Nic Lehoux

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Anunciados os vencedores do Prêmio "Modernism in America" 2016

O Docomomo US anunciou os vencedores de seu Prêmio Modernism in America 2016, que reconhece projetos nos Estados Unidos que destacam e promovem a restauração de arquiteturas e paisagens do pós-guerra.

O Prêmio Modernism in America é o único programa nacional que celebra "pessoas e projetos que trabalham para preservar, restaurar e reabilitar nosso patrimônio histórico moderno sensitivamente e produtivamente. O programa procura avançar em esforços de preservação; aumentar a apreciação pelo período e promover a conscientização das ameaças contínuas contra a arquitetura e o design modernos".

Os vencedores do Prêmio Modernism in America 2016 são:

CTBUH divulga os vencedores do Tall Building Awards 2016

O Council on Tall Building and Urban Habitat anunciou os vencedores da 15ª edição do CTBUH Tall Building Awards. Com mais de 100 inscrições, os melhores edifícios de quatro regiões – Américas, Ásia & Australásia, Europa e Oriente Médio & África – foram selecionados, em conjunto com vencedores do Urban Habitat Award, o Innovation Award, o Performance Award e o 10 Year Award. O CTBUH irá escolher um vencedor global dentre as seleções regionais ainda este ano.

As torres foram escolhidas por um júri de arquitetos de escritórios renomados pelo mundo e foram julgados em todos os aspectos de performance, em especial "aqueles que tiveram os maiores impactos positivos aos indivíduos que utilizam o edifício e as cidades as quais habitam".

Veja a seguir a lista de vencedores.

Vidro Serigrafado: Recurso básico ou Tendência?

Descoberto por arqueólogos, em civilizações tão antigas quanto os ancestrais do Egito e da Mesopotâmia, o vidro serigrafado dificilmente poderá ser considerado uma nova tecnologia. No entanto, graças às suas propriedades relacionadas à eficiência energética, à sua suavidade e ao gradiente estético que produz, o vidro serigrafado está ressurgindo na arquitetura contemporânea. 

O vidro serigrafado é feito a partir da aplicação de um composto cerâmico pigmentado sobre sua superfície, o qual se funde no vidro durante o processo de têmpera, tornando-se assim altamente resistente a riscos. Ele está disponível numa grande variedade de padrões, mas na maioria das vezes é utilizado com desenhos concebidos a partir de uma composição de pontos ou linhas. Esses padrões podem, então, serem serigrafados em vidros temperados. Em seguida, o vidro é aquecido em um forno de têmpera, o que fortalece e melhora a segurança do vidro sob altas temperaturas.

O produto resultante é um vidro com uma determinada transparência, que, quando usado em fachadas de edifícios, pode reduzir a absorção da luz solar e até mesmo tornar os edifícios envidraçados mais visíveis e, por conseguinte, mais seguro para os pássaros. 

Casa Cloister + Laneway / Measured Architecture

© Nic Lehoux© Andrew Latreille© Nic Lehoux© Andrew Latreille+ 18

Vancouver, Canadá

Escola Feminina Gohar Khatoon / Robert Hull + University of Washington

© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Nic Lehoux+ 33

Mazari Sharif, Afeganistão
  • Arquitetos: Robert Hull, Universidade de Washington
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1700
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2015

AR seleciona 15 finalistas para o Women in Architecture Awards

O Architectural Review (AR) revelou as candidatas para seus prêmios Woman Architect of the Year 2016 e Moira Gemmill Prize for Emerging Architecture. Tatiana Bilbao, Jeanne Gang, Kazuyo Sejima e Charlotte Skene Catling estão entre as finalistas do Woman of the Year por seus respectivos impactos na profissão e habilidades de inspirar mudanças no campo da arquitetura.

Onze mulheres estão entre as finalistas do Moira Gemmill Prize for Emerging Architecture, selecionadas pelo "uso de inovações na arquitetura para catalisar mudanças sociais positivas." Veja, a seguir, a lista completa.

Museu Whitney / Renzo Piano Building Workshop + Cooper Robertson

© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Timothy Schenck+ 36

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  7520
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2015
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Campolonghi, Canam, Decoustics, Jonathan Metal & Glass, Josef Gartner, +2

AIA elege os 10 projetos mais sustentáveis de 2015

O AIA e sua Comissão do Meio Ambiente [Committee on the Environment - COTE] selecionaram os dez melhores exemplos de projeto sustentável e ecológico do ano de 2015. Em sua 19ª edição, o COTE Top Ten Awards reconheceu os projetos que apresentam os níveis mais altos de integração entre os sistemas naturais e a tecnologia para produzir espaços que impactam positivamente no seu entorno e minimizam os danos ambientais.

Todos os projetos serão homenageados na AIA National Convention 2015 e na Exposição de Design, em Atlanta. Confira os dez projetos mais sustentáveis deste ano, a seguir.

New Orleans BioInnovation Center / Eskew+Dumez+Ripple. Imagem © Timothy HursleyUniversity Center / Skidmore, Owings & Merrill. Imagem © James EwingSweetwater Spectrum Community / Leddy Maytum Stacy Architects. Imagem © Tim GriffithHughes Warehouse Adaptive Reuse / Overland Partners. Imagem © Dror Baldinger+ 21

Comentários da crítica sobre os Museus de Arte de Harvard de Renzo Piano

Com a abertura dos Museus de Arte de Harvard há algumas semanas, Renzo Piano foi capaz de finalmente completar um projeto que, sob diversas formas, está em andamento há 17 anos. A relação entre Piano e Harvard teve início em 1997 com um plano para construir uma nova filial do Museu Fogg no rio Charles e terminou, após objeções de moradores e, em seguida, com a recessão de 2008, na decisão de consolidar três museus da universidade (The Fogg, Busch-Reisinger e Arthur M Museus Sackler) sob o mesmo teto.

Com sua longa história, espaço restrito, e fachada do Museu Fogg original e o complicado vizinho - o Centro Carpenter para as Artes Visuais de Le Corbusier -, o projeto dos Museus de Arte de Harvard causaria inevitavelmente uma agitação assim que fosse concluído. Descubra na continuação o que os críticos disseram.

© Nic Lehoux© Michel Denancé© Nic LehouxCortesia de Renzo Piano Building Workshop+ 9

Reforma e Expansão dos Museus de Arte de Harvard / Renzo Piano + Payette

© Nic Lehoux© Michel Denancé© Nic Lehoux© Aerial by Lesvants.com+ 34

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  62179
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2014
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Goppion, Thrislington Cubicles

Weeksville / Caples Jefferson Architects PC

© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Nic Lehoux+ 37

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  23000
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Aggi, Allen Architectural Metals, Art In Construction, Bigelow, Decoustics, +7

Pavilhão de Renzo Piano no Museu de Arte Kimbell / Renzo Piano + Kendall/Heaton Associates

© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Nic Lehoux© Nic Lehoux+ 50

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  9395
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2013
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Campolonghi, Capform, DGB, Dallas Cast Stone, Dottor Group, +10