OMA explora o futuro dos hospitais e a área da saúde na Bienal de Veneza de 2021

OMA explora o futuro dos hospitais e a área da saúde na Bienal de Veneza de 2021

O escritório holandês OMA foi convidado a participar da 17ª Exposição Internacional de Arquitetura - La Biennale di Venezia. Intitulada "Hospital do Futuro", a instalação explora como, após anos de preparações médicas e avanços tecnológicos, uma pandemia foi capaz de a obstruir o progresso da medicina e acabar com a tipologia do hospital como a conhecemos, dando caminho a uma nova forma de arquitetura da saúde.

© DSL Studio / Courtesy of OMA© DSL Studio / Courtesy of OMA© Riccardo de Vecchi / Courtesy of OMA© Riccardo de Vecchi / Courtesy of OMA+ 17

Os profissionais de saúde trabalham há muito tempo para aumentar a expectativa de vida e garantir uma boa e constante saúde para todos. Melhorias no saneamento, nutrição e medicina possibilitaram que as pessoas vivessem muito além dos 70 anos, convencendo alguns de que humanidade não precisa mais se preparar para epidemias. No entanto, a COVID-19 deixou claro para as pessoas, que o progresso da medicina conseguiu manter vivas as que foram vítimas - "A crônica de repente tornou-se aguda".

© Riccardo de Vecchi / Courtesy of OMA
© Riccardo de Vecchi / Courtesy of OMA

Para a exposição, a equipe de arquitetos e designers reimaginou os hospitais, com base nas suas observações desde o final de 2019. Como se vê na instalação, o hospital do futuro é um local onde nunca iremos, que atuará remotamente, e trata-rá cada paciente individualmente. Os hospitais do futuro serão autossuficientes, da mesma forma que as estufas produzem sua própria safra. Os espaços recém-imaginados permitirão que máquinas automatizadas realizem tarefas rotineiras, em vez de sua equipe, deixando o trabalho de precisão nas mãos de dispositivos.

© DSL Studio / Courtesy of OMA
© DSL Studio / Courtesy of OMA

O hospital do futuro estará em constante fluxo, como um teatro, transformando seu espaço para o evento. Se os órgãos podem ser impressos em 3D, o hospital também pode ser impresso? Ao utilizar seus resíduos como recurso, poderia se reconstruir perpetuamente? Se recuperarmos remédios antigos para doenças comuns, poderíamos cultivar exatamente o que o médico prescreveu?

HOSPITAL DO FUTURO
OMA / REINIER DE GRAAF

  • Sócio Responsável: Reinier de Graaf
  • Conceito: Hans Larsson, Alex Retegan
  • Filme: Adam Kouki, Magdalena Narkiewicz, Max ten Oever, Camille Filbien
  • Projeto de exposição: Benedetta Gatti, Sofia Hosszufalussy, Elisa Versari
  • Pesquisa: Yeliz Abdurahman, Anton Anikeev, Matthew Bovingdon-Downe, Serah Calitz, Niccolo 'Cesaris, Nuria Ribas Costa, Helena Gomes, Claire Jansen, Arnaud Latran, Lucas Piquemal, Anahita Tabrizi, Alex Tintea, Jonas Trittman, Santiago Palacio Villa, Yushang Zhang, Giada Zuan

© Riccardo de Vecchi / Courtesy of OMA
© Riccardo de Vecchi / Courtesy of OMA

Confira a abrangente cobertura da Bienal de Arquitetura de Veneza 2021 realizada pelo ArchDaily. Não deixe de assistir à nossa playlist oficial no Youtube, onde apresentamos entrevistas exclusivas com arquitetas, arquitetos e curadores da Bienal.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Stouhi, Dima. "OMA explora o futuro dos hospitais e a área da saúde na Bienal de Veneza de 2021" [OMA Explores the Future of Hospitals and the Medical Field at the 2021 Venice Biennale] 08 Jul 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Bisineli, Rafaella) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/964449/oma-explora-o-futuro-dos-hospitais-e-a-area-da-saude-na-bienal-de-veneza-de-2021> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.