Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Ricardo Flores

Ricardo Flores: O mais recente de arquitetura e notícia

Primeira participação do Vaticano na Bienal de Veneza: Pavilhão da Santa Sé

Aerial view. Imagem © Laurian Ghinitoiu
Aerial view. Imagem © Laurian Ghinitoiu

A 16ª edição da Bienal de Arquitetura de Veneza traz pela primeira vez a participação do Vaticano. Com seu pavilhão da Santa Sé, a cidade-estado convidou arquitetas e arquitetos a projetarem capelas que, após a Bienal, serão relocadas em diferentes partes do mundo.

Localizadas em uma área arborizada na ilha veneziana de San Giorgio Maggiore, dez capelas projetadas por arquitetos como Norman Foster, Eduardo Souto de Moura e Carla Juaçaba se unem a uma décima primeira projetada pelo escritório MAP Architects. Esta última serve como um prelúdio para as demais capelas, ao mesmo tempo que reflete sobre o projeto de Gunnar Asplund para a Capela Woodland, de 1920.

Dez arquitetos projetam capelas para o Vaticano na Bienal de Veneza 2018

Este ano, o Vaticano participará pela primeira vez da Bienal de Arquitetura de Veneza - e o fará através da construção de dez capelas projetadas por dez arquitetos de diferentes partes do mundo. A notícia foi confirmada pelos jornais paraguaios ABC e Última Hora, que revelaram o nome de Javier Corvalán, arquiteto paraguaio, entre os participantes.

A escolha dos arquitetos foi feita por Francesco Dal Co, historiador italiano de arquitetura e curador do pavilhão do Vaticano. As capelas deverão se projetadas de modo que possam, ao fim da Bienal, ser transportadas a diferentes locais do mundo, de acordo com a demanda por espaços de culto. 

Os arquitetos selecionados são: