Arquitetura do Paraguai

  1. ArchDaily
  2. Países
  3. Paraguai

Projetos mais recentes em Paraguai

Últimas notícias em Paraguai

"Nossa visão da arquitetura é primitiva e essencial": entrevista com Equipo de Arquitectura

O escritório Equipo de Arquitectura foi fundado por Horacio Cherniavsky e Viviana Pozzoli em 2017. Do Paraguai, suas obras como Caixa de Terra ou Casa Intermediária traduzem a visão de uma arquitetura que aborda o primitivo e o essencial. De uma arquitetura que busca constantemente integrar o ambiente natural existente com o artifício, o construído. Em particular, uma prática que acredita na verdade material como uma ética de projeto.

"Projetar não é desenhar, é construir": entrevista com messina | rivas

O ato de projetar implica em não apenas desenhar, mas construir. Carrega – ou deveria carregar – consigo o mesmo rigor e complexidade da execução no canteiro de obras. É nisso que acreditam Francisco Rivas e Rodrigo Messina, sócios do messina | rivas, firma com sede em São Paulo que já soma reconhecimentos nacionais e internacionais, selecionada também entre os melhores novos escritórios de 2021 pelo ArchDaily.

ArchDaily elege os melhores novos escritórios de 2021

À medida que nosso mundo se transforma em um ritmo sem precedentes, os desafios atrelados a isso estão se tornando cada vez mais complexos. As questões enfrentadas pelas cidades e redes de nosso mundo globalizado, os ambientes físicos e virtuais onde ocorre esta transformação, estão tornando a arquitetura mais relevante do que nunca.

20 Casas de tijolos, 20 anos de arquitetura contemporânea no Paraguai

Em nosso país vizinho, o Paraguai, tijolo pode significar muitas coisas. Desde paredes, divisórias, muros, anteparos, lajes, abóbadas, pisos e pavimentos. Ao longo das últimas duas décadas, a arquitetura contemporânea paraguaia não só evidencia a grande versatilidade deste nobre material, mas sobretudo nos mostra a capacidade de seus arquitetos em reinventar constantemente a sua aplicação, explorando a fundo todo o seu potencial expressivo.

Arquitetura bioclimática na América Latina: estratégias passivas para economizar energia

“Antes da era dos combustíveis fósseis baratos, durante a qual se popularizaram as tecnologias modernas de calefação e condicionamento de ar, a arquitetura tradicional, era por assim dizer, mais sensível às condições climáticas específicas. Depois da recente crise energética, o interesse pelas estratégias passivas na arquitetura parece estar ressurgindo com força total.” [1]

Sauermartins e Gustavo Utrabo entre os selecionados para a Bienal Latino-Americana de Arquitetura

A Bienal Latino-Americana de Arquitetura (BAL 2021) divulgou a lista de escritórios da América Latina que participarão da próxima edição do evento, que ocorrerá em setembro deste ano em Pamplona, ​​Espanha.

ArchDaily elege os melhores Jovens Escritórios de Arquitetura de 2020

O ArchDaily tem o orgulho de anunciar a seleção de Jovens Escritórios 2020. Esta primeira edição destaca escritórios e profissionais emergentes que mostram abordagens, propostas e soluções inovadoras para alguns dos maiores desafios da atualidade. Da crise climática a questões de raça e gênero; da evolução tecnológica à coesão social – estes desafios estão alterando o curso da arquitetura, posicionando a disciplina no contexto de uma nova sociedade e economia. 

Ventilação natural: estratégias tradicionais de resfriamento em casas no Paraguai

Localizado na região central da América do Sul, o Paraguai possui uma grande variedade de condições geográficas, com paisagens e recursos diversos. Em geral, o território está enquadrado em uma área de alta umidade e temperaturas amenas, que prevalecem durante todo o ano, com verões quentes e chuvosos e invernos amenos. Nestas condições, o arrefecimento dos espaços interiores adquire grande relevância e os sistemas de ventilação passiva são especialmente levados em consideração nas fases iniciais do projeto.

Transpondo fronteiras: a nova arquitetura moderna do Paraguai

O Paraguai que conhecemos hoje já não é mais aquele de outrora, e assim como o país se transformou ao longo do último século, sua arquitetura passou por um radical processo de mudança durante os últimos cem anos. A herança cultural indígena do povo Guaraní esteve, por muito tempo, onipresente em todo território e como a principal referência na produção e organização do ambiente construído do país. Mais tarde, o colonialismo viria para transformar para sempre as relações entre o povo e seus assentamentos urbanos. Há alguns anos porém, este pequeno país latino-americano começou a redescobrir o seu próprio passado através de novas práticas de arquitetura, principalmente, em projetos de pequena escala.

Resumo da Bienal Iberoamericana de Arquitetura e Urbanismo (XI BIAU) em Assunção

Na semana passada, Assunção, Paraguai, recebeu a XI BIAU. Veja a seguir um resumo do evento, incluindo o anúncio dos 17 vencedores do Prêmio Panorama Obras - um reconhecimento que discute projetos de arquitetura e urbanismo construídos na América Latina.