteto britânico exige que seu nome seja removido do projeto, dizendo que o edifício é agora um "museu de horrores" e um "desfecho patético para um trabalho de 15 anos" devido a baixa qualidade da pavimentação.

Por sua vez, a Prefeitura de Milão disse que a escolha dos materiais foi feita com base nos "impostos pagos pelos contribuintes", e continuou, dizendo que, de acordo com o conselheiro Filippo del Corno, Chipperfield se mostrou "não razoável e impossível de agradar".

Emerging Objects cria pavilhão através de impressão 3D com cimento

Na sequência de outras experimentações com impressão 3D, como por exemplo a casa "impressa" com sal e a coluna inspirada em técnicas incas que resiste a terremotos, o estúdio californiano Emerging Objects desenvolveu o Bloom, um pavilhão construído a partir de 840 blocos únicos, impressos com cimento portland.

O pavilhão de 2,7 metros de altura apresenta uma planta cruciforme, porém, sua geometria muda à medida que a construção se eleva, rotacionando gradativamente a planta em 45 graus. Na fachada, perfurações são mapeadas nos blocos de cimento para criar um padrão inspirado nas tradicionais flores tailandesas.

© Matthew Millman Photography © Matthew Millman Photography © Matthew Millman Photography © Matthew Millman Photography + 16

Harmonia 57 / Triptyque

© Nelson Kon © Nelson Kon © Nelson Kon © Nelson Kon + 39

Sao Paulo, Brasil
  • Arquitetos: Triptyque
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  500.0
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2008