Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Se Arch

Se Arch: O mais recente de arquitetura e notícia

SEArch+ e Apis Cor levam o primeiro prêmio no 3D-Printed Habitat Competition da NASA

O SEArch+ e o Apis Cor ganharam o primeiro prêmio no 3D-Printed Habitat Competition da NASA. O concurso foi realizado com o principal objetivo de incentivar os arquitetos e engenheiros a explorarem alternativas e possibilidades para a construção de estruturas habitáveis fora do Planeta Terra. As arquitetas do Space Exploration Architecture (SEArch+), um escritório com sede em Nova Iorque voltado ao design e a pesquisa espacial, desenvolveram um projeto que utiliza apenas recursos locais para a sua construção, isto é, uma arquitetura impressa em 3D no local, seja em Marte ou na Lua.

Liderado pela co-fundadora do SEArch+, Melodie Yashar, o projeto chamado de  MARS X HOUSE seria inteiramente construído no local através do auxílio de robôs automatizados. A unidade habitável foi concebida para abrigar uma tripulação de quatro pessoas ao longo de um ano terrestre e foi projetada para garantir o bem estar e a saúde física e mental humana, integrando interior e exterior através de grandes aberturas e muita iluminação natural.

© SEArch+ © SEArch+ © SEArch+ © SEArch+ + 15

Animação transforma o projeto "The Iceberg" em um paraíso para pinguins

Nesta animação feita pela produtora francesa 11h45, os pinguins conquistaram o edifício conhecido como "The Iceberg", eleito o melhor projeto de habitação no prêmio Building of The Year 2015, do ArchDaily. Imaginando o edifício literalmente como um iceberg, os cineastas transformaram o projeto de SeARCH + CEBRA + JDS + Louis Paillard Architects em um país das maravilhas antárticas, onde os pinguins poderiam escorregar, deslizar e mergulhar as linhas geométricas da estrutura.

Vale a pena investir em uma boa arquitetura? O caso do 'Iceberg' em Aarhus, Dinamarca

Muitas vezes se escuta que a arquitetura somente encarece os projetos. Que os arquitetos agregam uma série de complexidades - arbitrárias e caprichosas - que poderiam se evitadas a fim de diminuir os custos e que o projeto continuaria funcionando exatamente igual sem todas elas. Isso acontece em todos os casos?

Mesmo que possivelmente mais rentáveis desde o ponto de vista econômico, os seres humanos não parecem ser felizes habitando frias 'caixas' de concreto; sem receber a luz solar ou a brisa do vento quando necessário; ou em bairros inseguros onde não existe a possibilidade de reunir-se com amigos e familiares ao ar livre. A qualidade na arquitetura é um valor que, cedo ou tarde, devolverá algo em troca.

A chave está no equilíbrio e um bom desenho nunca será completo se não for eficiente para além do ponto de vista econômico. Como, então, alcançar esse ideal? Revisamos o processo de desenho do 'Iceberg' em Aarhus, Dinamarca: um projeto que conseguiu convencer as autoridades e investidores ao propor um desenho de alto impacto e um orçamento limitado, que em sua forma procura responder totalmente o objetivo de garantir a qualidade de vida dos seus usuários e vizinhos.

O Iceberg, Maquete. Imagem © José Tomás Franco Mikkel Frost, Sócio Fundador de CEBRA, explicando 'O Iceberg' durante o Tour de Imprensa do The Architecture Project. Imagem © José Tomás Franco O Iceberg / CEBRA + JDS + SeARCH + Louis Paillard Architects. Imagem © José Tomás Franco O Iceberg / CEBRA + JDS + SeARCH + Louis Paillard Architects. Imagem © José Tomás Franco + 15

SeARCH vence concurso habitacional em Paris

Sediado em Amsterdã, SeARCH venceu o concurso com colaboração do Atelier Phileas e o LA architectures para projetar um bloco habitacional no novo distrito Rive Gauche de Paris. Com cada escritório focado em um edifício, o projeto resultou na combinação de três arranha-céus interligados unificados por uma "faixa verde", "cortando da linha do horizonte" e uma expressão comum na função projetada nas fachadas. Juntos, eles ofereceram 55 apartamentos unifamiliares, 180 apartamento para estudantes, 75 apartamentos de renda média, escritórios, uma área comercial e um estacionamento público no subsolo.

Clouds AO e SEArch vencem o concurso "Mars Habitat" da NASA com proposta em impressão 3D

A NASA, que recentemente confirmou a evidência de água corrente em Marte, declarou que os escritórios SEArch (Space Exploration Architecture) e Clouds AO (Clouds Architecture Office) venceram o concurso 3D Printed Habitat. Patrocinado pela NASA e pela America Makes, as equipes foram convidadas a usar materiais nativos e técnicas de impressão 3D para construir um habitat para quatro astronautas em Marte. A proposta vencedora, Ice House, foi premiada com US$25 mil e superou outras 30 finalistas.

"Reconhecendo que a água é o alicerce para a vida, a equipe usou a ideia de 'seguir a água' para abordar conceitualmente o local e construir seu projeto", disseram SEArch e Clouds AO. "[Nossa] proposta se destacou como uma das poucas a não para enterrar o habitat no subsolo, através da abundância antecipada de uma superfície de gelo na região norte que cria um escudo de gelo fino e vertical capaz de proteger o habitat da radiação enquanto celebra vida acima do solo. "

Embaixada da Holanda na Etiópia / SeARCH