Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Habitação De Interesse Social

Habitação De Interesse Social: O mais recente de arquitetura e notícia

Isay Weinfeld projeta Minha Casa Minha Vida no centro de São Paulo

Conhecido por projetos voltados às classes mais abastadas de São Paulo e do exterior, Isay Weinfeld tem, surpreendentemente, entre sua carteira de projetos em andamento um edifício de habitação de interesse social para o programa Minha Casa Minha Vida. Localizado em São Paulo, de frente ao Elevado Presidente João Goulart - talvez, em breve, Parque Minhocão - o empreendimento tem como público a faixa conhecida como HIS 2, isto é, famílias que recebem até seis salários mínimos.

Projetar para quem? Uma reflexão necessária

De acordo com dados divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU, 2017), a população mundial atingiu 7,6 bilhões de habitantes, sendo que mais da metade (54%) vive em áreas urbanas. No Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2010) são 84,4% de pessoas morando em cidades.

Profissionais da arquitetura poderão solicitar financiamento imobiliário a bancos

A Secretária Nacional de Habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional e o Conselho Nacional de Arquitetura e Urbanismo (CAU/BR) definiram, em reunião realizada esta semana em Brasília, a criação de métodos que permitam a arquitetos e urbanistas participarem diretamente de financiamentos imobiliários em todo o país. O acordo, no entanto, ainda não foi firmado e os procedimentos deverão ser desenvolvidos conjuntamente com agentes financeiros.

Prefeitura do Rio institui assistência técnica em habitação de interesse social proposta por Marielle Franco

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, sancionou projeto de lei n° 642-A de 2017, de autoria da ex-vereadora Marielle Franco, que institui a assistência técnica pública e gratuita para projeto e construção de habitação de interesse social às famílias com renda mensal de até três salários mínimos na capital fluminense.

Fórum Regional de ATHIS e Extensão Universitária

Gratuito e aberto ao público, principalmente para os estudantes de arquitetura e urbanismo, o “Fórum de Assistência Técnica (ATHIS) e Extensão Universitária em Habitação de Interesse Social: Atuação Integrada no Espaço Urbano” acontecerá entre os dias 16 a 19 de maio de 2019.

Promovido pelo Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos (CGGDH) em parceria com Entre:FAUs (coletivo de estudantes das Faculdades de Arquitetura e Urbanismo da Região Metropolitana de São Paulo), Instituto dos Arquitetos do Brasil de São Paulo e FAU Mackenzie, este projeto provém de parceria firmada com o CAU/SP, através do Termo de Fomento do chamamento público

II Pré-Fórum Regional de ATHIS e Extensão Universitária "Passado, Presente e Futuro"

Estão abertas as inscrições para o II Pré-Fórum Regional de ATHIS e EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA.

O Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos e a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em parceria com a coordenação do “Fórum Regional de ATHIS e Extensão Universitária: Atuação Integrada no Espaço Urbano” realizará a RODA DE CONVERSA: II Pré-Fórum Regional de ATHIS e EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA “PASSADO, PRESENTE E FUTURO”, na quarta-feira 23/04, das 18:30 às 21:30, no saguão do Prédio 9 da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie. Evento integrará a Semana de Atividades Programadas do PPGAU-UPM.

O objetivo deste evento é entender experiências

Vigliecca & Associados vence concurso internacional para habitação social em Bogotá

O escritório Vigliecca & Associados foi eleito vencedor de um concurso internacional em Bogotá promovido pela Compensar, serviço social da Colômbia, junto a Universidade de Los Andes. Realizado em duas fases, o concurso contou com a participação de escritórios convidados da Espanha, Reino Unido, Portugal, Holanda e Bélgica, além da Colômbia, e visava selecionar a melhor proposta para um conjunto residencial de interesse social.

WRI Brasil lança publicação online gratuita sobre sustentabilidade em Habitação de Interesse Social

O WRI Brasil lançou uma publicação online gratuita com informações sobre os benefícios, custos e barreiras da adoção de medidas de sustentabilidade em empreendimentos habitacionais de interesse social. Produzida conjuntamente por Lara Caccia, Henrique Evers, Luana Betti e Camila Schlatter, a pesquisa examina ações e tecnologias simples e de baixo custo relacionadas a redução de consumo de água e energia elétrica nas edificações.

Barcelona aumentará a construção de habitação social para lutar contra a gentrificação

A cidade de Barcelona permanece firme em sua luta contra os processos especulativos e a gentrificação que atualmente estão aumentando a desigualdade de oportunidades que a população encontra para acessar uma moradia digna e economicamente viável.

Neste sentido, a Comissão de Ecologia, Urbanismo e Mobilidade da cidade de Barcelona aprovou inicialmente dois novos instrumentos urbanísticos para abordar o problema do acesso a moradia digna e proteger o equilíbrio social dos bairros, respondendo às demandas promovidas por entidades como a Federação das Associações de Moradores e Vizinhanças de Barcelona (FAVB), Plataforma de Atingidos pela Hipoteca (PAH), Observatório DESC, Assembleia de Bairros de Turismo Sustentável (ABTS) e Sindicato dos Inquilinos.

CIUDADES [en]VISIBLE: Conheça os vencedores e menções deste concurso que propõe habitação social para Lima

... não é apenas um convite ao projeto arquitetônico, mas também para refletir e questionar nosso compromisso profissional com o desenvolvimento dos locais mais vulneráveis e a criação de cidades mais inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis.

Uma forma de tornar as cidades visíveis é intervindo nos setores esquecidos ou periféricos da cidade, bem como respondendo às necessidades mais básicas, tornando-as visíveis e fazendo um chamado de urgência. Há alguns meses anunciamos a chamada para este concurso e hoje estamos surpresos com a variedade de respostas. Também é interessante ver como participantes de outros países vêem o Peru de fora e o que eles propõem à realidade. Uma grande contribuição, pois dessa forma ampliamos as possibilidades de intervir com múltiplas perspectivas na construção de projetos com/para a sociedade.

CIUDADES [en] VISIBLE é um concurso que convidou arquitetos, engenheiros, estudantes ou profissionais, a projetar de comum acordo com as famílias beneficiadas: a família Salazar, a família Acarraz, a família Teccse, a família Huamán, a família López. Cinco famílias, cinco casas. Habitação é em si uma necessidade básica, no qual este concurso é ao mesmo tempo um laboratório para a cidade em busca de outras soluções para a construção planejada de habitação em um país como o Peru, onde cerca de 70% das casas são auto-construídas. O lugar de intervenção é a Comunidade 3 de dezembro, localizada ao sul da cidade de Lima, no distrito de Lurin.

Paraísos sinistros: habitação de interesse social no México, por Jorge Taboada

"Alta Densidade" é um projeto realizado pelo arquiteto Jorge Taboada, o qual é composto por uma série de fotografias aéreas que procuram revelar as histórias de nossas cidades. Esta série em forma de documentário apresenta-se como uma espécie de "vestígio arqueológico" no qual "as pessoas são privadas de sua identidade, tornando-se invisíveis".

"A cidade como resultado de modelos matemáticos torna-se apenas uma textura quando vista desde cima. Uma testemunha construída com areia e cimento, uma repetição infinita, um surpreendente “paraíso sinistro” e geométrico.

Casa Arimon / García-Durán & Equipo

© Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula © Adrià Goula + 17

Sabadell, Espanha

Arquitetos propõem 120 habitações sociais incrementais e flexíveis para Iquitos, Peru

Construir e crescer, duas ações que deveriam ser mais levadas em conta. É assim que o concurso de habitação social "Construye para Crecer 2017" 2017, com projeções para diferentes estágios de crescimento, procura estabelecer bases que sustentem um modo de vida flexível. O local era o bairro de Belém, localizado na cidade de Iquitos, em um terreno de 3,7 hectares. O projeto atual que obteve o primeiro lugar propôs localizar 120 casas progressivas como uma alternativa que permita aos usuários modificarem e expandirem suas residências de acordo com suas necessidades e possibilidades econômicas. Em suma, um modo de vida, tanto elementar como livre, através de um núcleo sólido formado por uma estrutura que apóia atividades diversas.

CODHAB-DF prorroga prazo de inscrições do concurso de projeto para Habitação de Interesse Social

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF) estendeu o prazo das inscrições para o Concurso Público Nacional de Projeto de Arquitetura para Habitação de Interesse Social. Os interessados poderão se inscrever até o dia 31 de julho.

O concurso está divido em três grupos: habitação unifamiliar econômica, casa sobreposta e habitação coletiva econômica. É o 10º concurso promovido pela Companhia que, com a iniciativa, pretende elevar a qualidade das construções no DF, incentivando a participação de profissionais das áreas de arquitetura, urbanismo e engenharia.

MUTUO: um projeto colaborativo para o sonho da moradia digna no Peru

MUTUO é uma plataforma online que reúne profissionais em arquitetura e pessoas que necessitam construir uma habitação, garantindo, assim, que esses projeto sejam realizados por pessoas capacitadas.

Cortesía de MUTUO
Cortesía de MUTUO

Detalhes construtivos das habitações incrementais do ELEMENTAL

Boa localização, crescimento harmônico no tempo, preocupação pelo desenho urbano e o fato de entregar uma estrutura que permita "semear o DNA de uma habitação de classe média", são os pontos chave do ABC da habitação incremental, desenvolvido pelos arquitetos chilenos do ELEMENTAL. Em suas palavras, trata-se de "assegurar um equilíbrio entre densidade e baixa altura -sem superlotação- com a possibilidade de expansão (da habitação social à casa de classe média)".

Seguindo essa linha de ação, o escritório liberou os desenhos técnicos de 4 dos projetos realizados sob esses princípios, para que sirvam como bons exemplos de projeto, já implementados e testados na realidade. No entanto, apesar de colocá-los à disposição para sua livre consulta e download, os arquitetos enfatizam que esses desenhos devem ser ajustados para cumprir com as normativas e os códigos de obra de cada realidade local, utilizando materiais construtivos pertinentes.