1. ArchDaily
  2. St. Petersburg

St. Petersburg: O mais recente de arquitetura e notícia

Segundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na Rússia

O escritório de arquitetura escocês Kettle Collective divulgou seu projeto para um arranha-céu de 703 metros de altura em São Petersburgo, Rússia, que será o segundo edifício mais alto do mundo depois do Burj Khalifa de Dubai. O Lakhta Center II será construído ao lado do Lakhta Center, atualmente o edifício mais alto da Europa e sede da empresa de energia Gazprom.

Segundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na RússiaSegundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na RússiaSegundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na RússiaSegundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na Rússia+ 5

Coop Himmelb (l) projeta Arena e Parque CKA inspirados no construtivismo russo

O escritório de arquitetura Coop Himmelb(l)au, com sede em Viena, ganhou uma competição internacional para redesenhar a Arena e Parque de Hóquei no Gelo CKA em São Petersburgo, Rússia. O projeto do complexo é inspirado na arquitetura construtivista russa, uma época que redefiniu a arquitetura com as obras de Tatlin e El Lissitzky e removeu as limitações de construção e movimento. A estrutura e o layout geral da arena são baseados no “Monumento à Terceira Internacional” de Tatlin, onde é traduzido como o movimento dinâmico e fluido de uma pessoa patinando pelo estádio.

Coop Himmelb (l) projeta Arena e Parque CKA inspirados no construtivismo russo Coop Himmelb (l) projeta Arena e Parque CKA inspirados no construtivismo russo Coop Himmelb (l) projeta Arena e Parque CKA inspirados no construtivismo russo Coop Himmelb (l) projeta Arena e Parque CKA inspirados no construtivismo russo + 9

Arranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper Award

O arranha-céu Lakhta Center, em São Petersburgo, Rússia, foi reconhecido com o Emporis Skyscraper Award. Com 462 metros de altura e projetado pela GORPROJECT e RMJM, este é o décimo quarto edifício mais alto do mundo. Construído em uma latitude de baixas temperaturas, o edifício conta com um sistema de fachada dupla que garante o conforto ambiental em seu interior. O projeto foi selecionado por um júri internacional entre mais de 700 arranha-céus concluídos em 2019 com altura mínima de 100 metros.

Arranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper AwardArranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper AwardArranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper AwardArranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper Award+ 9

"Pier Park" de Rogers Partners, Ken Smith e ASD é aprovado pelo Conselho Municipal de St. Petersburg

O Conselho Municipal de St. Petersburg aprovou a proposta de Rogers Partners, Ken Smith e ASD para a remodelação do "Pier Park", destinando fundos para a demolição do píer atual e início das novas obras. O projeto, selecionado a partir de um concurso organizado pela cidade, substituirá "um ícone em envelhecimento" - uma estrutura piramidal invertida dos anos 1970 que ocupa a cabeceira do píer - e foca em integrar programas flexíveis e comunitários em toda a extensão do píer e seu entorno.

"Cada uma das incarnações passadas do píer teve sua própria série de programas e usos, alguns mais ambiciosos que outros", comentou John Curran, diretor do ASD e chefe de projeto do novo píer.

Rogers Partners e ASD são selecionados para reprojetar o Pier St. Petersburg

O consórcio entre os escritórios ASD, Rogers Partners Architects+Urban Designers e Ken Smith Landscape Architect foi selecionado como vencedor do segundo concurso para o redesenho do Píer St. Petersburg. Escolhido após a cidade de Tampa deixar de implementar a proposta de Michael Maltzen Architecture devido à forte oposição do público, a nova proposta vencedora, intitulada "Pier Park", assume uma abordagem mais modesta e acessível, focando mais na experiência das pessoas que na intervenção arquitetônica em si.

Saiba mais sobre a proposta de US$ 46 milhões, a seguir.

3 finalistas do concurso para reprojetar o Píer de St. Petersburg

Após selecionar oito propostas pré-finalistas para o Píer St. Petersburg, o comitê do concurso reduziu para três o número de projetos finalistas. Embora as propostas variem muito em termos estéticos, todos os finalistas abordaram o projeto como uma oportunidade de expressar o passado e, ao mesmo tempo, incorporar formas modernas e programas públicos.

No último dia 23 o comitê do concurso realizou um encontro público no qual os finalistas apresentaram seus projetos. Dê uma olhada nas três propostas, a seguir.

OfficeUS propõe museu flutuante para o concurso Guggenheim Helsinki

Quando visitar as galerias do Guggenheim Helsinki, talvez você precise de coletes salva-vidas. Este projeto desenvolvido para o concurso Guggenheim Helsinki propõe um museu flutuante que viaja de São Petersburgo a Tallinn e, finalmente, Helsinki. Concebido como um projeto hipotético, a equipe do OfficeUS aprofundou a noção de transitoriedade no novo mundo do "turismo arquitetônico". A descrição diz: "O museu desenvolve uma infraestrutura completamente nova, oferecendo os benefícios fiscais estratégicos de armazenamento de obras de arte em trânsito, ao mesmo tempo que elabora exposições com algumas das mais importantes obras de arte e design modernos." As exposições incluem (hipoteticamente) obras de Olafur Elliasson, Yves Klein e Thomas Demand.