Áreas molhadas: como escolher o melhor tipo de cuba para seu projeto?

Áreas molhadas: como escolher o melhor tipo de cuba para seu projeto?

A escolha pelos elementos dos banheiros, cozinhas e lavanderias é sempre um desafio de projeto. Seja no revestimento, nos metais ou nas louças, é importante reunir o máximo de informações possível para projetar um espaço funcional e harmonioso. Dentre esses elementos, destacamos aqui as informações necessárias para se escolher o melhor tipo de cuba e suas aplicações. 

Embutir, sobrepor, apoio, semi encaixe, esculpida, de piso ou de parede, são muitas as opções existentes e cada uma tem suas especificidades. Nos banheiros e lavabos, as cubas são majoritariamente feitas de cerâmica, mas podendo haver variações em vidro, pedra ou ainda materiais sintéticos. Na cozinha o mais utilizado é o inox. O material das cubas traz uma questão estética mas também é importante que se considere sua durabilidade e relação com a água, já que é uma superfície que será constantemente molhada. 

Para além do material, cada tipo de cuba garante um uso do espaço diferente, e portanto, pode mudar a funcionalidade de seu projeto. Veja a seguir quais são os tipos de cuba e como elas se encaixam no projeto: 

Cuba de embutir

A cuba de embutir consiste na peça embutida dentro de uma bancada de material bastante variável. A ideia principal é embutir a cuba a partir de um recorte na bancada, e assim livrar espaço para apoio nos arredores. Por outro lado, por preencher o espaço debaixo da bancada, esse tipo de cuba ocupa espaço do gabinete, o que exige uma adaptação deste mobiliário. É o mais comum nas cozinhas e também é bastante utilizado nos banheiros.  

 Apartamento Graça III CMcP / João Tiago Aguiar Arquitectos - 5. Image © Fernando Guerra FG+SG
Apartamento Graça III CMcP / João Tiago Aguiar Arquitectos - 5. Image © Fernando Guerra FG+SG
Residência Maestro / Guelo Nunes Arquitetura. Image © Fran Parente
Residência Maestro / Guelo Nunes Arquitetura. Image © Fran Parente

Cuba de sobrepor

A cuba de sobrepor tem uma lógica parecida com a cuba de embutir. Ambas são embutidas em uma bancada de material variável, a diferença é a forma de fixação. Enquanto a cuba de embutir é fixada por debaixo da bancada, a de sobrepor é fixada por cima, dando um acabamento margeado. Além de uma certa praticidade na forma de instalação, esse tipo de cuba também economiza espaço no gabinete e pode ser aproveitada de várias formas diferentes seja no banheiro, na cozinha ou em lavatórios em geral. 

Apartamento Topázio / Sabiá Arquitetos. Image © Pedro Vannucchi
Apartamento Topázio / Sabiá Arquitetos. Image © Pedro Vannucchi
Farmácia Del Río / güey studio - 21. Image © Eduardo Mendonza
Farmácia Del Río / güey studio - 21. Image © Eduardo Mendonza

Cuba de apoio

Este tipo de cuba é uma peça separada da bancada que é instalada apoiada nela, ocupando maior espaço do que as cubas de embutir e sobrepor sobre a bancada. Ela é majoritariamente utilizada em banheiros e lavatórios em geral, muitas vezes pensada como um item de destaque no ambiente. Este tipo de cuba economiza espaço no gabinete, pois tem todo seu corpo à mostra na superfície, mas acaba ocupando espaço de bancada, sendo ideal para espaços mais amplos. Pelas suas características de instalação, esse tipo de cuba é mais utilizado em banheiros e lavatórios. 

Apartamento Louveira / Ana Sawaia Arquitetura - 25. Image © Carolina Lacaz
Apartamento Louveira / Ana Sawaia Arquitetura - 25. Image © Carolina Lacaz
Residência Maestro / Guelo Nunes Arquitetura. Image © Fran Parente
Residência Maestro / Guelo Nunes Arquitetura. Image © Fran Parente

Cuba de semi encaixe

A cuba de semi encaixe é uma cuba que está entre a de apoio e a de embutir, sendo ideal para espaços onde a bancada é mais estreita. Ela se apoia sobre a bancada, porém projeta parte de seu corpo para fora, sendo uma boa opção para espaços reduzidos. É um tipo de cuba utilizada tanto em banheiros e lavatórios quanto em cozinhas. 

Estudio Trigo / Renato Mendonça Arquitetura. Image © Felipe Araujo
Estudio Trigo / Renato Mendonça Arquitetura. Image © Felipe Araujo
Casa em Güemes / Zooco Estudio. Image © Imagen Subliminal
Casa em Güemes / Zooco Estudio. Image © Imagen Subliminal

Cuba esculpida

As cubas esculpidas são feitas sob medida para os lugares onde serão implantadas. Podem ser esculpidas em pedras, concreto, porcelanato e outros tipos de materiais sintéticos e se encaixam no projeto de acordo com o desenho. São, normalmente, mais custosas do que as cubas pré-fabricadas, porém, por serem feitas sob medida, se encaixam onde for necessário. 

Barbearia Adão / Manuel Tojal Architects. Image © Francisco Nogueira
Barbearia Adão / Manuel Tojal Architects. Image © Francisco Nogueira
Apartamento JS / EB Arquitetos. Image © Joana França
Apartamento JS / EB Arquitetos. Image © Joana França

Cuba de piso 

As cubas de piso são aquelas que têm uma coluna que sustenta a cuba e conecta-a com o chão. Essas cubas são uma boa opção quando é necessário que o esgoto do lavatório seja encaminhado pelo chão, mas podem também ser utilizadas no caso do esgoto na parede, desempenhando um papel de sustentação.   

Casa Ibiúna / Estúdio Penha - 20. Image © Fran Parente
Casa Ibiúna / Estúdio Penha - 20. Image © Fran Parente
KaiF / FORM. Image © Andrey Bezuglov
KaiF / FORM. Image © Andrey Bezuglov

Cuba de parede

De todas as cubas as que são instaladas na parede são as mais compactadas, sendo perfeitas para espaços pequenos e restritos. São cubas sem bancada fixadas diretamente na parede e que deixam o sifão à mostra. Essas cubas costumam ser de dimensões pequenas e com geometrias curingas que se encaixam em pequenos espaços. Elas podem também receber gabinetes soltos, criando espaços de armazenamento independentes da cuba. 

Casa Ibiúna / Estúdio Penha - 20. Image © Fran Parente
Casa Ibiúna / Estúdio Penha - 20. Image © Fran Parente
Pub Musa da Bica / rar. studio. Image © Tiago Casanova
Pub Musa da Bica / rar. studio. Image © Tiago Casanova

Além desses tipos de cubas, é possível criar outros tipos que sejam pouco convencionais, com materiais e objetos variados, sempre buscando encaixar o que for melhor para o projeto. A escolha pelo tipo de cuba depende tanto de questões estéticas quanto funcionais e ambos precisam ser observados no projeto: 

  • Para espaços compactos sem necessidade de bancada: opte por cubas de piso ou de parede; 
  • Para espaços amplos com necessidade de bancadas espaçosas: opte por cubas de embutir, sobrepor ou semi-encaixe. 
  • Para lavatórios que precisam de um apelo estético: opte por cubas de sobrepor ou esculpidas. 
  • Para espaços compactos otimizados: opte pelas cubas de parede com gabinete, ou ainda cubas de embutidas ou de semi-encaixe.

Loft Cosmopolitan / Mariana Pesca Arquitetura - 12. Image © Rafael Ribeiro
Loft Cosmopolitan / Mariana Pesca Arquitetura - 12. Image © Rafael Ribeiro

Um caminho possível, portanto, ao escolher um tipo de cuba, é observar quais são as limitações e demandas do espaço sendo projetado. A partir disso, transitar entre um modelo e outro, analisando os materiais a depender de sua durabilidade e manutenção, e também combinando com os metais e revestimentos escolhidos, até que se faça a escolha final. Finalmente, é importante se ater à escolha da cuba na etapa de anteprojeto ou projeto básico pois, essa escolha pode determinar qual altura ficará a bancada, o ponto de esgoto e o ponto de água. Um projeto completo de área molhada evita problemas no decorrer da obra. 

Este artigo é parte da série Ideias para Casa, em que exploramos assuntos relacionados à vida doméstica a partir de dicas, soluções e ideias para melhorar sua residência. Como sempre, o ArchDaily está aberto a contribuições de nossos leitores; se você quiser enviar um artigo ou projeto, entre em contato.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Giovana Martino. "Áreas molhadas: como escolher o melhor tipo de cuba para seu projeto? " 14 Set 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/968400/areas-molhadas-como-escolher-o-melhor-tipo-de-cuba-para-seu-projeto> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.