1. ArchDaily
  2. Canberra

Canberra: O mais recente de arquitetura e notícia

Complexo Multiuso ANU Pop-Up Village / Oculus + Craig Tan Architects

© Jaime Diaz-Berrio© Jaime Diaz-Berrio© Jaime Diaz-Berrio© Jaime Diaz-Berrio+ 31

Seis estratégias acessíveis para ativar o espaço urbano

"O espaço público é o novo quintal", diz Hamish Dounan, diretor associado da CONTEXT Landscape architects. "Grandes projetos de paisagismo podem realmente tirar as pessoas de seus apartamentos para irem passear. Isso pode levá-los a se engajarem de uma maneira social", acrescenta Shahana Mackenzie, CEO do Instituto Australiano de Arquitetos Paisagistas (Australian Institute of Landscape Architects - AILA). As tendências para ativar espaços públicos estão crescendo em popularidade em todo o mundo; parques e jardins urbanos, ruas vibrantes, calçadas mais largas e cafés com mesas ao ar livre. Assim, durante o Festival Internacional de Arquitetura Paisagística de 2016 realizado em Canberra em outubro de 2016, a Street Furniture Australia lançou um parque pop-up no espaço urbano subutilizado de Garema Place, em colaboração com o AILA, o Governo ACT e a In The City Canberra. O objetivo do parque pop-up foi criar uma pequena experiência social "para testar a teoria de que a maneira mais rápida e econômica de atrair pessoas é fornecer mais lugares para sentar". Além do mobiliário flexível, o projeto feito por CONTEXT Landscape architects incluíram cores vivas, iluminação adicional, um gramado, Wi-Fi gratuito e estantes como técnicas para fazer de Garema Place um lugar mais convidativo.

O processo e os resultados do parque pop-up foram documentados em um relatório da Street Furniture Australia, com alguns resultados impressionantes: antes do #BackyardExperiment, 97% das pessoas foram observadas apenas passando pelo Garema Place, sem parar, e 98% das pessoas que pararam no espaço eram adultas. Durante os 8 dias do experimento, o número de transeuntes aumentou em 190%, já que as pessoas escolheram caminhar pelo Garema Place em vez de tomar outras rotas. Além disso, 247% mais pessoas permaneceram no local para se sentar e desfrutar do parque pop-up e área circundante. Houve um incrível aumento de 631% de crianças no parque, o dobro do número de grupos de amigos, perto de um aumento de 400% no número de casais e quase 5 vezes a quantidade de famílias. Com esses números como evidência para o sucesso do #BackyardExperiment, leia abaixo um resumo dos elementos utilizados ​​para evocar essa resposta positiva. Simples, econômicas e relativamente fáceis de implementar, essas intervenções são um atraente "coquetel" para qualquer espaço urbano subutilizado.

Salão de Beleza Roji / Craig Tan Architects

© Ross Honeysett © Ross Honeysett © Ross Honeysett © Ross Honeysett + 16

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  72
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2014

March Studio vence o World's Best Interior of 2015 com o projeto de um hotel na Austrália

O fragmentado hall do Hotel Hotel em Camberra, Austrália, projetado pelo escritório March Studio, foi eleito o Projeto de Interiores do Ano 2015. Anunciado no INSIDE World Festival of Interiors em Singapura, que acontece paralelamente ao Edifício do Ano do WAF, o projeto vencedor foi selecionado entre mais de 50 finalistas que competiam pela título de melhor projeto de interiores desenvolvido nos últimos 12 meses.

O projeto desencadeou um "efeito Bilbao"que ajudou a rejuvenescer  a região, comentaram os jurados. E acrescentaram que trata-se de "uma integração majestosa de diferentes espaços em um interior fluido e agradável."

6 cidades de importância política construídas do zero

Sob a ameaça do fim da hegemonia de 1046 anos do Cairo como capital do Egito, mês passado o governo do Egito anunciou suas intenções de criar uma nova capital, ainda a ser nomeada, a leste do Cairo. A promessa da "Nova Cairo", com uma escala absurda de mais de 700 quilômetros quadrados, atraiu manchetes ao redor do mundo; um empreendimento de 45 bilhões de dólares em habitação, comércio, marcos emblemáticos - entre os quais um parque temático maior que a Disneylândia - projetados para atrair turistas de todas as partes do globo. E é claro, os planos incluem a promessa de residências para, pelo menos, 5 milhões de residentes, com um vasto número de escolas, hospitais e edifícios religiosos e comunitários que uma cidade moderna requer, fazendo a nova capital do Egito a maior cidade planejada da história.

A ideia de construir uma nova cidade capital surgiu em diversos governos na história; uma forma de começar do zero, estimular a economia e colocar visões próprias de mundo em pedra e concreto. Até mesmo a antiga Cairo foi fundada com propósito de ser a cidade capital, embora o desenho urbano tenha sido alterado desde então. E continua a mudar hoje; veja a lista completa de diferentes formas de construir uma cidade totalmente nova, a seguir.

Imagem da nova capital planejada do Egito, por SOM. Imagem Cortesia de SOMEstação de Trem. Imagem Cortesia de SOMDistrito Governamental. Imagem Cortesia de SOMConceito de substituição de Cairo por Skidmore, Owings e Merril. Imagem Cortesia de SOM+ 44

ARBORETUM / Tonkin Zulaikha Greer Architects

© Brett Boardman© Brett Boardman© Brett Boardman© Brett Boardman+ 15

  • Arquitetos: Tonkin Zulaikha Greer Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  4000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2012

Hall e interiores do HotelHotel / March Studio

via March Studiovia March Studiovia March Studiovia March Studio+ 50

Camberra, Austrália