Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Segregacao

Segregacao: O mais recente de arquitetura e notícia

O seu celular tem muito o que dizer sobre segregação urbana

12:00 - 3 Dezembro, 2018
O seu celular tem muito o que dizer sobre segregação urbana, Segregação espacial em Santiago segundo pesquisa de Dannemann, Sotomayor-Gómez e Samaniego.Image © Teodoro Dannemann, Boris Sotomayor-Gómez y Horacio Samaniego
Segregação espacial em Santiago segundo pesquisa de Dannemann, Sotomayor-Gómez e Samaniego.Image © Teodoro Dannemann, Boris Sotomayor-Gómez y Horacio Samaniego

Independentemente de onde você mora ou trabalha e com quem você interage, você geralmente passa pelos mesmos bairros e ruas da sua cidade. Seja em Santiago, Madri, Xangai ou Nova Iorque, certamente há bairros onde você nunca esteve, não importa o quanto você tenha vivido toda a sua vida na mesma cidade. Você realmente já pensou em quantas cidades existem na sua cidade?

Um artigo escrito por pesquisadores chilenos e publicado recentemente na Royal Society Open Science aposta no big data para analisar e visualizar a segregação urbana, oferecendo ferramentas espaciais que nos permitem planejar em uma "cidade de muitas cidades". "Sabemos que Santiago tem bolhas e que há segregação", diz Teodoro Dannemann, co-autor da pesquisa, em conversa com o ArchDaily via e-mail. "Sabemos que cada indivíduo explora apenas uma pequena parte da cidade, que é basicamente o percurso casa-trabalho, o que significa que apenas interagimos com um pequeno grupo de cidadãos", acrescenta.

Notas para um manifesto. Fórum Alternativo ao Habitat III (Parte II) / Jordi Borja

12:00 - 22 Novembro, 2016
Notas para um manifesto. Fórum Alternativo ao Habitat III (Parte II) / Jordi Borja, © David Adam Kess (CC BY-SA 3.0)
© David Adam Kess (CC BY-SA 3.0)

*Texto desenvolvido pelo autor no marco do Fórum Alternativo ao Habitat III, que foi realizado entre 17 e 20 de outubro na cidade de Quito, paralelamente ao Habitat III.

Acesse a primeira parte do artigo nesse link

Notas para um manifesto. Fórum Alternativo ao Habitat III (Parte I) / Jordi Borja

12:00 - 3 Novembro, 2016
Notas para um manifesto. Fórum Alternativo ao Habitat III (Parte I) / Jordi Borja, © flickr user anijdam (CC BY 2.0)
© flickr user anijdam (CC BY 2.0)

*Texto desenvolvido pelo autor no marco do Fórum Alternativo ao Habitat III, que foi realizado entre 17 e 20 de outubro na cidade de Quito, paralelamente ao Habitat III.

Mudanças recentes na periferia de Buenos Aires

12:00 - 13 Outubro, 2016
Mudanças recentes na periferia de Buenos Aires, © Guillermo Tella
© Guillermo Tella

As normativas urbanísticas, em conjunto a outros tipos de medidas e políticas com forte incidência espacial postas em prática na última ditadura cívico militar argentina entre os anos 1976 e 1983, tanto na cidade como na província de Buenos Aires, conjugaram-se para exercer um papel essencial na configuração metropolitana, deixando uma marca territorial característica que se manifesta imediatamente na tomada do governo por parte das Forças Armadas e se aprofunda ao final da década de 1970, quando os marcos normativos anteriormente sancionados começam a evidenciar efeitos mais profundos.

O automóvel e a cidade / Ermínia Maricato

12:00 - 23 Setembro, 2016
O automóvel e a cidade / Ermínia Maricato, Congestionamento no Vale do Anhagabaú. Image © Henrique Boney (CC BY-SA 3.0)
Congestionamento no Vale do Anhagabaú. Image © Henrique Boney (CC BY-SA 3.0)

Este artigo foi publicado originalmente na Revista Ciência & Ambiente 37, páginas 5-12, 2008.

“…o carro tornou a cidade grande inabitável. Tornou-a fedorenta , barulhenta asfixiante, empoeirada, congestionada, tão congestionada que ninguém mais quer sair de tardinha.”
André Gorz

Estatuto da Cidade: quinze anos se passaram, mas o Brasil urbano continua desigual e excludente / Lessandro Lessa Rodrigues

12:00 - 15 Abril, 2016
Estatuto da Cidade: quinze anos se passaram, mas o Brasil urbano continua desigual e excludente / Lessandro Lessa Rodrigues, Cidade de Belo Horizonte desde o Mirante das Mangabeiras. Image © Lessandro Lessa Rodrigues
Cidade de Belo Horizonte desde o Mirante das Mangabeiras. Image © Lessandro Lessa Rodrigues

Quinze anos após sua aprovação no Congresso Nacional o que se percebe é que as desigualdades presentes no Brasil urbano continuam as mesmas da época em que o Estatuto da Cidade era bravamente discutido e enormemente desejado por toda uma geração de arquitetos e urbanistas. Sua aprovação em 2001 representou um sopro de esperança para aqueles que sonhavam com um Brasil urbano menos desigual e excludente. Diretrizes e instrumentos urbanísticos avançados foram discutidos durante mais de uma década no Congresso Nacional até sua aprovação pela Lei Federal 10.257/2001. Entretanto, uma série de situações levou o Estatuto a falhar na sua luta pela construção de um espaço urbano menos desigual no país.

A arquitetura da segregação

15:00 - 9 Setembro, 2015
A arquitetura da segregação, © Oscar Ruiz
© Oscar Ruiz

Em um recente artigo a equipe editorial do jornal The New York Times argumenta que a batalha contra a discriminação imobiliária [housing discrimination] e a segregação racial nos Estados Unidos está "longe de terminar". Isso após 50 anos da criação do Departamento Federal de Habitação e Desenvolvimento Urbano e 47 anos depois da aprovação da lei federal Fair Housing Act, que protege o vendedor ou comprador de uma propriedade de sofrer qualquer tipo de discriminação (racial, etária, de gênero etc.).

A desigualdade econômica "está atualmente aumentando em todo o país: à medida que mais famílias de minorias se encontram presas em bairros marcados pela pobreza, sem habitações, escolas ou trabalhos dignos e com poucas opções de sair dessas condições", comenta o editorial, advertindo, no entanto, que esta situação "não aconteceu por acidente".

Saiba mais a seguir.

Segregação urbana em 6 fotografias: desigualdade vista de cima

15:00 - 1 Junho, 2014
Segregação urbana em 6 fotografias: desigualdade vista de cima, Via macacovelho.com.br. ImageVilla 31, Buenos Aires - Argentina
Via macacovelho.com.br. ImageVilla 31, Buenos Aires - Argentina

Diz-se que o mundo está cada vez mais desenvolvido quando na realidade está, inegavelmente, mais tecnológico e globalizado. Contudo, parece arriscado falar em desenvolvimento quando os avanços não se apresentam em todos os lugares nem para todos os habitantes.

Num panorama tão desigual, uma seleta parte da população global desfruta dos ditos avanços, ao passo que um enorme contingente vive abaixo da linha de pobreza sem as menores condições de infraestrutura.

Tais contrastes passam muitas vezes despercebidos no cotidiano da cidade, entretanto, estão estabelecidos numa relação díptica com o traçado urbano, sendo, ao mesmo tempo causa e consequência de profundas marcas no desenho da cidade. No Brasil, por exemplo, temos as favelas e comunidades pobres que contrastam com a arquitetura de edifícios e casas de classe média alta, planejados e construídos com os recursos necessários.